14 de novembro de 2017

É ouro! 74 alunos dos Colégios Militares são premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática

Sistema Colégio Militar do Brasil na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2016)
Rio de Janeiro (RJ) – Alunos dos diversos Colégios Militares do Sistema Colégio Militar do Brasil participaram da 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2016), realização da Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).
A OBMEP é promovida com recursos oriundos do contrato de gestão firmado pelo IMPA com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e com o Ministério da Educação (MEC), sendo dirigida aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e aos alunos do Ensino Médio, de Escolas Públicas municipais, estaduais e federais, e Escolas Privadas, bem como aos respectivos professores, escolas e secretarias de educação.
As provas são realizadas em duas etapas, onde a primeira é a aplicação de prova objetiva (múltipla escolha) a todos os alunos inscritos pelas escolas, sendo a segunda, a aplicação de prova discursiva aos alunos selecionados pelas escolas.
Os alunos participantes da OBMEP foram divididos em três níveis, de acordo com o seu grau de escolaridade:
  • Nível 1 – alunos matriculados no 6º ou 7º ano do Ensino Fundamental.
  • Nível 2 – alunos matriculados no 8º ou 9º ano do Ensino Fundamental.
  • Nível 3 – alunos matriculados em qualquer ano do Ensino Médio.

Separados por milhares de quilômetros e realidades diversas, 501 estudantes de escolas públicas de todo o país têm um encontro nesta terça-feira (14), no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, promovido pelo IMPA, evento onde esses jovens e crianças serão protagonistas de uma mesma história: conquistaram, entre 17,8 milhões de participantes, a medalha de ouro na OBMEP 2016.
A premiação nacional terá a presença de representantes dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, do diretor-geral do IMPA, Marcelo Viana, e do diretor-adjunto do IMPA e coordenador nacional da OBMEP, Claudio Landim.
Dentre os agraciados, o Sistema Colégio Militar do Brasil (SCMB) terá 74 alunos dos diversos Colégios Militares recebendo a honraria, o que reflete o empenho dos Docentes e Agentes de Ensino no ensino da Matemática. (DEPA)
EB/montedo.com

Confira a relação dos alunos premiados com a medalha de ouro na OBMEP/2016

30 comentários:

Anônimo disse...

Com todo o respeito esses dados são do ano passado, está para ser apresentado até o final do mês o resultado de 2017. Notícia requentada.

Anônimo disse...

Parabéns pelo nível de excelência do colégio militar!Seria interessante que o ensino do colégio militar fosse oferecido para todos os jovens brasileiros.Com certeza teríamos um país mais forte no futuro.

Anônimo disse...

Parabéns gurizada!!!
Esse é foco. Tem que manter.
Sertão!!!

Anônimo disse...

Parabéns! Obrigado a estes jovens! Orgulho do nosso EB.

Sargentão Cachaceiro disse...

Parabéns aos alunos. O estudo é o melhor caminho.

Conselho de um Sargentão barrigudo e cachaceiro, medicina ou direito. Se querem ser milicos...façam medicina. trabalharão 3 horas por dia. A famosa "máfia de branco" que os rambos da aman odeiam. Inveja é triste. Principalmente qdo o ten médico encosta a BMW do lado do golzinho do Comandante infante. rs

Anônimo disse...

Para se entrar no Coégio Miitr, os filhos dos civis passam por um concurso dificílimo, muitos deles tiveram que fazer cursinho preparatório. Depois, a maioria dos Alunos do Colégio Militar pagam cursinho fora para poderem passar nos vestibulares das faculdades públicas e no IME - ITA. Creditar todos os méritos ao ensino militar é um erro.

Anônimo disse...

Parabéns aos QCO professores dos CM.

Anônimo disse...

" A educação é a chave do cadeado." ( Autor desconhecido )

Anônimo disse...

"Quando o povo é educado a diferença de classes desaparece." ( Autor desconhecido )

Anônimo disse...

Alguma novidade sobre a promoção de Subtenentes em dezembro?

Anônimo disse...

Complemento ao Sr de 14 de novembro de 2017 22:31. Na minha opinião Direito esta complicado, muita gente formada. A maioria quer ser Juiz e Promotor, porém poucos conseguem por ser muito difícil. A maioria vai para Direito para Concursos. Por exemplo: para Agente Penitenciário minha Prima formada em Direito não foi aprovada e um Sgt temporário formado em História (EAD) cursou a distância e foi aprovado. Acho que vai da dedicação para o Concurso. Abrir um Escritório é difícil, até conseguir clientes. Tem muita gente formada em Direito e sem emprego. A minha Prima se formou fazem 5 anos, ela trabalha em um Escritório de Advocacia e recebe R$ 1.400,00. Medicina é o "farol". Tem que ser na área de saúde medicina, odontologia e enfermagem. Estas três nunca vai faltar emprego, sempre vai ter alguém doente, sempre todos vão ter dentes, e sempre o doente vai precisar de cuidados. O Dentista abre o consultório e quando esta no Hospital ou Quartel o consultório fica alugado e ganha de de duas fontes. O médico faz um plantão é R$ 800,00 dependendo até R$ 1.400,00. (UTI). A gente fala nestes cursos, mas para isto o jovem tem que ter boa base, infelizmente poucos conseguem.

Anônimo disse...

Anônimo15 de novembro de 2017 07:07,

Meu amigo recalcado, deixa de falácia. Uma das únicas coisas boas que ainda nos restam é a possibilidade de colocar os nossos filhos no CM. Se os filhos dos paisanos prestam concurso para entrar problema é deles, caso não estejam satisfeitos que procurem outra escola. Arrego heim!

Obs.: não tenho filho em idade de CM, mas se Deus quiser terei essa oportunidade.

Guararapes/98

Anônimo disse...

Tem um ali que não pertence ao grupo ou, a premiação seria retroativa?

Anônimo disse...

O senhor não entendeu a questão. O desempenho nessa Olímpiada de Matemática, como em outras Olimpíadas, assim como nos concursos vestibulares, náo se deve somente ao ensino do Colégio Militar, mas aos cursinhos frequentados pelos alunos, antes e depois da entrada deles no Colégio.
Seu filho, se for entrar em Colégio Militar pela janela e não se preparar intelectualmente, vai sofrer perante os filhos de civis que entraram, todos estudiosos e selecionados pelo rigoroso concurso onde se preparam estudando horas e pagando cursinho.
Saiba que o ensino do Colégio Militar não é suficiente para eles e não prepara suficientemente para os exames vestibulares, a tal ponto que estudam de manhã no CM e à tarde/noite nos cursinhos vestibulares e de IME/ITA.
Se prepara para ver seu filho envolto entre os melhores. Se ele não for igualmente bom e estudioso, se o senhor náo o colocar em cursinho, te prepara para ter problemas. Não basta jogar seu filho lá dentro, vai preparando o bolso.

Anônimo disse...

Mas o Colégio Militar tem que exigir concurso mesmo. Não vai colocar qualquer um lá dentro, pois atrapalharia os demais. Mesmo os filhos de militares, se não acompanharem à altura, são reprovados e/ou desligados. Como vão colocar um aluno sem base para estudar numa escola de excelência? Dava aula no ensino médio do Estado do RJ e via a dificuldade dos alunos que vinham das Escolas Municipais. Há uma discrepância muito grande dos currículos em relação ao do Colégio Militar. Estado e município, pelo menos do RJ, é só tapeação! O problema é que no Brasil instituiu-se a "moleza para tudo", e todo mundo quer facilidade para se dizer da elite, porém com esforço ZERO.

Anônimo disse...

Esse blog do Montedo, por não possuir um filtro honesto e decente, deixa passar bobagens e palhaçadas proprias de quem são incompententes. Esse praça que sassina como Sargento cachaceiro, estereótipo que ele faz questão de imprmir aos sargentos, é de postagens infelizes, segregacionistas, mentirosas e cheias de frustrações. Se vc é praça, tira Sv até hoje, nunca estve no extterior, o problema é seu. Incompetência sua. Não existem essas mentiras de inveja de médico, golzinho na garagem, entre outras palhaçadas suas. Se vc ganha mal, se sua carreira lhe ofende, o problema é seu. A minha carreira de oficial de AMAN me traz realização, sim, pois tenho missões no exterior, Jeep Renegade na garagem e meu vizinho de PNR é médico, e me dou muito bem com ele.
Desisti de vez desse blog. Virou baixaria sem um filtro correto q deixe de publicar mentiras e palhaçadas, próprias de palhaços. Não por menos, mentiras como essas somente os diminuem anda mais, como a opinião de uma esposa médica de um Of, lida em outra sala do blog, afirandk q
Sgt cachaceiro, valha-me, Deus! Chega a ser doentio.

Anônimo disse...

Estudar não é bizú. O Bizú é ser politico, ou se envolver com politica.

Anônimo disse...

Espero que essa vergonha acabe. Todos são iguais. Portanto, não há cabimento filho de militar ingressar no CM pela janela. Embora, a maioria desses janeleiros tenham o pior desempenho e dificilmente conseguem passar para a Escola Preparatória. Quem vai adiante são os filhos dos "paisanos". Jovens que ralaram e passaram em um concurso. Sabem o que é meritocracia. Mas de qualquer forma, sendo um colégio Federal mantido pela União, jamais poderia haver diferenciação no ingresso para filho de militar e de civil.

Marco Aurélio disse...

Requentada??? A premiação foi ontem no teatro municipal do rio e é relativa a obmec de 2016.Vc que certam

Anônimo disse...

Agora leia o titulo dnv
"Sistema Colégio Militar do Brasil na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2016)"
2 0 1 6

Anônimo disse...

Há pessoas aqui que encara cursinho como algo dentro da normalidade, mas não é. Ele só existe por causa de escolas fracas e/ou de alunos fracos. Eu fiz concurso para a carreira militar sem ter feito cursinho, estudei o que estava fora da aprendizagem das escolas aqui fora por minha conta, na verdade muitas coisas, não tudo, eu tinha aprendido na escola convencional. Depois, já na FAB, notava que os alunos que fizeram cursinho tinham dificuldades, pois já tinham esquecido aquelas "decorebas" dadas por quem lecionava no curso. Aprender não é o mesmo que decorar "macetes", assim como ter boa memória não é o mesmo que ser inteligente, o ideal seria apresentar os dois casos. Ensino/aprendizagem não é coisa de achismo, é muito mais sério. Todo mundo sabe que o Colégio Militar é um sonho para qualquer família sem posses de colocar seus filhos, mas não há vagas para todos. Por isso, o meu sonho é ver todas as escolas públicas no mesmo escore do Colégio Militar algum dia.

Sargentão Cachaceiro disse...

Ao anônimo que se referiu a minha pessoa, VC tem todo o dirito de pensar diferente de mim, e a recíproca também é verdadeira embora VC não admita. Vá dar uma de juiz no quartel, mas não exagera pq senão é abuso. Só pode daquela forma velada e covarde que costumamos ver. Sou sgt Q.E e vc oficial de AMAN. E daí? Vc é daqueles que gosta de ouvir bajulações e dá conceito alto para os que fazem isso? O problema é seu. Vc acha certo ganhar o dobro de um praça. tratarem seu filhote melhor no CM, seres atendido com maior rapidez e distinção nos hospitais, morar num PNR amplo e sem espera ( enquanto um sargento mora em favela ), comer comida diferenciada nos cassinos, e ver a galinha explodida no prato do sgt, vc deixar de tirar serviço aos 27 aninhos e ver um primeirão chegar aos 45 de serviço.

Vai ver se eu to na esquina. Se eu me identificasse vc me puniria, sabe pq? PQ adora tudo isso.

Fosse vc que levasse a sua família nas ditas condições do praça queria ver se orgulhar.

Qto ao oficial que disse q a mulher é médica e não conhece um neurocirurgião que ganha mais 50.000, deve ter uma esposinha muito mal formada.

Qto ao meu epíteto, até parece que os oficiais não curtem uma cachaça.

vai te catar filhinho de mamãe

Anônimo disse...

Sargentão Cachaceiro14 de novembro de 2017 22:31

Amigo, seu comentário é deprimente! É por essas e outras que os Oficiais não dão crédito aos Sargentos. Eu sou Sargento com muito orgulho e vou me empenhar para tentar fazer com que meu filho entre na AMAN. Isso só não será possível se não for da vontade dele e do meu bom Deus.

Amigos, parem com essa paranóia de que as FFAA são ruins para os Oficiais e, até mesmo, para os Sargentos. Vão viver dignamente com o que vcs conquistaram. Tudo na vida é questão de oportunidade.

Guararapes/98

Anônimo disse...

"Desisti de ver este blog" mas está de volta e participando, inclusive. Oficial de AMAN você sabe muito bem que podecrodar e não vai encontrar um blog que atualize nossa classe cono esse, não existe outro blog neste nível, e se há problema está nas pessoas em si e não no blog. Portanto, o bonzao, não está contente,sinta-se à vontade para fazer o que achar certo: permanecer ou "desistir", mas pelo menos honre a sua palavra de oficial, se desistir novamente, desista, seja homem, um à mais ou a menos nesta multidão pouca diferença há de fazer,ninguém sentirá sua falta. E que não seja por falta de "tchau":"Boa viagem!!!"

Anônimo disse...

Está faltando alguém que elogie as tuas conquistas financeiras no seio da tua classe o "Rei Caolho em Terra de Cego". Entre os miseráveis você consegue se destacar oh Grande Oficial de AMAN. Vou me curvar aos pés deste nobre com sensibilidade na menina dos olhos, pobrezinho, não suporta o Sgt Cachaceiro. Vamos providenciar um filtro, esponja, sabão e álcool pra deixar tudo limpinho. Viche, tem que tirar o álcool, se o Cachaceiro enxerga ele toma diluido com água. Tá bom só filtro, água e sabão, mas vamos deixar do jeitinho que agradar Vossa Excelência, não precisa se preocupar!!!!

Anônimo disse...

A situação do país está tão caótica nas mãos desses incompetentes que, até, uma boa propaganda dessas pela eficiência dos colégios militares, pode trazer consequências desagradáveis para os militares. Tudo que funciona bem está relacionado, direta ou indiretamente, com os militares e corre-se o risco do governo jogar nas costas dos militares o público civil dos colégios públicos falidos. Com as eleições em 2018, tudo é possível para se fazer propaganda positiva.

Anônimo disse...

Parabéns pelas brilhantes palavras,que pelo teor deve ser de um Praça. Compactuo do teu pensamento, ninguém é obrigado a permanecer, muito menos o ilustre acima, se quiser sair, que o faça. Montedo, solicito humildemente que desconsidere as palavras fora do contexto do "Almofadinha", creio que não reflete a idéia da maioria dos leitores. Creio que cada um pode escolher o pseudônimo que melhor lhe agrade, somos livres, ou nao somos? E acredito que se identifica mais com a nossa classe mesmo, poucos dos nossos bebem Whisky como V Sa. Ficou até bonito no texto:Whisky. Não sou acostumado nem a escrever estas palavras. Prosseguindo, destaco as lindas e inconvinientes palavras "se vc é praça, se vc tira serviço até hoje, o problema é seu" são afirmações que só podem vir de pessoas como o Sr mesmo, e com toda certeza, não condizem com o pensamento de todos os oficiais, o Sr faz parte de uma minoria preconceituosa, que se julga acima da média, melhor que uma classe inteira, que é a maioria. Somos Soldados, a nossa nobreza não está materializada no que bebemos ou como nos expressamos, muitas vezes estas palavras que machucam os vossos ouvidos sensíveis, carregam marcas até de injustiças sofridas,as quais precisamos sufocar no silêncio da alma. Muitas vezes engolimos nossas mágoas junto com o "sapo", temendo pelas consequências que os nossos familiares poderiam sofrer se não nos ocultassemos no silêncio e no Anonimato. Deixa de ser prepotente, isso não tem serventia, ninguém é melhor que ninguém. Nós praças não conseguimos levar barco sozinhos, tampouco você, portanto, procure escolher melhor suas palavras evitando generalizar quando for tratar com uma Classe. E reitero as palavras finais do conpanheiro acima, "que não seha por falta de tchau: Boa viagem".

Anônimo disse...

Por que não se identifica Oficial de AMAN? Tem vergonha que descubram com quem tu andas? Com o povo Ralé? Kkkk. Põe teu nome embaixo pra nois vê! Ou continue andando pela sombra do anonimato ingual nois, tu tá ingual nois.

Anônimo disse...

Ao recalcado e desinformado das 16:43
Serei OBJETIVO: A base do sistema dos CMs é ASSISTENCIAL ( sua origem,criação e razão de existir é em função de dar assistência a família MILITAR )e PREPARATÓRIA ( BUSCA desenvolver a vocação na meninada para a profissão militar).ENTENDA , o fato do CIVIL ter a oportunidade de fazer concurso para o Colégio Militar é EXCECÃO pois preferencialmente esta vaga deveria ser destinada ao dependente MILITAR,ENTENDEU???No Rio este ano não houve concurso para civil,PRQ???guarnição grande,muitos dependentes!!!Se fosse para atender a CIVIL o colégio perderia sua razão de EXISTIR,(sendo claro que quem passa no concurso são AFORTUNADOS oriundos de carissimas escolas e que em média fazem excelentes cursinho preparatório,diferentes dos filhos de militares).Penso que devida a nossa penúria salarial o R-69 deveria ser flexibilizado para que mais militares tivessem a oportunidade de ver seus filhos estudarem nesta valorosa instituição MILITAR.REPITO o colégio é MILITAR,O FILHO DE PAISANA entrar pelaS REGRAS SEVERAS DO R-69 em rElação aos próprios Militares.As estatísticas mostram qeu ALUNOS filhos de civis buscam tudo em Colégios Militares( ITA (pra depois dar baixa ) IME ( pra depois dar baixa ) MEDICINA DIREITO,UNIVERSIDADES ESTRANGEIRAS... ), menos a profissão MILITAR , essa deixam em geral para os filhos dos SEVERINOS.

Anônimo disse...

Com todo respeito anônimo... Aprenda a ler notícias...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics