26 de novembro de 2014

A 'carteirada' do almirante.

CARTEIRADA

Cláudio Humberto
O almirante Júlio Moura Neto, comandante da Marinha, agora é acusado de usar a base naval restrita de Aratu (BA) para casar o filho, civil, em dezembro de 2013. Só oficiais podem se casar no local.
DIÁRIO do PODER/montedo.com

Leia também:
MPF investiga comandante da Marinha por suposta improbidade administrativa
Comandante da Marinha emite nota negando acusações de improbidade
Alvo do MPF, Comandante da Marinha transferiu apartamento para a irmã, diz jornalista.
MPF prorroga investigação sobre apartamento do Comandante da Marinha

38 comentários:

Anônimo disse...

Procurem saber sobe o CEMCOHA , Salvador-BA (FAB)

Anônimo disse...

Espertinho ele hein ? rsrs

Anônimo disse...

Conviver nuito perto com alguns pode ser contagioso, ou, apenas mostrou-se verdadeiro. Brasil, terra de muitas autoridades, uns até se acham Deus com todo o seu poder. Como já me disseram, tem muito cacique e pouco índio.

Anônimo disse...

http://www.sganoticias.com.br/2014/11/subtenente-francilewdo-bezerra-severino_25.html

Montedo dá uma olhada nesta notícia. A notícia pode não ser aquela informada inicialmente pela esposa.

Anônimo disse...

http://www.naval.com.br/blog/2014/11/26/dcns-vai-assessorar-a-marinha-do-brasil-na-modernizacao-do-porta-avioes-sao-paulo/


http://www.naval.com.br/blog/2014/11/26/reforma-de-r-1-bi-em-porta-avioes-da-marinha-pode-torna-lo-mais-lento/

Anônimo disse...

Montedo, ao invés de postar bobagens, coloque matérias que realmente interesse a categoria.Por exemplo: o Informex sobre o nº vagas para promoção de 1º Dez 14

Anônimo disse...

Como ja disse Rui Barbosa:

De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.

Anônimo disse...

EU participei deste evento como segurança... A Esposa do Filho do Comandante da Marinha, é Uma Oficial Da Marinha na Area de Saude.Portanto Faz jus em Utilizar a Area da Capela e Salão de Festas Da Base Naval De Aratu.

Anônimo disse...

http://www.jusbrasil.com.br/diarios/51910499/dou-secao-2-13-03-2013-pg-10

Gabriella Di Gregorio

blog montedo.com disse...

"Anônimo disse...
Montedo, ao invés de postar bobagens, coloque matérias que realmente interesse a categoria.Por exemplo: o Informex sobre o nº vagas para promoção de 1º Dez 14
26 de novembro de 2014 20:07"

Amigo, cada um é livre para gostar ou não do que é publicado, portanto, o conceito de bobagem fica por sua conta.
Agora, se seu negócio é ler Informex, sua turma não é esta. Vá procurá-la no site do EB.

Anônimo disse...

26 de novembro de 2014 20:07

Ao militar esperto do horário acima, acesse o site do Exército, esse Blog não tem essa finalidade. Se liga. Cada um no seu quadrado.

Acesse o DGP ....

Aqui são publicadas noticias da imprensa.

Seja mais útil.

Fuiiiiiiiiiiiiiiii !!!

Anônimo disse...

Alerta ao "Segurança Anônimo" das 20h45:

Que estória é essa de Segurança?!

Se é militar, assumiu função incompatível com as responsabilidades dele.
Se é civil, mostra o absurdo dessa situação, ou seja, permitir elementos de segurança civil (provavelmente armados) dentro de uma organização militar .

DESVIO DE FINALIDADE.

Anônimo disse...

Sugiro ao Montedo, respeitosamente, que mantenha o tópico, " carteirada do almirante" , por ora, em primeiro plano, pois, ao meu ver, ainda existem muitas revelações e muita água suja passando por debaixo dessa ponte.
Agradecemos.

Anônimo disse...

DESVIO DE FINALIDADE, por Maria Silvia Zanella Di Pietro : a quem possa interessar. http://www.tcm.sp.gov.br/legislacao/doutrina/29a03_10_03/4Maria_Silvia4.htm

Anônimo disse...

Com relação a segurança, desculpe me pela maneira como me expressei, sou SG FN e participei como segurança da residência em que o CM estava hospedado no período das Festividades do Matrimônio.

Anônimo disse...

Montedo, vou reforçar o apelo do primeiro comentário: dê uma pesquisada sobre o CEMCOHA. É um hotel de, no mínimo, 4 estrelas, construído e mantido pela FAB em Salvador-BA, em área nobilíssima da cidade, com vista para o mar, cozinha internacional com chef exclusivo, gerenciado a "mão de ferro" por um coronel intendente da reserva.
A concepção inicial (e o próprio projeto arquitetônico) previa uma destinação nobre, para congressos e cursos de interesse da Força e era dividido em duas alas (sul e norte), destinadas aos dois círculos, uma para oficiais e a outra para praças. No entanto, o padrão do hotel ficou tão bom que a demanda por vagas para oficiais foi enorme. Assim, EXCLUÍRAM a possibilidade de uso por praças, destinando todo o empreendimento somente a oficiais. Até aí, nada diferente do que se costuma fazer com o tão invocado preceito da hierarquia e disciplina. Mas o que é digno de nota é o real uso dado ao "hotel". Há um auditório, com cerca de 800 lugares que, na verdade é uma boate disfarçada. O espaço é usado no carnaval de Salvador para festas HOMÉRICAS para os VIPs da FAB. Há, também, a venda de pacotes turísticos na internet (http://ica.coop/en/media/thenews/carnaval-em-salvador-camarotes-com-pre%C3%A7os-super-especiais) pra hospedagem no local durante o carnaval. É de uma cara de pau imensa!.

Anônimo disse...

ao meu ver não há nenhum problema na cerimônia dentro de OM, no 38º BI (vila velha-es) em frente do mar, é o que mais rola o ano todo.

o problema está se esse militar usou os soldados para prover a segurança, se usou os recursos da união para cobrir a festa, etc...

o ideal é abrir esse espaço para todos e trazer recursos pra OM através do aluguel, como é feito no 38º BI.

cada cerimônia gera 20 mil reais de lucro, sendo que 70% fica na OM e o restante pro fundo do exército.


Anônimo disse...

O local inexoravelmente acessado pelas empresas que organizam a infraestrutura do casamento, sejam decoradores de capela, fornecedores de bufê, fotógrafos/filmadores e outros. Consequentemente, a segurança da Base, “invadida” nos mais diversos horários por pessoas estranhas, pode ficar comprometida por motivo fútil e requererá reforço de segurança interna (é um dever do comandante providenciar isso). Se for alegado que essas pessoas não acessaram a Base, o problema pode ser mais grave, pois denotará que as providências serão tomadas por pessoal da própria Base, caracterizando uso indevido de mão de obra militar.

Anônimo disse...

- mesmo que haja normatização estabelecendo valores intetessantes para uso do local, o custo/benefício é enormemente vantajoso, pois os gastos serão desproporcionalmente mais baratos se comparados aos efetuados em igrejas, clubes ou casas de festas abertos ao público em geral. O custo da segurança (que se faz necessária, conforme já explicado) é difícil de ser calculado. Aparato semelhante em condições normais (empresa de segurança em local público) seriam exorbitantes.

Anônimo disse...

E com a devida vênia, há o aspecto discriminatório contra as praças. Por que não podem se casar na base de Aratu também ? O direito moderno não oferece guarida a discriminações dessa natureza.

Anônimo disse...

Alguém aí ainda tem dúvidas de que isso é carteirada ? Base militar não é clube ou casa de festas. Base militar é base militar, e somente isso, até que a União Federal lhe outorgue outra destinação ou finalidade. Parabéns ao jornalista Claudio Humberto pela definição: "CARTEIRADA".

Anônimo disse...

Deputado Federal Romário (Senador eleito pelo RJ) apresentou na Câmara o projeto de Lei 8152/2014, que acrescenta artigo ao Código Penal e tipifica como crime a famosa CARTEIRADA.

Anônimo disse...

Gente aluga essa base ai e pronto final e só fazer igual ao PAMA-SP e outras OM´S por ai!

Anônimo disse...

A inveja é mesmo uma merda!!!

Anônimo disse...

Inveja, não. É o desejo de nunca permitirmos que nosso meio seja contaminado pelos maus habitos, muito comuns em outras freguesias. Se deixar passar em branco, a improbidade de hoje é a orgia de amanhã.

Anônimo disse...

Como eu disse, a inveja é mesmo uma merda, disfarçada sob os mais variados nomes...

Anônimo disse...

Eu conheço um militar inteligente. Como os três filhos dele não deram pra coisa alguma, casou um filho com uma enfermeira e o outro com uma fisioterapeuta. Quando ele ficar mais velhinho, elas vão cuidar das artroses e dos bicos de papagaio dele. Dessas coisas eu sinto inveja. Confesso.

Anônimo disse...

Concordo que a inveja é uma merda assim como a desonestidade e o mau caráter que se aproveita do que não é seu e da sua antiguidade para fazer i que quiser.

Anônimo disse...

Claudio Humberto, ex porta-voz de Collor, é o fofoqueiro-mor em Brasilia, adora criar boatos sobre as Forças Armadas.

Anônimo disse...

Roberto Bolanos morreu. #RIPChaves

Anônimo disse...

Boato não. Nessa o Cláudio Humberto é inocente. O casório houve mesmo e a artrose tá chegando também.

Anônimo disse...

Cláudio Humberto é um mestre. Na nota diz que o casório ocorreu em dezembro ( mas, ma realidade foi antecipado p/ o dia 16 de novembro de 2013). Se S.Exa disser que a data está errada, vai confessar automaticamente que o casório houve.
Se disser que a nora é oficial da área médica, será questionado se a srta.ingressou na Força por concurso ou não... então, percebam a profundidade e o brilhantismo da nota do grande jornalista Claudio Humberto. [olha os coliformes aparecendo...] ��

Anônimo disse...

O casamento em Inema "foi sem querer querendo..." #RIPChaves.

Anônimo disse...

O cabo da faxina me relatou o seguinte: desde meados de 2012, qdo S.Exa. aplicou uma certa CARTEIRADA, o fogo de inquietação nunca mais cessou ( e, segundo o cabo, parece que não irá cessar, de jeito nenhum).
O nome de S.Exa. foi parar em boca de Matilde...
Eu pergunto: E agora, José ?

Anônimo disse...

Usar dependências da união para festas particulares acho totalmente errado. Na base naval de Aratu o que os oficias e assemelhados fazem com o "resto" é covardia, beira a crime. Os sujeitos (que se auto-intitulam donos da marinha) vivem como verdadeiros príncipes, vivem uma vida com direito à praticamente tudo e esse tudo é quase sempre às custas do contribuinte. O ministério Público deveria SIM dar uma "incerta" naquele local e verificar "in-loco" as mansões que esses sujeitos vivem, num bairro particular onde praças não podem e nem devem nem mesmo sonhar em passar por perto à não ser para serem serviçais e mucamos. Aquele lugar é nojento e aquela safadeza deveria ser apurada por agentes da sociedade civil.

Anônimo disse...

O anônimo do dia 29 de novembro de 2014, às 14:15, sobre o suposto relato do cabo da faxina, está correto.
Inclusive, depois dessa famosa CARTEIRADA, de S.Exa., em meados de 2012, surgiram as tenebrosas repercussões na mídia.
Desde esse momento, "curiosamente", autoridades de elevado escalão que costumavam procurar S.Exa., com muita frequência , passaram a não mais fazê-lo.

Anônimo disse...

Cabo velho da faxina... sempre muito bem informado...

Anônimo disse...

E há informações de que a repercussão no jornal causou "um estrago terrível". Expressão esta utilizada por um estrelado da Força.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics