9 de janeiro de 2018

Cerca de 14 mil projéteis de fuzil foram roubados de Batalhão do Exército e vendidos à facção criminosa

Cerca de 14 mil munições de fuzil são roubadas do Exército e vendidas à facção GDE
Projéteis teriam sido levadas de um quartel localizado em Fortaleza
Fortaleza (CE) - Cerca de 14 mil munições para fuzil teriam sido roubadas de um quartel do Exército localizado em Fortaleza, e vendidas à facção criminosa GDE. O crime só foi percebido recentemente, quando foi ordenado a transferência dos projéteis para Natal (RN), quando o exército foi acionado devido à greve dos policiais militares locais.
As munições roubadas, segundo informações, teriam sido levadas para a comunidade Babilônia, também em Fortaleza, onde moradores estão sendo expulsos de suas casas sob ameaça de morte da facção GDE.
Um soldado do Exército seria suspeito de ter participado do furto das munições do quartel. Segundo informações, ele teria recebido um terreno e uma moto em troca dos projéteis.
Nem o Exército nem o secretário de Segurança, André Costa, se pronunciaram sobre o assunto.
CearáNEWS/montedo.com

14 comentários:

Anônimo disse...

Soldado??
Fala sério
É ele quem tinha a chave do Paiol?
Kde o Of Mun e o SGT de tiro???

Anônimo disse...

O soldado furtou 14 mil projéteis na mochila, uma caixa de cada vez. Piada.

Anônimo disse...

É claro que há envolvimento tanto do Oficial e do Sgt, pq segundo a regulamentação um não pode abrir o paiol sem a chave do outro, e no final o relatório de consumo é assinado pelo oficial, e ninguém hoje assina porra nenhuma sem conferir ainda mais armas e munições.
Ten QAO R/1 Tu 89 Infantaria.

Sgt Véio disse...

Que vergonha, incompetência!! Que Nunca Entremos Em guerra!!!eu Imploro!!!

Garivaldino Ferraz disse...


Soldadinho fuderoso, esse!!!

Léo disse...

SEGURANÇA PÚBLICA ZERO!

Estamos entregues às baratas e aos bandidos!Chegamos ao nível imoral,ilegal,nojento de vermos um policial civil,honrado,do estado do Rio Grande do Norte,governado por um socialista,chorar, compulsivamente,na frente das câmaras das TVs,mundo afora,afirmando que não tem comida para levar para sua família.E,o que é mais asqueroso,ainda,a mesma justiça indecente que solta o José Dirceu,petralha,ladrão, bandido confesso,arrombador do Brasil,junto com a sua ORCRIM do PT,repito,a mesma Justiça ameaça prender o policial citado,caso o mesmo não volte ao trabalho, imediatamente,mesmo sem receber os miseráveis salários,desde novembro último...País de pilantras,de petralhas...
escória safada...Bandidos! Mas o mesmo país que "está à deriva" tem "suas instituições funcionando, perfeitamente".Isto é o que chamo de um paradoxo irreconciliável! Ora,como pode um país que está à deriva,-e está-,ter suas instituições funcionando, perfeitamente? Se isto fosse verdade,jamais o Comandante do Exército,General Villas Bôas,teria dito que estamos à deriva... E estamos!Segurança pública zero...
MST tomando propriedades,privadas,na bala,há anos...Leiam sobre a quem pertence,hoje,a quase totalidade de Quedas do Iguaçu,PR...Quadrilhas compostas por vinte,trinta,quarenta ladrões,com escopetas e granadas,explodem os bancos,no interior do Brasil,praticamente,toda semana...Trinta mil mulheres são estupradas, no Brasil,todo ano...Sessenta mil brasileiros têm mortes violentas,seja por arma de fogo,por armas brancas ou pelas "foices,instrumentos de trabalho no MST"... Precisamos decidir,urgente,-dia 24 de janeiro de 2018 está às nossas portas- de qual dos dois Brasis,citados pelo General Villas Bôas, nós queremos para nossas famílias: aquele no qual, "supostamente",tem suas instituições funcionando, "perfeitamente" ou o Brasil do João Pedro Stédile,do PT,do MST,MTST e todos os tês de traidores da pátria,do Brasil que "está à deriva"...do Brasil que nos ameaça afirmando que derrubará o prédio do TRF-4,em Porto Alegre,caso seja ratificada a cadeia do Lula da Silva...Eu fico com o Brasil do Marechal,herói da Segunda Grande Guerra,ex-presidente honrado,desta atual República de gatunos,o cearense Castello Branco.Vivas à Revolução Democrática de 1964! Vivas a todos os meus antepassados,meus irmãos,civis e militares,que foram assassinados, covardemente,por gente como o Flanklim Martins,PeTralha-Vejam suas entrevistas no YouTube,aonde ele mesmo afirma como metralhava,matava,pelas costas,autoridades dignas.

Essa Malta - que me perdoem os lobos-fugiram,do Brasil,com nariz de borracha ou vestidos de padre,quando o Braço Forte de Caxias os chamou para um acerto de contas.As contas ainda não fecharam,corretamente! O Brasil tem um passivo histórico que precisa ser equacionado.A História está gritando aos nossos ouvidos...Não cometeremos os mesmos mimos de 1964!

Anônimo disse...

Soldado só entra no paiol para fazer faxina. E mesmo assim, acompanhado do Of e/ou Sgt Munições. A a IAMEx?!?! ST Mat Bel Turma 1995.

Anônimo disse...

Catorze mil munições "sumiram "de um paiol e só perceberam muito tempo depois? E foi um soldado apenas? Aqui perto de casa "roubaram" um prédio de trinta andares,tijolo por tijolo,e só perceberam o "sumiço quando foram cobrar o IPTU atrasado! São "estórias "parecidas!

Anônimo disse...

Desde que o munto ě eterno pau no mais moderno

Anônimo disse...

Soldado que entrega arma ou munição para bandido, facção deveria ser preso, é mais bandido que qualquer outro bandido, tolerância 0 com esse povo

Anônimo disse...

Que paiol fraquinho em segurança é esse? As "otoridades" só olhando a bandidagem passar, se instalar e bagunçar para depois chamar os militares. Estão expulsando as famílias que receberam seus imóveis? E aí, o que vão fazer para corrigir isso? Inventar mais um 15° salário, mais mordomias para os digníssimos? Vergonha!

Anônimo disse...

O soldadinho roubou 14.000 munições saiu do quartel e ninguém viu, sei vai sobrar para o comandante da guarda. Tem peixe grande envolvido.



Anônimo disse...

O soldado controlava o paiol?!!

Anônimo disse...

Soldado são todos os militares! Deve ter sido isso. kkkkkk

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics