30 de outubro de 2016

Juventude x experiência

Resultado de imagem para charge velho piloto
Conversa entre dois pilotos

Um avião Hércules C-130 fazia um voo de rotina, quando ao lado apareceu um caça F-16. O jovem piloto do F-16 decidiu se exibir um pouco.
Ele fala para o piloto do cargueiro: 
- Dá só uma sacada nisso! 
E imediatamente pôs o caça num "tonneau" (pronuncia-se "tunô" = parafuso), seguido de uma subida íngreme ao máximo, finalizando com um "boom" super-sônico, quebrando a barreira do som! Ele então pergunta ao piloto do C-130 o que ele tinha achado daquilo. O piloto do C-130 responde: 
- Impressionante! Mas veja só isto!
E o cargueiro continuou seu voo calmo, em linha reta, por mais ou menos 5 minutos, ao final dos quais o seu piloto voltou ao ar e disse: 
- O que você achou disso???!!!
Confuso, o piloto do F-16 pergunta: 
- Não vi nada demais... O que diabos você fez???!!!
O piloto do C-130, deu uma leve gargalhada e disse: 
- Bem, eu me levantei, estiquei as minhas pernas, dei uma mijadinha básica, aí fui pegar uma xícara de café e um pãozinho com queijo.

Moral da história
Quando você fica mais velho e mais esperto, conforto e tranquilidade fazem alguma diferença...

4 comentários:

Anônimo disse...

Finda as eleições municipais me pergunto: Por que não temos uma bancada militar forte? De imediato culpei a desunião dos militares e a velha piada do caldeirão mas, pensando em pouco mais sobre o assunto, cheguei a conclusão que os militares não votam em militares justamente por conhecê-los tão bem, sua formação e competência.

Anônimo disse...

Descordo do anônimo de 30 de outubro de 2016 20:58. Seu pensamento ficou incompleto: o que quis dizer sobre formação e competência? Primeiramente, qualquer generalização é um erro; segundo, o problema da política está no caráter, o que nada tem a ver com ser o não militar.

Diego H disse...

Legal a piada!muito boa

Anônimo disse...

Continuo com a opinião do mineirinho que disse: " ...político é igual a macarrão: antes de entrar na panela é durão, mas quando entra, fica molim, molim!
Se os candidatos cumprissem um terço do que prometem durante as campanhas políticas, já ia melhorar. O que vemos depois, é esquecimento, pouco trabalho, alianças fajutas e muita enrolação.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics