9 de fevereiro de 2018

Só quarenta: após repercussão negativa, GSI reduz comiitiva de Temer para o carnaval em Marambaia

Temer viajará com comitiva de cerca de 40 pessoas para carnaval em Restinga da Marambaia
Inicialmente, equipe seria formada por 58 pessoas, mas presidente pediu que número fosse reduzido. Comitiva será formada por seguranças, médicos, enfermeiros e equipe de comunicação.
O presidente Michel Temer (Foto: Beto Barata/PR)
O presidente Michel Temer (Foto: Beto Barata/PR)
Délis Ortiz, TV Globo, Brasília
Cerca de 40 funcionários da Presidência da República deverão acompanhar o presidente Michel Temer durante a viagem que ele fará no carnaval deste ano.
Temer passará o feriado com a família na Base Naval de Restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro.
Segundo a colunista do G1 Andréia Sadi, antes de seguir para a cidade, o presidente viajará para São Paulo nesta quinta-feira (8), onde terá compromissos privados.
De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a equipe que acompanhará Temer no carnaval será formada por seguranças, médicos, enfermeiros, integrantes da comunicação e funcionários da cozinha da Presidência.
Inicialmente, a comitiva seria formada por 58 funcionários, mas, ao saber do número, Temer pediu que a quantidade de pessoas fosse reduzida.
Sobre o tamanho da equipe, o GSI divulgou nota na qual afirmou ter a "competência legal de zelar pela segurança do presidente da República Federativa do Brasil e de seus familiares".
Por isso, acrescentou a pasta: "O planejamento e a execução de viagens presidenciais são de responsabilidade deste gabinete. Tais eventos impõem o desdobramento de meios, estruturas e pessoal que assegurem o exercício das prerrogativas do presidente da República no Brasil ou no exterior."
G1/montedo.com

8 comentários:

Anônimo disse...

Brincadeira esse gsi, se a sociedade soubesse as malandragens dos altos coturnos, nunca pediriam intervenção militar! Esses cabras gostam de umas boquinhas!

Anônimo disse...

O homem vai para uma Base naval e não para a Rocinha. Por acaso, lá não tem segurança suficiente e, certamente, cozinheiros competentes? Já é costume os mandatários ficarem por lá na total segurança, enquanto o país pega fogo. Acredito que lá só seja frequentado pelao "estrelados" e o padrão deve ser, no mínimo, quatro estrelas.

Anônimo disse...

Vamos fazer uma pesquisa, se Lula e Dilma, também levaram essa quantidade de pessoas, naquela mordomia toda.

Marcelo Carvalho disse...

Era muito pior na era PT mas a mídia prostituta ficava caladinha...

Anônimo disse...

As pessoas aqui tem desconhecimento da concentração da mídia na mão dos ricaços, todos eles tem uma só opinião, a favor deles e contra o povo. Duvidam?
Quando aparece alguém, qualquer um, para falar pela população , são taxados por eles de ameaça ao mercado.
Se acham que estou inventando, vejam a pesquisa internacional dos repórteres sem fronteira http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2018-02/brasil-tem-pior-cenario-de-pluralidade-da-midia-em-12-paises

Anônimo disse...

Era muito pior....lula e Marisa com garçons de branco a beira mar....

Anônimo disse...

Só??? Deveria levar mais...

Anônimo disse...

Que legal! Agora "só" vão 40. Kkkkkkkk

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics