21 de outubro de 2016

Drogas invadem quartéis das Forças Armadas

Resultado de imagem para superior tribunal militarLevantamento do Superior Tribunal Militar (STM) mostra que os casos de uso, tráfico e porte de drogas nas Forças Armadas aumentaram 337,5% nos últimos 12 anos. Cerca de 95% dos flagrados são soldados e recrutas de 18 anos. Os principais envolvidos são cabos e soldados com até 21 anos, solteiros e com baixa escolaridade, que alegam em juízo ser “esporádico” o uso da droga e/ou se declararam viciados.




O CRACK AVANÇA
O tráfico de crack nos quartéis é maior que o de maconha, o que é ainda mais preocupante. Devastadora, o crack é a “droga sem volta”.

NÚMERO CRESCENTE
Em uma sessão do STM, esta semana, metade das 16 ações julgadas era de uso e tráfico de drogas em quartéis das Forças Armadas.

STM NÃO PEGA LEVE
É rígida a jurisprudência do STM sobre drogas em quartéis. Nunca é aceito o princípio da insignificância, adotada em outros tribunais.
DIÁRIO do PODER/montedo.com|

42 comentários:

Anônimo disse...

http://oglobo.globo.com/mundo/militar-brasileiro-morre-durante-trabalho-de-ajuda-humanitaria-no-haiti-20325880

Anônimo disse...

http://blogs.oglobo.globo.com/ancelmo/post/forcas-armadas-vao-manter-quatro-mil-homens-no-segundo-turno-das-eleicoes-no-rio.html

Anônimo disse...

Noticias da Marinha ...

http://www.globo.com/busca/?q=marinha

Anônimo disse...

http://blogs.oglobo.globo.com/blog-do-moreno/post/fab-condecora-personalidades-em-todo-o-brasil-e-no-exterior.html

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/ac/acre/bom-dia-amazonia/videos/v/governo-aciona-exercito-para-combater-brigas-entre-faccoes-em-rio-branco/5390331/

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/apos-17-dias-marinha-encerra-operacao-que-envolveu-2-mil-homens

Anônimo disse...

http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/exercito-apreende-arsenal-em-transportadora-e-prende-casal

Anônimo disse...

É fácil combater esse mal, basta realizar um exame periódico similar aos dos caminhoneiros, em todos integrantes da Força sem distinção, assim verifica quem está fazendo uso, daí toma as medidas de ajuda, correção entre outras cabíveis. Eu sou voluntário em fazer o exame.

Anônimo disse...

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/exa-rcito-faz-cadastro-para-operaa-a-o-pipa/361375

Anônimo disse...

Esse e um problema da sociedade em geral e não so nas forças armadas, tudo isso e so o reflexo do que a sociedade se transformou. não basta somente punir o militar que foi pego com drogas tem que começar a ter tratamento e outra coisa não e so cabos e soldados não. temos muitos sargentos e oficiais no meio usando todos os tipos de drogas as licitas e as ilicitas.
Enquanto a sociedade não mudar isso não vai parar e pelo que vejo so tem a aumentar.

Anônimo disse...

Conheça o HFA ...

https://www.youtube.com/watch?v=9bC9n4LsfRw&feature=youtu.be

Anônimo disse...

O sistema é falho, dentro de tanta cobrança que existe esquecem de pedir um simples exame toxicológico, que faria um filtro e muitos problemas seriam evitados.

Anônimo disse...

Se for of, é reformado. Igual ao TC fulano que serviu em ...

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/component/content/article?id=287

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/270-informativo-153-2016

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/268-informativo-151-2016

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/241-informativo-130-2016

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/230-informativo-120-2016

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/218-informativo-108-2016

Anônimo disse...

http://www.dec.eb.mil.br/index.php/en/ultimas-noticias/216-informativo-106-2016

Anônimo disse...

Trabalhei numa Seção de Justiça do Exército e, só para citar como exemplo, num período de 6 meses lavrei 5 autos de prisão em flagrante por uso de entorpecentes, todos contra soldados recrutas. Um deles foi receber a droga do traficante no corpo da guarda e foi descoberto pelo cabo da guarda. Do meu ponto de vista, isso é inevitável com o serviço militar obrigatório porque o vício é um problema social cada vez mais presente. A lei do serviço militar obrigatório precisa ser rapidamente revista porque ela é incompatível com a realidade com que estamos vivendo. Estamos entregando armas de guerra nas mãos de jovens viciados e insistimos em tratá-los como soldados.

Léo disse...

A complexidade social que leva um cidadão ou uma cidadã ao consumo-mesmo que esporádico-das chamadas drogas ilícitas tem levado especialistas no assunto a debruçarem-se e a defenderem as mais variadas teorias e explicações para se chegar às causas que levam a esse estado de coisas.Dizer dos prejuízos que esse consumo leva a toda sociedade e,principalmente,ao próprio(a) consumidor(a) é chover no molhado.Não sou especialista e muito menos consumidor.Mas sou militar.E como militar afirmo,sem sombra de dúvidas, que um dia existiu um Exército,aqui mesmo no nosso amado,idolatrado,pixulecado, roubado,surrupiado,arrombado e saqueado Brasil cujos militares de carreira,especialmente os jovens Sargentos e Tenentes, dentro de seus pelotões,conheciam cada soldado e cabo,onde moravam,quem eram seus pais,irmãos,etc,etc,etc...E hoje? Hoje o que vemos são-maioria esmagadora-Sargentos e Tenentes jovens se lixando para com o que ocorre na vida pessoal dos Cabos e Soldados.Culpa desses jovens militares em início de profissão? Negativo !!! Existe somente uma causa dessa dependência química? Lógico que não!Somos seres inteligentes.Mas afirmo que o afastamento,a falta de contato daqueles comandantes de pelotão ou de Seções,frações contribuiu,sim,e muito,e agravou,ano após ano, e continuará aumentando os casos absurdos de viciados e traficantes,dentro dos quartéis.E qual a causa principal desse afastamento,distanciamento,desconhecimento desses jovens militares de carreira,com relação aos seus Cabos e Soldados ? A resposta é simples.Todos sabemos.E mais ainda quem está no topo da hierarquia.A Tropa, há décadas,pricipalmente as mais baixas patentes e graduações, sabem que seus anseios,aspirações,desesperanças,angústias,preocupações,sofrimento mesmo,diante desse quadro permanente e gravíssimo de dívidas pessoais, com o qual temos que conviver,todas as manhãs,quando acordamos,colocamos os nossos coturnos para irmos aos nossos quartéis,sabendo que deixamos-maioria absoluta- as nossas esposas,em casa, com muitas,muitas e muitas contas a serem pagas,contas básicas,do dia-a-dia,as quais nos envergonham e nos humilham (Não é fatura de um anel de quase um milhão de reais que a esposa amada do ex-Governador do lindo e abandonado,saqueado Rio de Janeiro, o Cabral,recebeu como parte da propina do Sr Cavendiche).Como um comandante pode imaginar,cobrar, esperar que seus Tenentes e Sargentos possam se orgulhar,se doar, participar intensamente na vida social de seus Cabos e Soldados se esses mesmos jovens comandantes primários de frações sequer conseguem pagar suas próprias contas mensais,com dignidade ? Parabéns a todos os amigos da Guarda Nacional.Foram ao lindíssimo Estado do Zé Carioca e cumpriram os mesmos prazos de permanência,correram os mesmos riscos que a nossa Tropa passou,quando fomos lá levar tiros na Maré,com uma pequena diferença: Os amigos da Gloriosa Guarda Nacional receberam,somente de diárias,pelo período de 140 dias,R$ 75.000,00 mil reais,cada Sargento.E quantos a nós? Com todo o respeito cristão pela dor terrível da mãe do nosso Sargento morto lá, a resposta está no contracheque que o nosso herói deixou com sua partida tão prematura. VENCIMENTOS 'VEXATÓRIOS ,HUMILHANTES E VERGONHOSOS'!!!

Anônimo disse...

Creio que essa observação/estudo estar um pouco atrasada. Foi-se o tempo que homem era homem.

Anônimo disse...

A culpa é das Forças Armadas, o conscrito se autodeclara usuário de drogas, mas obrigam ele a servir de qualquer jeito.

Deveria haver uma lei para protegê-los, pois são usuários de drogas e não querem prestar o serviço militar obrigatório.

Da mesma forma os homosexuais que se autodeclaram e não querem servir, mas são obrigados.

Todos que se autodeclaram são observados como quisessem se eximir do serviço militar obrigatório, conseguindo uma desculpa, um pretexto para isso.

No final são obrigados a servir e são punidos por serem usuários de drogas.

Anônimo disse...

Em Mateus 15:11, Jesus Cristo disse que o que entra na boca não contamina o homem.

Anônimo disse...

Profissionalizem como fez a argentina anos atrás. Sobra voluntários e a seleção pode ser mais exigente.

Anônimo disse...

É um problema social, como afirmam muitos comentários aqui citados. Vi este "câncer" em todas as esferas, desde soldados até oficiais de alta patente. As drogas são o substituto do álcool, outra droga, porém lícita, que sempre esteve presente no meio militar, também em todos os níveis. É um problema complexo e de difícil solução pois é provocado por fatores externos ao meio militar. Cabe à área de saúde das forças armadas um estudo mais detalhado e as possíveis formas de orientação, tratamento e o emprego de profissionais qualificados para o combate e erradicação do problema. A simples punição e ou expulsão do quadro militar é uma forma ignorante e equivocada de lidar com tão grave problema, pois não só afeta diretamente o militar em questão como infelizmente traz graves consequências aos seus familiares.

Anônimo disse...

Pouquíssimos cidades do Brasil o número de voluntários para servir não é superior ao número de vagas, até onde sei apenas em algumas cidades da Amazônia isso ocorre.

justamente disse...

https://www.portaldoholanda.com.br/amazonas/cabo-do-exercito-e-comparsa-sao-presos-por-sequestrarem-e-estuprarem-crianca-em-manaus

Anônimo disse...

O presidente Lula, Dilma e o PT são os culpados. A sonda européia chiaparelli da ESA " sumiu" em seu pouso em Marte......o Presidente Lula, Dilma e o PT são os culpados ahahahah. Tudo o que acontecer aqui na colônia e em todo o universo já temos os três culpados.

Anônimo disse...

A questão é muito simples, por que não profissionalizam??? é claro, sabemos a resposta; Quanto maior e mais inchada a máquina, mais coronéis e generais, a desculpa é a tal de guerra...Ai sim, efetivo menor, mais qualificado, mais operacional, mais bem pago,mais bem equipado, mais respeitado,mas não, o melhor mesmo é um exército de espantalhos para um coronel comandar uma esquadra. Esse é o problema da droga!

Anônimo disse...

Quanto mais penso sobre o assunto, mais admiro a geração passada. Minha geração se omitiu, deixou que quadrilhas organizadas tomassem o país, se infiltrassem em instituições antes respeitadas e fizessem o Brasil ser conhecido, não como o país do futebol, da música, da igualdade de raças, da alegria, mas sim um país de criminosos e prostitutas.
Vanguarda do atraso de todo gênero, saúde , educação, economia, segurança, valores morais e éticos, bondade. Minha geração falhou, em consequência, meus filhos e netos sofrerão, viverão não a espera de um messias mas, de homens fortes e corajosos, que amem o Brasil acima de tudo.

Otto Skorzeny disse...

Com o devido respeito a todas as opiniões divergentes, sociológicas e/ou conciliadoras. As FFAA NUNCA DEVERÃO TRANSIGIR com este PROBLEMA. Uma vez detectado o uso/porte/transporte de substâncias ilícitas e drogas afins por parte de militares, no exercício da função e, mesmo fora dela, estes deverão ser excluídos/dispensados de suas funções. Garantido o direito à ampla defesa dos acusados, os que se sentirem lesados e/ou prejudicados, recorram à Justiça.

Anônimo disse...

???

Anônimo disse...

O CRI, em Itatiaia, não é responsável por tratar os militares dependentes de drogas? A questão não é muito mais de saúde pública do que criminal? Nem os EUA conseguiram acabar com o tráfico de drogas tratando o assunto apenas na seara criminal, aqui conseguiremos?

Anônimo disse...

Na Av Ex é feito, nos of e St/Sgt...

Léo disse...

Tenho por princípio Jamais comentar um texto,principalmente se for ofensivo a mim.Não é o seu caso.Parabéns pela lucidez e humildade do que escreveu.Eu não pretendo deixar para os meus netos-ainda não os tenho- esse estado de coisas- vagabundos,no pior sentido da expressão,lixos humanos,quadrilheiros,pixulequentos,saqueadores dos cofres públicos,formadores de organização criminosa,políticos Ladrões,canalhas.Você,amigo,nem a nossa geração,falhamos.Nunca.Mas os canalhas que assumiram o comando do nosso amado e Saqueado,roubado,pixulecado,arrombado Brasil,eles,sim,têm uma conta a pagar.E vão pagar!!! Pode ter a mais absoluta certeza!!! Ratos de esgoto!!!

Anônimo disse...

Atrás do ponto de interrogação tem que ter uma pergunta.

keko marques disse...

Passe amanhã

Anônimo disse...

este é o trablho dos militares do exército sem um apoio do alto comando conseguem isto que esta na reportagem divulga esta reportagem para valorizar o trabalho de excelência dos militares desta OM.
http://expressoilustrado.com.br/destaques/um-paraiso-natural-no-meio-da-cidade

Ricardo Leiven Charlton disse...

Últimos 12 anos? Não é mera coincidência. Simplesmente é o reflexo perfeito da DEVASTAÇÃO que o governo comuno-petista causou no Brasil. Ainda tem milico que defende esses demônios

Anônimo disse...

A banalização, a inversão de valores, influência de amigos e Leis sem efeito prático só contribuem para o aumento do envolvimento dos jovens. Se for menor de idade, nem preso vai. Se for maior, dependendo da quantidade é considerado só usuário?? De usuário a usuário as empresas de ônibus ganham milhões, imaginem os traficantes. Consumo de maconha descaradamente em qualquer lugar e sob o foco da Lei,que protege demais os criminosos, desencoraja o cidadão e aumenta a violência. Fiscalização rigorosa é uma saída paliativa mas ajudaria os jovens nas fileiras militares a evitarem essas porcarias e talvez ajudasse a dar um rumo melhor na vida deles.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics