2 de fevereiro de 2018

Exército apreende quase 2 toneladas de Skunk, Fuzil AK-47, pistola e munição em embarcação na Amazônia

Exército Brasileiro apreende quase 2 toneladas de Skunk, Fuzil AK-47, pistola e munição em embarcação no Rio Içá
Tabatinga (AM) – Durante Operação de Reconhecimento de Fronteira (ReFron) no Rio Içá, militares do 2° Pelotão Especial de Fronteira de Ipiranga (AM) deram "voz de parada para revista" aos três ocupantes de uma embarcação do tipo "canoão", que responderam com tiros contra a tropa. Em legítima defesa e em cumprimento do dever legal, os militares reagiram à ameaça de forma proporcional. Um colombiano foi detido e a embarcação apreendida com 1.859 kg de Skunk, um Fuzil AK-47, com três carregadores, uma pistola Beretta 9 mm, munição calibre 5,56 mm e 9 mm.
Essa foi a quarta apreensão realizada pelo Comando de Fronteira Solimões/8° Batalhão de Infantaria de Selva, subordinado a 16° Brigada de Infantaria de Selva, somente neste ano.
O Exército Brasileiro, por intermédio do Comando Militar da Amazônia (CMA), intensificou as ações de combate aos crimes transfronteiriços com a chegada de equipamentos de alta tecnologia, no contexto da Operação Ágata. Somente na área de responsabilidade do CMA, já foram realizadas cinco apreensões, totalizando 5,3 toneladas desse tipo de droga, ainda no primeiro mês do ano.
O Exército Brasileiro, em parceria com órgãos de segurança pública federais e estaduais, atua diuturnamente na garantia da soberania nacional nas faixas de fronteiras e na proteção de nosso povo, reafirmando sua dedicação, profissionalismo e compromisso com a Pátria no combate a ilícitos, favorecendo a sociedade brasileira.
EB/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Quem são eles?

Anônimo disse...

Os guerra.

Anônimo disse...

Parabéns aos nossos guerreiros que mostram muito mais serviço que outras instituições... e na selva. A região norte está sendo tomada pelas facções criminosas, aproveitando a imensidão do território dominado pelos rios e pela falta de uma fiscalização permanente e eficaz dos estados. O EB faz sua parte e, de presente, recebe cortes sistemáticos de verbas.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics