2 de agosto de 2017

Suspeitos de abigeato gravam vídeo de invasão a área do Exército em Butiá e debocham: 'militares somos nós'

Homens mostram placa que indica a proibição de entrada, acampam e fazem churrasco. Polícia investiga se os invasores estão envolvidos em roubos de gado em campos do Exército no Rio Grande do Sul.

12 comentários:

Anônimo disse...

Apontar, atirar e fogo a vontade.

Anônimo disse...

Acabou o RESPEITO. Obrigado COMADANTES das 3 forças!!

Anônimo disse...

Que lixo....voltando pra faxina! Papiraivos senhores!!!

Anônimo disse...

Não disseram nenhuma mentira.
Digo mais... podem invadir qq terra do EB em qq lugar do BR que, além de não sofrerem reação, pois bandido é supremo neste país, existe a possibilidade de ganharem o terreno na justiça.
Gravem este meu comentário!

Anônimo disse...

Os próprios cmts não tem respeito com a tropa, a única coisa que lhes interessa são a sua posição e mordomias.

Anônimo disse...

Infelizmente as FFAA não conseguem manter um patrulhamento ininterrupto e frequente na totalidade das áreas sob sua jurisdição. Áreas rurais geralmente são terrenos enormes, nos quais se por um soldado com um fuzil em postos isolados, acaba mais por representar um risco de roubo arma do que um fator de segurança propriamente dito. Isso falando sobre área sob guarda de OMs. Imagine então com o ficam as áreas federais que são arrendadas pra civis?!

Anônimo disse...

Conselho aos militares do Exército, façam da área estande de tiro, simples.

Anônimo disse...

Não da para fazer da área estande de tiro companheiro. Se acertar um meliante e ele tiver um bom Advogado no mínimo o Cmt vai responder pelo ato. Aí adeus boquinhas, carginhos, polpudas diárias e outras benesses quando atingir o Generalato. Isso sem falar que o coitado que eliminou o bandido no mínimo irá ser preso e perder suas promoções. Isso é uma vergonha.

Anônimo disse...

Se não me engano, em reportagem na TV, disseram que essa área está alugada à terceiros(não vão punir os 3S), por isso não está sob vigilância do EB, mas fica ao lado de uma unidade. Se fosse e estivesse sob sua vigilância, algum ladrão já teria levado chumbo na cueca e não teriam furtado o gado que existe lá. Na pior hipótese, já teriam saído a procura dos marginais.

Anônimo disse...

Se existe uma placa com os dizeres "Área Militar - Risco de Morte", então só lamento. Nos alvos em frente, fogo à vontade!

Anônimo disse...

Que tal trocar a placa por uma igual a que encontrei numa fazenda a beira de rodovia que dá acesso a ilha de Mosqueiro, no Pará? Lá está escrito: "SE ENTRAR, LEVA TIRO. AVISADO ESTÁ." Pronto, curto e grosso. E que ninguém duvide do capataz. Não entra nem mosquito.

Anônimo disse...

As Forças Armadas estão desmoralizadas pelos políticos ladroes e corruptos deste pais, com ajuda dos estados maior das três forças e seus comandantes que só pensam em si próprios........parabéns medíocres, estão dando tiro no próprio pé.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics