11 de janeiro de 2017

O melhor curso de sobrevivência na selva do Universo!

É cada uma que aparece...

Seus corpos me pertencem... Selva!!!



Nota do editor
Não tenho nada contra cada um querer ganhar a vida legalmente, da forma que melhor lhe aprouver. A postagem está aqui por que o contexto é - no mínimo! - pitoresco.

76 comentários:

Anônimo disse...

IV edição? O que me assusta não é os uivos dos lobos, mas o silencio das ovelhas, vai ter que morre gente, para que as autoridades responsáveis por zelar para que essas irresponsabilidades não aconteçam, Melhor curso do universo? Se se for em algum universo paralelo...hehehe

2º Sgt SEPHUDEU (1996 EsSA) disse...

Fui zero dois do CISSE, no 3º curso, e afirmo que o Curso de Guerra da Selva do EB, é pé de chinelo!!!! SEEEEEELVA!

Diego H disse...

Me fala o tipo de droga que esse pessoal tá usando?...deve ser um negócio meio violento...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Neste Curso o segmento feminino não se forma como no CIGS. Curso de alto nível.

Unknown disse...

Vc que foi zero dois desse cisse e classifica o COS como pé de chinelo...têm o brevê do CIGS ou não foi homem suficiente pra concluir o curso????

ESTA É A HORA, CONCORDAS? disse...

Já era maluco no 5bis, mas era gente boa...

Anônimo disse...

Uniforme instituição, kit socorro. Que nível.

RAIMUNDO JEDEÃO SOUSA DE MENESES disse...

Já trabalhei com o Sgt Valmir, hoje ele está reformado, não tem que provar nada pra ninguém, o que ele faz é muito profissional e com muito entusiasmo.

Enquanto na ativa, sempre foi considerado uns dos melhores sgt da Gu Belém. Fez o CIGS numa época em que nego chorava sem a mãe saber, diferentemente de hoje.

Esse curso em questão, cumpre sua finalidade...

Parabéns Sgt Selva!

"As pedras que te atirem, construa seu castelo"

Att,
1° Sgt Jedeão

Anônimo disse...

Então, no mínimo você é guerreiro de selva formado no CiGS para poder fazer essa comparação e usar a expressão "pé de chinelo" para se referir ao curso de OPERAÇÕES na Selva do EB?? Selva!!

Anônimo disse...

Comandos é fichinha.

Anônimo disse...

cada um faz o que quer com o seu dinheiro, se ele tem condições, equipe treinada e empresa para isso tem total direito de fazer e montar o curso dentro da legalidade. É um curso de modalidade livre, faz quem quer...
O exercito dá cursos de combate, ele dá de sobrevivencia são coisas diferentes, pois um envolve combate outro sobrevivencia. Alem do mais o curso de CIGS não é o melhor do mundo e tambem não é tudo que se parece, mais embuste e ralação desnecessaria do que instrução de verdade. Esta é a realidade...

Anônimo disse...

Bom em francês a expressão "sissy" não pega bem para uma atividade que pretende ser considerada operacional.

Mais os tempos são outros, dizem alguns... fazer o quê?

Anônimo disse...

Recalcado detectado.

Anônimo disse...

Quando passar pra reserva, usará esses cursos aonde? O infante passa a vida fazendo curso, brevê no uniforme, grita selllvaaa, vai pra reserva, e aí? Vai contar prós netos.

Anônimo disse...

O cara tá sendo irônico, velho... O amargura no coração, sô !!!!!!

Anônimo disse...

Parabens ao camarada...Ganhando bem mais que os recalcados...Enquanto isso " os verdadeiros guerreiros de selva"
Praça não pode ver praça se dando bem, agora se fosse Oficial ia ter neguinho que iria até fazer propaganda...É ou não é montedo???Rsrsrs

Anônimo disse...

Parabéns ao Sgt Valmir, pelo empreendedorismo, descobriu um ótimo filão de mercado, que pode ser bem explorado para inúmeras atividades empresariais. Nos militares brasileiros não conseguimos enxergar fora do nosso quadrado, nos EUA, aquele grande país que fica no norte, é muito comum ex-militares criarem centros de treinamento para os civis e empresas, nos é que não estamos acostumados e estranhamos. Boa sorte a ele com o seu empreendimento.

Anônimo disse...

Ao companheiro que "criticou" os INFANTES. A arma base que mantém a vibração é a Infantaria. Pergunte em qualquer OM, quem esta arrependido de não ter escolhido a "RAINHA DAS ARMAS", vai aparecer uma galera! Sou Subtenente de Infantaria e tenho 4 Guarnições de Selva, três Cursos Operacionais, Navflu e todos os Cursos de PE. Duas vezes monitor de CPOR. Fui três vezes para o exterior. Pretendo ser promovido a QAO e voltar para selva. Tenho colegas que são Cavalaria e Artilharia que até hoje não conseguiram sair do Rio Grande do Sul e nem fazer Cursos e totalmente frustrados. Outro fato eu estudei sou formado em Ciências Contábeis e detalhe em Universidade Federal. Como 3º Sgt fui direto para selva, cheguei, montanha, paraquedista e no outro ano formei guerra. Parabéns ao guerra Valmir. É de guerreiros igual a nos que o EB precisa. Chega de ver Sargento recém egresso das Escolas e com pastinhas estudando para Concursos, reclamando da escala ou desmaiando nas corridas do TAF. Somos combatentes. Selva!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Fato, só trote, encheção se saco, deve-se "cair" na graça dos instrutores, caso contrário não se forma. Coisa de exército de terceiro mundo, muito grito, exigências físicas desnecessárias, e pouca utilidade no contexto do combate atual. Coisa de neandertal. Antes que surja o mímimi, o CIGS não é pioneiro em nada, guerra na selva não é exclusividade por essas bandas, como afirmam os desinformados.

Anônimo disse...

Subão se formou na federal pra economizar dimdim, não teve escolha, também sou praça e sei como é...Kkkk. Faço faculdade particular, e o nível de ensino e exigências são excepcionais, não tem professor noiado, doutrinador comunista ou defensor de MST e afins, tipos que permeiam as universidades federais. OK, mas voltemos ao foco do assunto, realmente louvável essa dedicação toda do ST infante vibrador, porém totalmente inócua, fazer cursos operacionais e correr 4000 no TAF não trazem melhores horizontes para a nossa combalida carreira, estudar para concursos sim. Não estou afirmando que deve-se deixar todo o resto de lado. Devemos ser profissionais, cumprir nossos deveres funcionais. Mas somente isso. Estou a quase quinze anos, após a conclusão do CFS, com uma única promoção. Culpa do sistema? Minha culpa? Eu sabia que seria assim, é o que há para o café, então estou providenciando minha aprovação em uma outra carreira onde a valorização seja tangível, real, aproveitável, e não em forma de brevêts de borracha e falácias, pois enquanto vivemos nesse mundo fantasioso, lutando contra inimigos fictícios, tem SD de pm recém formado ganhando como oficial das FA. Àqueles que pretendem seguir o caminho do sub vibrão, meu boa sorte, cuidado para não se frustrarem, pois as possibilidades são enormes.

Sgt Mat Bel 2003 disse...

muitos comentários invejosos aqui, o Sgt Walmir está fazendo a parte dele, e eu ficaria muito grato em ser monitor do curso.

muitos camaradas aqui apenas reclamam, já sabemos que isso é normal por aqui.

opinião: cada um cuide e corra atrás do seu.

Sgt walmir, parabéns pelo curso de sobrevivência camarada!

Anônimo disse...

O st hiperestudado/cursado tem quantos filhos????

Anônimo disse...

...Enquanto isso esperamos pela rasteira da previdência...

Anônimo disse...

Puro EMBUSTE, nada mais.

1º Sgt SEPHUDEL disse...

Resposta aos comentários:
Anônimo Anônimo disse...
Então, no mínimo você é guerreiro de selva formado no CiGS para poder fazer essa comparação e usar a expressão "pé de chinelo" para se referir ao curso de OPERAÇÕES na Selva do EB?? Selva!! 11 de janeiro de 2017 18:45
Unknown disse...
Vc que foi zero dois desse cisse e classifica o COS como pé de chinelo...têm o brevê do CIGS ou não foi homem suficiente pra concluir o curso???? 11 de janeiro de 2017 17:34

Estive no CIGS (pé de chinelo) no ano fatídico ano de 2006, quando nos colocaram todo o turno no tanque tático e morreram três alunos, então decidi solicitar desligamento. Portanto falo com propriedade! 1º Sgt SEPHUDEL. PÉ DE CHINELO!!!

Anônimo disse...

Mito! Disse tudo. Muita borracha bordada pra guerra fictícia. No fim, só serve para inflar o ego.

Anônimo disse...

Sim, e pode ver que nas PMs dos Estados mais sérios o que se cultua é a competência do militar na função que trabalha. Pouco importa se ele tem uma bolachinha de borracha que comprove que ele ficou brincando de rastejar na lama. Por isso tem o salário e as condições de trabalho que têm. A sociedade quer retorno tangível. Na hora da guerra, qualquer jovem de 18 anos desempenha a função. Só ver na 2GM que os oficiais(principalmente) e praças eram civis que passaram por menos de 1 ano de treinamento (a própria Easy company era comandada por um tenente de "cpor americano". O conhecimento dos militares de carreira nos treinamentos foi praticamente inútil e não passava de teoria. Assim como é Hj nas escolas e academia.
Ten 88

Anônimo disse...

Uau. Tudo isso e sua função é "manter a vibração"? Se a OM contratar meia dúzia de dançarinas já vão poder te substituir

Anônimo disse...

As Forças Armadas é para quem tem vocação. Quem entra é para vibrar. Quem não quer vibra que faça outro concurso e não use o EB como "trampolim". Outra coisa faculdade Federal não é para todos. Eu tenho um filho nível intelectual altíssimo. Ele ao concluir o ensino médio com 17 anos me falou Pai estou pensando ser Oficial. Falei! Filho você quer ser militar ou ter grana. Ser militar é ser vocacionado. Ele falou: quero ter muita grana e viajar muito. Então respondi: Você desde que sabe o que é vida viu seu Pai correndo atrás da máquina, tirando serviço, missões no campo ou seja ralando. Conheço seu potencial faça outra carreira. Hoje o meu filho é médico recém formado com seu carro 0km e recebendo de inicio Dez Mil reais.Discordo desta ideia de militar ficar estudando para concurso e IVO (Inimigo Verde Oliva)

Anônimo disse...

Convivi com muito sargento Paraquedista e Guerreiro de Selva que a esposa não tendo curso e nem estágio de nada botava esse militar para correr da Compensa até a Avenida São Jorge. Somente quem serviu na Guarnição que tem esse bairro e essa avenida sabe de onde estou falando. Em suma, os Cursos de nosso Exército não servem para nada e são puro embuste.

Anônimo disse...

Eu APROVO!!!!! CURSO DAS ORGANIZAÇÕES TABAJARA.

Anônimo disse...

Cara se o Companheiro tem o curso de paraquedista e depois decide dar instrução numa empresa civil Oi ser um autônomo ... tudo beleza, mas o problema que vejo é dar um caráter institucional ao curso, utilizando o Marketing Exército como pano de fundo ... se ele quer fazer o bico dele, tranquilo és realmente um guerreiro, mas sem dar uma conotação de um curso que seja ligado direta ou indiretamente a instituição Exército. ...Que todos sejamos iluminados a encontrar um caminho para pagar nossas contas com dignidade e sustentar nossas famílias, sem comprometer a imagem de ninguém muito menos da instituição.

Anônimo disse...

Não sei se li direito mas entendi fuga, evasão e prisioneiro de guerra. pode isso Arnaldo? kkkk

Anônimo disse...

Em resposta ao Sr de 12 de janeiro de 2017 08:52. Tenho 3 filhos, todos estudaram em escola publica. Hoje dois Universitários (Engenharia de Produção e Engenharia Civil na UNIPAMPA) e o mais velho formado em Direito. Todos em Universidades Federal. Camarada sabe porque isto? Sempre tive os pés no chão. Ocupei PNR por 5 anos e no inicio do 6º ano fui para minha casa, com apenas 4 cômodos, sem forração e piso grosso de cimento. As calças dos meu filhos quando estavam ficando velhas a minha esposa metia no tintol azul. O meu carro até hoje é um gol quadrado 1992. Hoje esta casinha que tinha apenas 4 lugares tem 11 e com piscina. Nunca paguei barbeiro, comprei uma máquina e minha esposa raspa a minha cabeça e dos meus filhos. Não critico ninguém somos livres. O Exército Brasileiro é minha vida. Tudo que tenho é graças a Instituição. Eu vibro e me orgulho. Para quem em 1986 chegou em Grupo de Artilharia para ser recruta e empurrando ma bicicleta barra forte toda velha e de chinelos. Hoje sou campeão ter o que tenho. Fui servente de pedreiro que comia marmita gelada embaixo dos andaimes, consegui construir uma carreira, uma família e ter filhos Engenheiros e Doutor. Quem se planeja e não ostenta vence.

Anônimo disse...

Caros irmãos de farda, a nossa opinião é bem valioso, temos que cuidar para que ela não deprecie a pessoa. Quanto a instituição ninguém é inocente e ela faz muitas vezes o ego inflar, mas cada um de nós tem a opinião formada já que somos adultos e profissionais, muitos chefes de família. No momento em que estamos prestes a tomar uma das maiores rasteiras ja vistas desde que nos consideramos Forças Armadas, na minha humilde opinião eu acho que deveríamos cada um de nós cuidar de nossas vidas, abraço.

Anônimo disse...

Tudo que vc tem (é tanto assim?)é fruto do seu esforço e trabalho REMUNERADO. Vc não deve nada ao exército ou a ninguém por isso. Se fosse assim, comece a descontar da sua aposentadoria essa dívida.

Anônimo disse...

Muito linda e midiática sua resposta. Sua vida deveria ser sua família e não o eb. Tomara que seja só pra arrancar aplausos. Agora me diga: O que tem de errado o sgt que cumpre suas funções e nas folgas estuda pra concurso?

Anônimo disse...

Um curso considerado o melhor do "universo", fazendo inveja aos extra-terrestres, em apenas três dias?? Isso deve ser bom só para turista se sentir um "tarzan". Não vão aprender a dar nem dois nós. Qualquer demente pode se inscrever e eles vão ensinar táticas de combate, fugas, camuflagens??
No mínimo, irresponsável.

Anônimo disse...

Em Manaus, tinha um pessoal que levava os turistas, geralmente eram mochileiros e rastafáris que chegam aos montes, para um acampamento de cinco dias na selva. O que rolava lá, não sei. Pelo aspecto dos turistas, acho que viam até ETS. Eles geralmente eram encontrados à noite nos bares suspeitos do centro da cidade e, uma fumaceira danada.

Anônimo disse...

Fiz o Curso do Sgt Walmir, gastei menos que o Guerra (conclui), muito padrão!!! FO + CISSE!!!! SELVA!!!!Mesmo padrão!!!Show de bola!!!

Anônimo disse...

Vibrar com salário de fome? O nobre companheiro deve saber que satisfação profissional está intimamente ligada ao salário. Sacerdócio é para padres, e mesmo assim, estes, recebem bons salários e todo o apoio possível dá instituição que abraçaram. Não tem acontecido isso, por parte do EB com relação às praças, pelo menos. Mudanças em plano de carreira, comissões obscuras, que não seguem critérios pré-estabelecidos, abusos travestidos de hierarquia e disciplina, perseguições, olhem o caso Messias Dias, entre outros. O que mais me indigna é ver oficial em zona de conforto, perseguindo praça que estuda, e logo após o "vagabundo" colocar a mão no canudo do nível superior, querer usar a força de trabalho especializado (com recursos e tempo próprios) do mesmo, em favor da instituição. Aceitem o fato, estamos nos tornando os vira-latas de todas as carreiras federais. Tem Carimbador de papéis (nível médio) recebendo mais que gen de bda, PRF ganhando mais que Maj...Devemos isso a nossos "líderes" frouxos, que aceitam cargos comissionados para afogar a tropa. A esses senhores, meu mais profundo e amargo repúdio, pois estão acabando com as FA.

Anônimo disse...

Sargento Infante Valmir. Corria 3.300 no TAF e ainda voltava para buscar os retardatários. Este é "fera". Infantaria "pura". Patrulha e orientação o cara é "fera". Quem fizer este Curso com certeza vai receber muitos conhecimentos. O conhecimento tem que ser transmitido. Nunca podemos deixar sem retransmitir. Todos somos mortais, ninguém vai escapar da morte. O fim de todos é dentro de uma urna de madeira sendo consumido pelas larvas ou incinerado (virar cinzas). Não podemos deixar o conhecimento morrer junto. parabéns Guerra Valmir.

Anônimo disse...

Tanto faz , CIGS, CISSE , SISSY...Guerra na selva não existe, isso desde a guerra do Vietnã...nao foi atoa que a escola mãe do CIGS ( JUNGLE EXPERT - Panamá) foi extinta...Quem tem experiência de combate na selva (Americanos) nunca mais irão combater neste ambiente, atras de tropas maltrapilhas escondidas na selva...É só aguardar que os "guerreiros de selva" não vão agüentar muito tempo sem comida e sem suprimentos e abandonados a sua própria sorte...depois de debilitados, terão que retornar as cidades, já tomadas pelas tropas invasoras e se renderão por um pouco de comida e antibióticos...

Sgt Inf Tall Bush disse...

Curso muito bom. Melhor que o Guerra na Selva do Exército. Tem até brevet!

Anônimo disse...

Sim, a morte é certa! Só o tempo é incerto.

Diego H disse...

TÁ E O AUMENTO VEM OU NÃO VEM?

Anônimo disse...

Se tem gente que ainda paga pra fazer isso....
que mal tem?
Parabens ao Sgt Valmir, mostra que é vibrador, gosta do que faz e ainda tem visão empreendedora.

Anônimo disse...

Um maluco que deve ganhar dinheiro dando trote e fazendo instruções hollywoodianas que ninguém aprende nada mas sai achando que sabe tudo...
Esse cara tinha que ter vergonha de usar o nome do Exército nas bizarrices que faz..... cada vídeo mais bizarro que o outro....
O bom é que o Ministério Público já tá atrás dele pra saber onde estão as autorizações para o uso de animais silvestres e outras cositas mas...

Izan Raiol disse...

Os melhores momentos da minha vida foram vividos nesse curso,que e um curso de alto padrão,na verdade e um curso de muita vibração,muito companheirismo e agradeço a todos os que fazem isso realidade obrigado sgt Valmir selva

Raiane Miranda (cms) disse...

Participei da 3°ediçao do curso de sobrevivencia na selva o qualme trouxe um conhecimento a mais ou melhor vaarios conhecimentos,conhecimentos esse que sao de suma importância para minha vida secular e profissional.

Anônimo disse...

A todos q desejam conhecer o curso de sobrevivencia venham e sejam bem vindos pois é um otimo curso fiz a 2° ediçao do curso e como todos sabem o proximo sera sempre o melhor q o ultimo

Aos q so sabem comparar digo q antes de avaliar ou dar opniao de como vc acha q o curso é venha fazer e ver pra poder dar sua critica desconstrutiva

Todos q ja fizeram gostaram e mesmo os q n gostaram n pode. Dizer q sairam sem conhecimento do q foi ensinado no mesmo

O curso é pra quem busca conhecimento se vc procura conhecimento o embuste do mesmo se faz devido o q vc aprendeu com este exelente curso

Antes de criticar va fazer e ver como é pessoalmente pois sao dicersas areas a se avaliar e na area q ele é avaliado com certeza é o melhor q tem

Izan Raiol disse...

Os melhores momentos da minha vida foram vividos nesse curso Curso sobrevivência na selva que é um curso de alto padrão em um curso de companheirismo muita vibração gostei bastante Obrigado sgt Valmir selva

Anônimo disse...

Meu caro vc ja viu algum video do curso viu alguem morto la
Tudo q tem nos videos é o q acontece no curso antes de vc criticar faça e veja vc mesmo como ele é pois falar por aparencias

N significa. Nada. Pois o q importa êo q s vive la n o q ele aparenta ser

Fredy Engel disse...

O curso é excelente para aqueles que querem conhecer um pouco sobre sobrevivência na selva, experiência única de vida.
Parabéns ao sargento que convida a todos para conhecer a sua casa, SELVA.

Unknown disse...

Na vida vc escolhe ser espelhar em alguém eu me espelho no coordenador 1sgt Walmir, meu professor no exército brasileiro. Tive a honra de participar do1curso de sobrevivência na selva aluno31 agora sou monitor do curso, fico muito feliz em fazer parte dessa família tenho muito orgulho obrigado

Fredy Engel disse...

O curso é excelente, recomendado para todos aqueles querem conhecer um pouco sobre sobrevivência na selva.

Experiência única, lembranças e amizades para uma vida inteira.

Obrigado Sgt por me deixar entrar na sua casa, SELVA.

Antonio Araújo disse...

Eo melhor curso do Brasil fui aluno do 1 curso de sobrevivência na selva aluno31 vou levar isso por toda minha vida obrigado coordenador 1sgt Walmir parabéns

Camila Braga disse...

O mundo é assim... O inimigo anda ao nosso deredor e não devemos da espaço para ele. O cisse é um ótimo curso e com uma excelente equipe e um ótimo coordenador o sgt Walmir selva. Com instrutores de excelente qualidade e de ótimos conhecimentos os quais são repassados no curso. O curso de sobrevivência na selva eu não comparo com outros do mesmo tipo pois não os conheço mas sei que este curso tem suas qualidades e até mesmo o melhor. Contendo sobreviventes de selva vindo de outros estados e nessa quarta edição até mesmo de fora do país. Demonstrando sua qualidade e logistica. Parabéns sgt walmir pelo trabalho que faz e não se deixe abater pelos comentários de invejosos. Selva! Sobrevivente 22 Braga

Camila Braga disse...

Sobrevivência na selva é um ótimo curso. Com uma grande equipe, de instrutores qualificados e um ótimo coordenador. O curso já formou pessoas de outros estados e agora na quarta edição terá até mesmo de outros países, mostrando aí sua qualidade por todo o mundo. Parabéns sgt walmir selva e a equipe do cisse. selva!

valmir selva gs 3539 disse...

Boa noite a todos infelizmente o aumento vem mas foi dividido em 3 longos anos de 365 dias mas vem ai Bonsonaro kkkkk permitam eu me apresentar Sou o Sargento Valmir Selva praça de 1992 e sargento da Melhor turma 96 e claro que todos dizem isso que a sua turma foi a melhor deixem eu ser breve nas minha palavras em primeiro lugar queria agradecer as criticas porque elas me fazem crescer a cada dia mais na vida porque o que não me mata me fortalece, tbm quero pedir desculpa se algum comentário tentou denegrir a imagem do cigs ou da rainha das armas a infantaria creio que talvez o anonimo foi infeliz na sua colocação,em seguida agradecer aos apoios que foram muitos incluive um comunicante me fez chorar e um atleta me fez sorrir e lembrar dos meus TAF de 3300.mas meus amigos de farda se posso chamar os senhores desta forma ao longo de 23 anos como praça eu sempre busquei dar o meu melhor na caserna e tbm fora dela infelismente a nossa instituição falida (nos sbemos bem)que falta tudo classe I a V o pobre do soldado atira no maximo 20 tiros no ano com cartucho 762 o resto e festim e 76boca mesmo ou pou pou sempre tirei dinheiro do meu bolso pra montar instrução e meus comandantes sabiam disso e o S/3 tbm pra min isso e investimento e não fingimento Amo ser militar e infelizmente fui reformado contra minha vontade por me chamarem de louco mas sempre disse quando estava no HCE do rio no mossocomio que era um cara normal,acontece que fui reformado com salario proporcional e aqui fora ganhando o que ganhamos eu podia muito bem ta matando por dinheiro ou no morro ensinando técnicas de guerrilha mas não escolhi o trabalho honesto em ensinar como uma pessoa sobrevive se estiver perdido na selva como fazer fogo,obter alimento,fazer abrigo ,se orientar bem ta ai no panfleto acima as instruções que por sinal são todas coordenadas por min dando bisu e orientação a meus instrutores auxiliares e monitores que por sinal e uma briga para compor a minha equipe quero dizer a todos que em momento algum nosso centro tenta denegrir a imagem de ninguém muito menos menosprezar a instituição que tanto amo e respeito o que acontece e que a grande minoria da critica e construtiva e vou melhorar mais a cada edição temos uma empresa licita no meu nome coisa que sendo da ativa não poderia constituir e vcs sabem muito bem o porque afinal ganhamos muito bem e não podemos ter outro emprego que não seja e de militar eu quero dizer a todos que encontrei uma forma de fazer aquilo que amo e ganhar meu dinheiro honestamente sem desviar verbas do PO ou do Rancho e até mesmo da garagem para gastar com festas eu busquei conhecimento e isso não ocupa espaço estamos na IV edição do curso de sobrevivência na selva e creio que não existe na região amazônica um outro curso de sobrevivência na selva portanto posso afirmar que nosso curso de sobrevivência na selva não e o melhor do planeta e sim da galaxia a não ser que criem um curso de sobrevivência na sleva e venham tentar competir com CISSE porque se alguém quiser ajuda eu posso tentar ajudar e claro vou cobrar por isso afinal eu investi na minha carreira foram meses distante da minha família e hoje que minha estrela esta começando a brilhar vem um amigo e tenta me derrubar isso se chama inveja e tenho uma canção pra vc ( vc que me critica vem fazer o que eu faço ,bem no meio do caminho vc vai sentir cansaço) porque eu não chamo isso de trabalho isso pra min e diversão e quem faz o que ama esta sempre de ferias.... forte abraço e pra quem tem vontade de conhecer meu mundo venha pois sra muito bem recebido

NATUREZA disse...

O que eu aprendir lá na sobrevivência na selva,pra mim foi um dos melhores enquanto muitos estão dormindo estou estudando,muitos vão pra festas eu passo a noite ralando nos cursos enquanto muitos criticam eu tou me formando,sou formado mais vou ensinar o meu filho a respeitar os outros não importa a idade mais sempre dizer eu tive um grande pai que me ensinou a entrar e sair a onde eu for.
PARABÉNS CISSE.😍

NATUREZA disse...

Nunca desista do seu Milagre por causa de opinião contrária, se José desse ouvidos á opinião dos seus irmãos jamais se tornaria governador do Egito, o mesmo aconteceria com Davi, se o mesmo desse ouvidos à opinião dos seus irmãos , jamais se tornaria o maior rei de toda história de Israel, ei, pisiu, escute, não importa o que dizem, e o que pense ao nosso respeito, Nunca desista do seu Milagre, porque Maior é quem está escrevendo a nossa Historia!

blogger disse...

Camarada vai fazer o curso tire suas próprias conclusões qualquer coisa eu pago tua inscrição
Sd Gabriel

Nathalia Taina disse...

Críticas são sempre bem vindas, desde que sejam feitas com algum fundamento, a pessoa que fez essa publicação, apontando como "contexto pitoresco" em algum momento parou pra ver os vídeos, fotos, comentários de pessoas que já se propuseram à participar? Creio eu que não. Antes de querer usar o senso crítico, então seria bom se a pessoa que fez essa publicação fizesse uma pesquisa elaborada para saber mais sobre. O curso de sobrevivência na selva está hoje na sua IV edição, e até então ele só vem crescendo, pessoas de outros estados (GO, RS, RJ, DF, SP, entre outros) e pessoas de outros países como estados unidos e Colômbia, vem em busca de conhecimento e adquirido com muito sucesso. O curso de sobrevivência na selva não foi feito pra difamar muito menos denegrir a imagem de nada e nem ninguém. O curso foi feito para passar conhecimento, pessoas que gostam do que fazem, e sempre tentam dar o seu melhor. Auxiliares, instrutores e monitores qualificados e um curso altamente padrão. Quem conhece sabe, e se você não conhece, procure saber um pouco pra depois querer criticar.
Ícones do estado do Pará, legionários, forças auxiliares, pessoas do Brasil e do mundo. Todos a favor do curso que vem crescendo no Brasil.
Como eu já disse, críticas são muito bem vindas, mas antes de criticar, procure saber. Por trás desses anonimatos, existem pessoas de caráter que trabalha duro todos os dias pra fazer valer a pena cada esforço, afinal, conhecimento não ocupa espaço. O CISSE (centro de instrução e sobrevivência na selva) agradece a todos os homens e mulheres que um dia foram alunos que se propuseram a passar 72 horas na selva, que não mediram esforços pra sair das suas casas pra ir pra selva aprender. Pessoas que concederam as suas confianças. Obrigado alunos sobreviventes, afinal, hoje somos 104, e eu, Instrutora Nathalia Taina, que um dia tive o privilégio e a honra de sentir na pele o prazer de ser aluna (ETERNA 20) primeira mulher a concluir o curso de sobrevivência na selva, segundo lugar destaque geral. espero que amanhã possamos ser muito mais que 104! Como diz as leis GS, "tenha iniciativa pois não receberá ordem para todas as situações, tenha em vista o objetivo final. Procure a surpresa por todos os modos. Mantenha o corpo, armamento e equipamentos em boas condições. aprenda a suportar o desconforto e as fadigas sem queixar-se e seja moderado em suas necessidades. Pense e aja como caçador, não como caça. Combata sempre com inteligência e seja o mais ardiloso." Tenho certeza, todos que participaram do curso não só adquiriram conhecimento como levaram pra aí oque aprenderam durante o curso na selva. QUE O FAÇAMOS COM DIGNIDADE E MEREÇAMOS À VITÓRIA, SELVA!

douglas rabelo disse...

Valmir meu nobre amigo é camarada, sabemos do seu potencial e profissionalismo, infelizmente temos pessoas invejosas e que não aceitam a ascensão de um militar competente,continue sempre com essa garra e as dificuldades sempre virão, Deus ilumine seus caminhos e conte conosco, selva.

Unknown disse...

Melhor cursoooooo!!!

Karyna Chagas disse...

Sem dúvida, melhor curso, eu como sobrevivente 0080, al 21/03 tenho muito orgulho de fazer parte dessa família.
Sem dúvidaaaaa.
CISSE O MELHOR
CAGANDO PRA OPINIÃOS VÁRIAS,SEM FUNDAMENTOS
#FAMÍLIACISSE👊💚

Anônimo disse...

Tudo bem, mas qual a diferença dele pros outros cursos do EB. Os dois são feitos de trotes e instruções que ninguém aprende p nenhuma

valmir selva gs 3539 disse...

Talvez não existam palavras suficientes e significativas que me permitam agradecer vocês com justiça, com o devido merecimento. Sua ajuda e seu apoio foram para mim de valor inestimável, mas é tudo o que me resta e levantar a cabeça e fazer sempre o meu Melhor. Apenas posso me expressar através da limitação de meras palavras de todos vcs , e com elas lhe prestar esta humilde, mas sincera, homenagem.de dizer Falem bem falem Mal , mas falem de min obrigado a todos e desculpa se consigo agradar 100% dos meus alunos e porque tem algo de errado mesmo afinal bando de loucos e isso que vcs são selva um abraço Montedo

1° Sgt/98 disse...

Deixemos nosso companheiro em paz. Ele está vivendo a vida dele, fazendo o que gosta, transmitindo conhecimentos sem cometer qualquer tipo de transgressão. Que ele seja feliz e tenha sucesso em suas aspirações.

quase 1º sgt, com 20a de sv. disse...

quem serviu com o wal (chamava ele assim kkkkk, na brincadeira) sabe da competência dele. O ruim aqui é ver companheiros o criticando por estar "correndo atrás".
Eu também corro atrás pq estou saindo 1º sgt com 2 filhos e o salario pode ser aumentado, entao ajudo minha esposa no quiosque que temos e vendemos.

um abração ae WAL! heheh, digo, WALMIR SELVA!

CAMARADA TE DESEJO O MELHOR PQ VC SEMPRE NOS SAFOU E AJUDOU NA CASERNA

ABRAÇOS

Anônimo disse...

Grande Valmir. Sempre o mesmo cara humilde competente. Excelente comentário meu amigo em 13 de janeiro de 2017 23:24. Pessoa correta e militar linha de frente. Sinto muito com a sua reforma meu camarada o EB perdeu um militar nota 10!. Porém continua buscando os seus objetivos. Na minha cidade natal tem um Ten R2 que foi "reformado por problema mental" ele que fez de tudo para provar que era doente. O mais interessante hoje ele é Professor Universitário de Direito. Aposto se algum oficial "jogou pedra" ou "criticou" o colega oficial. Amigo nossa classe de praça é desunida meu amigo. Bota quente meu amigo, só quem andou na selva amazônia, socavão e socavão, espinho maraja pelo corpo, natação no rio negro aquelas marolas fortes, sabe o que é ser um Guerra. Continue forte e firme no seu objetivo. O administrador do BLOG é nota 10. Inteligente. Ele coloca as matérias certas e esta matéria serviu para mostrar seu potencial. Selvaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!

Rayanne Rebeca Malaquias disse...

Sou estudante de geólogia e conheci o curso de sobrevivencia na selva em 2016 na sua *II edição* através de um amigo que me apresentou e logo de cara fiquei interessada em fazer queria novos conhecimentos dentro da minha área de estudo.
Pra minha surpresa não foi só um curso!
Foi o curso!! onde eu obterve muito mais do que eu esperava .
Hoje posso dizer tenho grande orgulho de ter feito o sobrevivencia na selva.
Tenho orgulho de ser uma Cisseana ultrapassando barreira e tendo mais conhecimentos.
Sargento Valmir Selva do *no 3539* tenho grande orgulho de ser sua aluna e ter você como meu primeiro coordenador em sobrevivencia e você passar um pouco do seu aprendizado ao seus alunos.
Você não é só um coordenador você é pai, amigo, irmão
você e essa pessoa digna, honesta e humilde onde tudo isso no seu curso voce passar prós seus alunos..
Obrigada por ser essas pessoa e que nós seus ex -alunos, alunos e futuros alunos queremos te dizer.
Tamos juntos sempre.
Rayanne Rebeca.
23 anos.
Aluna do 5 ano de geólogia

Anônimo disse...

Nitidamente percebe-se algo psicologicamente faltando nesse camarada. E o pior eh saber que muitas pessoas confiam as suas vidas num camarada desse naipe!!

Anônimo disse...

Verdade Anonimo falta algo neste militar da reserva,falta ele ser promovido isso sim porque nunca tinha visto uma instrução gabarito como esta ministrada pelo Sgt Valmir Selva , o que falta nele ? deixa eu responder a vc e tantos outros reconhecimento isso sim. enquanto muitos estão se acomodando ele esta fazendo aquilo que ele gosta eu vou fazer contato com CISSE e vou buscar conhecimento pois sei que e um profissional pelos comentários dos seus alunos tenho certeza que minha vida ficara bem melhor na mão dele que dependendo do Sr 16 janeiro 20;03

Cesar disse...

Falta sim! Vc deixar de se incompetente e invejoso! Vai viver sua vida e deixa o Sgt viver a dele! O militar em questão está fazendo o que gosta e ganhando a vida dele e vc?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics