11 de fevereiro de 2018

Bum bum paticumbum prugurundum! Brasileiros já pagaram mais de 300 bilhões em impostos em 2018!

O sábado (10) do brasileiro não foi só de folia. O Impostômetro ultrapassou a marca de R$ 300 bilhões pagos em impostos em 2018. Ano passado, a marca foi atingida dois dias depois (12).
IMPOSTÔMETRO
Mas enfim...
"Vem meu amor,
Manda a tristeza embora.
É carnaval, é folia,
Neste dia ninguém chora."

4 comentários:

Anônimo disse...

Imposto é o que paga o salário do militar.

Mostre o sonegômetro também.

Anônimo disse...

Sonegômetro dos ricos já.
Só de auxílio moradia de magistrados a sonegação chega a 360 milhões e ninguém fala nada.
Imposto é bom, apesar da campanha do empresariado contra, porque distribui a renda, fornece serviços o capital não quer investir. Enfim falar mal dos impostos é dar tiro no pé e contribuir para um mundo desigual.
Chega de proteção para os ricos, que paguem o mesmo que nós.

Anônimo disse...

É isso aí! São os impostos que pagam os nossos salários. E tem milico com discurso de boca mole que quer redução da carga tributária.

Anônimo disse...

Tem anônimo querendo confundir os desavisados ou, ele mesmo está nesta condição...
O imposto paga salários, sim. Meio bilhão por ano para o STF,sim. Salários muito acima do teto legal,sim. Mordomias, sim. Ongs,sim. Partidos políticos, sim. MST,sim. Festa com guardanapo na cabeça em Paris,sim. Sitio, apartamento, entre outros, sim. Poderia citar muito mais, mas, o amigo comentarista acredita que o imposto paga os altos salários dos militares...então faça um estudo de campo, vá ver onde residem os militares e como vivem, que com certeza, mudará sua opinião.

Ao meu ver, o militar deveria ser proibido de figurar em outra folha que não fosse a da Força, evitaria a subserviência. Não um 1º Sgt, este não tem condições de figurar uma vez ao mês em uma reunião da Petrobras...para comprar um ferro velho por 10 vezes mais do que valia...não, um 3º, 2º, ou 1ºSgt, realmente não teriam estomago, vomitariam. Servir a Deus e o diabo, maldição do militar.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics