29 de dezembro de 2016

Militar do Exército morre em choque contra caminhão no Amapá

Militar do Exército morre esmagado ao chocar-se contra caminhão na JK
Acidente de trânsito ocorreu durante uma conversão na rodovia do Amapá.
Vítima morreu na hora; acidente ocorreu na tarde de segunda-feira (26).
Acidente, vítima fatal, motocicleta, acidentes fatais, amapá, macapá, (Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)
Fabiana Figueiredo
Do G1 AP, com informações da Rede Amazônica no Amapá
Macapá (AP) - Um cabo do Exército Brasileiro, de 22 anos, morreu no fim da tarde de segunda-feira (26) ao chocar a moto que dirigia contra um caminhão em uma conversão na Rodovia JK, em frente ao Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá, informou a polícia. Ele foi esmagado pelo veículo.
Acidente, vítima fatal, motocicleta, acidentes fatais, amapá, macapá, (Foto: Reprodução/Rede Amazônica no Amapá)De acordo com policiais, o motorista do caminhão, de 25 anos, disse que foi fazer uma conversão à esquerda, na JK, em um trecho em frente ao parque, e não viu a vítima. O cabo foi identificado como Felipe Ferreira da Silva.
“Ele aguardou os veículos passarem e quando não viu mais nenhum, começou a fazer a manobra, segundo narrou o condutor do caminhão, foi quando surgiu de repente a motocicleta em alta velocidade, que só viu através do retrovisor quando a motocicleta já tinha se chocado”, informou o sargento Enildo Paes, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), em entrevista à Rede Amazônica no Amapá.
Com o impacto, e por ser um veículo de grande porte, o caminhão esmagou o corpo da vítima, que morreu na hora do acidente.
“Ele acha que o caminhão passou por cima do motoqueiro, que não deu tempo de ele parar. Como se trata de um veículo de porte grande, é difícil a frenagem”, considerou Paes.
O motorista do caminhão foi encaminhado para prestar depoimento no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval. O corpo da vítima foi removido pela Polícia Técnico-Científica (Politec).
G1/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Meus pêsames aos familiares e aos amigos direto.

A moto é um sério problema, pois o para-choque é o condutor e tem causado tantas mortes de militares das FFAA. Cuidado !!!!!

Marinho disse...

A coisa mais difícil é convencer um Cb/Sd a não adquirir uma moto

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics