30 de setembro de 2016

Militares devem ser diferenciados na reforma da Previdência, diz ministro

Resultado de imagem para raul jungmann
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse [ontem] (29) que os militares devem ser diferenciados dos demais contribuintes, principalmente dos servidores públicos, na discussão de mudanças na Previdência. No entanto, segundo Jungmann, os militares estão dispostos a participar do esforço para resolver o déficit histórico da Previdência Social. O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, já havia dito que os integrantes da Forças Armadas deverão ficar de fora das novas regras para aposentadoria elaboradas pelo governo.
“Antes de tudo, militar não tem Previdência [mas um sistema de proteção social]. Entendo que a Constituição trabalha com duas categorias: o servidor e o militar, com suas distinções e singularidades”, disse Raul Jungmann. “Mas isso tudo será ainda definido pelo presidente Michel Temer.”
Entre os fatores que diferenciam os militares dos servidores públicos civis, Jungmann citou a impossibilidade de fazer greve ou de se sindicalizar, a inexistência de hora extra e a dedicação exclusiva. “O militar trabalha, como, por exemplo agora durante a Olimpíada, às vezes 12, 14, 16 horas. O militar expõe a vida. Então, de fato, não é privilégio. É o reconhecimento da singularidade”, argumentou.
“Não acredito que tratar desiguais igualmente é injustiça. É preciso reconhecer que os desiguais devem ser tratados desigualmente. Não é privilégio. Para os senhores terem uma ideia, um militar hoje tem, dentre todas as categorias de Estado, a menor remuneração inicial ou final”, comparou.
Segundo Jungmann, os militares estão dispostos a colaborar com a reforma da Previdência. “Eu chamo atenção para uma coisa: [o fato de haver uma diferenciação] não quer dizer que a Defesa e que as Forças Armadas não vão contribuir com a reforma. Não queremos e recusamos privilégios. Vamos contribuir e vamos dar a nossa parte. Apenas defendemos nossa especificidade”, acrescentou, sem detalhar como seria essa contribuição.

Eleições
Perguntado sobre o papel das Forças Armadas para evitar novos casos de violência no período eleitoral, como os que têm ocorrido em alguns municípios brasileiros nos últimos dias, Jungmann disse que esses acontecimentos são da alçada das forças policiais, e não das Forças Armadas.
“A gente tem visto ultimamente ações lamentáveis de violência cometidas, mas ressalvo que isso é uma questão de polícia. Merecem uma reflexão, sem sombra de dúvidas, porque chamam atenção e nos preocupam a todos. Mas o papel que desempenhamos a pedido da Justiça Eleitoral é o de assegurar e dar tranquilidade durante o processo de votação e de apuração.”
A pedido da Justiça eleitoral, as Forças Armadas atuarão, nestas eleições, com um efetivo de 25 mil militares em 408 municípios localizados em 14 estados brasileiros. O custo dessas operações (R$ 23 milhões) serão arcados pela Justiça Eleitoral.
Agência Brasil/montedo.com

45 comentários:

Anônimo disse...

Como vamos participar? Aumentando a porcentagem será de contribuição?

Anônimo disse...

É fácil... Basta eliminar a pensão para todas as filhas que já recebem, mandando elas trabalharem. E também, devolver os valores já pagos para os militares que optaram pela pensão das filhas para que elas não recebam no futuro.

Isto será bem visto pela sociedade, pois é algo considerado um absurdo. O resto pode manter igual. Não fará diferença.

Anônimo disse...

É o mínimo que se espera.

Anônimo disse...

Trabalham 12, 14 as vezes 16? Eu entro de serviço as 7 de um dia e soh vou embora no outro dia as 17. Fora as missões que tem duração média de 15 dias interruptos.

Anônimo disse...

Como sempre seremos os últimos a saber, continuaremos tendo nossa remuneração regida por MP, e correndo o risco de daqui a alguns anos mudarem tudo novamente e aumentarem ainda mais o tempo de serviço, tempos nebulosos a frente meus amigos.

Anônimo disse...

O Golpe dado nas Forças Armadas - http://montedo.blogspot.com.br/2016/09/o-golpe-dado-nas-forcas-armadas.html

POLIMAX COBERTURAS disse...

tam sempre falando nas pensões das filhas isso caiu em 2001 agora agente contribui 7,5 % do salario-a para elas receberem a maioria critica e não se informa dirento

Anônimo disse...

Olha aí montedo!
http://servidorpblicofederal.blogspot.com.br

Anônimo disse...

E o boato dos 15 brutos quando formos para a reserva ? Será que concretiza ?

Anônimo disse...

Pois é..uma casa divida ñ prospera,o anónimo acima,provalvemente um militar falando das pensões das filhas, deveria esta opinando para a reforma ñ acontecer no meio,das Forças Armadas,já que temos tudo diferenciado dos civis..Ele deveria e merecia trabalhar 18 horas por dia durante 40 anos e se aposentar com 1 salário mínimo...Pessoas deste tipo deveria sim pagar o preço,pela falta de informação e egoísmo..

Anônimo disse...

Tem que acabar com a pensão das filhas, das que estão recebendo e das que almejam receber.É vergonhoso ver que um cidadão comum que precisará trabalhar até os 65/70 anos,além do que está previsto o aumento do percentual do desconto passando dos atuais 11 para 14,para sustentar o privilégio das filhas de militares recebendo pensão vitalícia a troco de um misero desconto de 1,5 do vencimento do titular. É PRIVILÉGIO SIM!

Anônimo disse...

A idéia de recebermos o que pagamos é excelente. Realmente seria uma ótima opção.
Isso sim, merece ser comentado aqui no blog e levado como sugestão ao Esc Sup.

Anônimo disse...

Concordo com você, mas aí também seria interessante que você pedisse que os militares recebam periculosidade, hora extra,44h semanais insalubridade, poder se sindicalizar, direito a greve. Como você qualifica uma classe wur não recebe nada disso. Auxílio moradia regirado em 2000, ja que os militares não possuem residência e são transferidos para lugares que muitos não ficariam 1 dia.

Anônimo disse...

Já vi este filme antes, "nossos chefes estão lutando por nós", resultado MP 2215, Governo Temer, tem o mesmo pensamento do Fernando Henrique, ferro nós trabalhadores. Mas nós não estávamos felizes com o governo Dilma, devemos estar felizes com as novas medidas, tem que terminar com pensão para filhas,(tá na mais que na hora de elas trabalharem, secou a teta), militar tem que trabalhar até os 60 anos, nossos chefes trabalham (generais) porque nós não podemos. Vocês queriam o Temer, parem de reclamar, trabalhem.

Anônimo disse...

Ao anônimo do dia 30 de setembro de 2016 13:44 aperta F5 se atualiza amigo, as pensões acabaram a 16 anos atrás...Quem entrou depois de 2000, não tem mais esse direito, e quem já tinha ou optou faz jus ao benefício, pois não está sendo de graça..., se o amigo não sabe sai da conta dos 1,5% dos quais você não deve pagar...

Anônimo disse...

Ridículo, eu não concordo em dar minha parcela, anos de serviço, missão, esposa tendo que ser exonerada de serviço por causa de transferência, além da transferência a revelia, SALÁRIO MISERÁVEL, principalmente do praça a vida inteira. Estão brincando conosco, filhos retirados da sociedade local quando pequenos, sem um crescimento saudável, entre muitos outros problemas e não tem como comparar os praças, pois a promoção a cada Década com aumento salarial de migalhas, vale transporte de mendigo fiscalizado com pressão de punição ou crime, tropa esperando para ser liberada enquanto os senhores feudais em reunião com coquetéis, regado a muito ego. Quem vai dançar vai ser praça, que terá seu interstício aumentado para ficar na escala, ganhando a merreca para sustentar sua família e morrer a míngua. De trinta anos para cá a carreira despencou e terá mais atrativos para quem for praça. Desculpe os bons oficiais, mas a realidade é cruel para os subalternos.

Anônimo disse...

Aguarde muitooooo...pq vc nunca receberá p que já foi pago....por favor proposta favoráveis para todos isso sim deveria ser levado como sugestão ao Esc.Sup

Sgt Cgb disse...

Cara pelo amor de Deus. Existe sim muitas pensionistas, mas está acabando. E foi descontado durante trinta anos do militar para a filha dele receber e mais de outros tantos que não tem filha. Tenho o certeza que esse valor não é nem perto das regalias e absurdos do que os políticos ganham. Seu anônimo, acho melhor o sr pensar em outros tipos de corte. Possivelmente vc não tem família né. Se eu pudesse e tivesse filha naquela época certamente gostaria de ver ela amparada.

Anônimo disse...

Com essa crise toda...se nós não perdermos nada, não mexerem em nossos direitos, temos que dar graças a Deus.

Anônimo disse...

Só durante as olimpíadas q se trabalha 12...13...14...15...16 horas? Tá mal informado ministro!

Anônimo disse...

Em mais de 20 anos de caserna é a primeira vez que vejo alguém lutar pela classe dos militares das Forças Armadas. Agora só falta a valorizaçao salarial para sermos efetivamente um grupo de concursados que entregou a juventude para uma vida de prosperidade e sem reclamaçoes nas redes. 3 sgt com inicial de 9000,00 !!! Fim a evasão! !!

Anônimo disse...

Tão vendo a importância da bancada militar no congresso?? Se o governo tivesse realmente que negociar com os militares como vai ter que negociar com outras classes com representatividade, não estaria alardeando por aí o que provavelmente já decidiram e só estão deixando passar uns dias pra empurrar goela abaixo. Enquanto tivermos apenas nossos chefes como "representantes" pra esse tipo de questão vai ser isso!

Anônimo disse...

Se quer economizar tem que diminuir o tempo de sv não aumentar. Reserva obrigatória com 25 anos de sv. Economia nas promoções, transferências, aux fardamento, adicional de permanência e diminuição drástica do efetivo...

Anônimo disse...

Essa devolução nunca vai ocorrer, nem adianta sonhar.... O raciocínio é o mesmo que seria para seguro de vida.

GUIGES disse...

O Brasil esta sofrendo geral pessoal, nós precisamos ajudar a todos contribuindo com nossa parte, tem crianças, idosos e deficientes em condições piores

Anônimo disse...

Tratamento diferenciado Rsrsrsrs com certeza vamos nos ferrar pior que os civis, alguém duvida?

Anônimo disse...

Pensão das filhas é um absurdo. Medieval. Elas que vão trabalhar, ora essa, descontar ou não descontar não importa, vão fazer uma poupança com esse valor pra deixar pra elas. Depois não podemos reclamar. Acordem.

Anônimo disse...

bom dia a todos amigos o rombo está aqui http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/abrimos-a-caixa-preta-da-aposentadoria-dos-politicos/, não os militares que recebem salários defasados principalmente as praças com jornadas de serviços desumanas comparadas com outras categorias que tem inúmeras vantagens é acabar com emprego dos políticos com o poder de eles fazerem a leis em beneficio próprio e dos seu camaradinhas se quiser se aposentar terão que trabalhar e contribuir também para isso tem que ter uma mudança politica e não reforma, ruptura da estrutura corrupta atual se você quiser ser candidato e caso eleito irá receber o salario do seu estado ele deverá cobrir a conta e não dos cofres da união assim, e terminar com senadores, deputados estaduais, vereadores, cargos de ministros e secretários tantos municipais, estaduais e federais, para estes cargos seria todos cargos concursados com plano de carreira sujeitos a sindicância, IPM como todo funcionário publico mortal com deveres a luz de um Regulamento disciplina rigido, é por isso que temos que lutar para estes políticos vagabundo não usem da artimanha do voto para elegerem e depois virar o que esta o Brasil um bando de corruptos profissionais do presidente até o faxineiro da menor instituição publica do brasil.

Anônimo disse...

Espero que você não seja um daqueles que quer uma bancada no congresso (portanto, deputados federais), mas que esbraveja que não votamos em vereadores (municipio). Coisas tao diferentes quanto água e uma caneta.

Anônimo disse...

As contas estão em baixa. Devido a quê? Roubo?, não desvio, roubo é para o povo. Contas mal administradas? Vejam só, eu, assim como muitos, não comi, não bebi, não fui para o exterior, nem mesmo para o interior, com o dinheiro público que esta faltando, pergunto: porque devo pagar? os ladrões e as ladronas (essa última é em homenagem a dilma, ou seja, assassinando a gramática) estão presas (o)? devolveram o dinheiro? Não. Estão inclusive morando na costa rica, ... Mas o dinheiro não foi repatriado e si foi, devolveram apenas o valor entre 1 e 10% do roubo. Assaltantes dos cofres públicos! Em vez do congresso tentar votar a legalidade do caixa 2, deveria era criar lei que tornasse o crime contra o patrimônio público, atividade de terrorismo, com pena de trabalhos forçados em uma mina de carvão, e devolução até o último centavo. Caso não tivesse deveria pagar através de prestação de serviços a sociedade até a quitação ou sua morte.

As. O anjo caído

Anônimo disse...

Quero saber no Plano Brasilia que nunca funcionou??? Porque não movimentam os militares para dar oportunidade a outros. Tem militar que esta em Brasilia fazem 35 anos foi para reserva e ficou como PTTC. Porque o DGP não movimentam estes militares que estão em "zona de conforto", ocupando PNR. Vamos mandar pedidos para o MPM e MPF apurar. Porque tem militar que vai de Brasilia para o Nordeste e volta para Brasilia com 4 anos. E outro 24 anos de guarnição não consegue Brasilia??????. Isto é recente Heimmm!!!Esta Publicado nos vimos. MPM e MPF é a nossa esperança. Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Também autoridades Adjuntos de Comandos fiquem atentos: LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011.

Anônimo disse...

Boa! Na minha rua tem duas que foram colocadas como filhas do avô! Deveria haver um mecanismo que eliminasse isso!

Anônimo disse...

Chegou a hora de sermos militares de verdade ! Pensar no Exército de Caxias . Trabalho 35 anos satisfeito ! Não gosto de férias ou feriado . Sou militar 24 horas. Sou operacional e gosto mesmo é de missão . Sou voluntário para todas . Até sábado e domingo gosto de trabalhar . Primeiro lugar o Exército . Minha esposa sabe o quanto eu gosto . É a melhor profissão do mundo . Sou 01 da minha turma . Acredito piamente na força . Estou disposto a trabalhar diuturnamente . Corro de calça e coturno . No meu carro só escuto músicas militares . Sou criticado no quartel que sirvo mas todos meus comandados sabem que eu trabalho muito . Não pago missão ,faço junto com o soldado .

Anônimo disse...

O gov se apoderou do Montepio (previdência privada dos militares), construiu Brasília com esse dinheiro em troca de pagar a pensão p viúva e filha. Vc sabia disso? Além do mais, renderia mais esse 1,5℅ numa prev privada.

Anônimo disse...

Ainda bem que tem gente com bom humor pra alegrar a gente nessa crise.
Kkkkkkkk

Anônimo disse...

9.000 mil reais para 3º Sgt? Só pode estar maluco. Subordinado só sabe fazer duas coisas: tomar cafezinho e reclamar. Ficam pedindo salários incompatíveis ao nível de escolaridade. Tem pessoas formadas por universidade federais que não recebem isso. Ridículo esse tipo de pedido. Parem de reclamar e vão estudar. Se não estão contentes, basta pedir para sair. Tirando o efetivo variável, todos são voluntários. Tomem coragem e enfrente a vida civil.

Léo disse...

Ou seja: mais uma vez a tropa vai pagar pelo rombo que os políticos lixos,vagabundos,pixulequentos,quadrilheiros, ladrões,bandidos, formadores de organização criminosa , Saqueadores das estatais fizeram com o patrimônio do povo brasileiro.Pilantras!!!

Militar atento disse...

Muito bom os comentários, mais não aceito tirar um direito adquirido através de acordo, pois o que foi bom para o governo na época, 2001, eles não propõe em voltar. LE, Posto acima, Tp/Sv.Entao companheiros que fazem comentários contra as filhas, respondam com toda a sinceridade, se vcs pudessem deixar algo para as filhas após anos de sv à pátria, sem ter o direito a se manter na cidade onde nasceu, pois minhas filhas estão comigo desde o nascimento e já passaram por várias cidades deste país,tendo que deixar suas amizades prá trás como o governo em que mantém seus ex-presidentes cheio de regalias pode opinar sobre a vida de uma filha de militar, reflitam e não está em discussão o mérito. Pois fazem 16 anos que entramos em recessão financeira e o que ganhamos segundo o próprio MD, é para sustentar àqueles que nos acompanham nessa jornada.

Anônimo disse...

Por haver pessoas como vc na força é que a situação está como está, peça para sair vc, que deve ser um tenente pica fumo. Vc não é dono da força, não se esqueça.

Anônimo disse...

Vc deve ser praça. Acertei? Não peço para sair pois estou contente. Espero que vc avalie sua vida e pense se realmente irá suportar o peso de levar uma vida de insatisfação e amargura, por não ter a capacidade intelectual e de espírito de enfrentar a vida como ela é. Para de reclamar e busque seu espaço por meio do seu esforço.

Anônimo disse...

DIA DOS LEÕES DE ALOJAMENTO

e viva ao leões de alojamento...

senhores, as grandes revoluções começaram assim mesmo, um grupinho aqui outro ali choramingando e ponderando, o DIREITO e dinâmico, as Leis infraconstitucionais não são CLÁUSULAS PÉTREAS.

razão pela qual o sr. MONTEDO deveria eleger por pesquisa de opinião o "DIA DO LEÃO DE ALOJAMENTO"

Atenciosamente,
Leão de Alojamento

Anônimo disse...

Continuo achando o Blog um excelente instrumento para divulgação de notícias de interesse da família militar, embora muitos venham aqui apenas para destilar veneno, se lamentar e semear intrigas; indico a pesquisa dos seguintes temas: Montepio Militar e lei das Pensões de 1960.

Anônimo disse...

Militar não pode nem EXERCER SUA CIDADANIA, pois está fazendo segurança das eleições em outra cidade e não pode votar para prefeito e vereador em sua própria cidade! Sem contar que não tem hora extra, fundo de garantia nem direito a sindicalizar-se, está quase a um trabalho escravo. E ainda querem igualar os deveres iguais a todos! Parabens, que igualem também os benefícios e os militares agradecerão!

Anônimo disse...

Vamos dar o sangue pela Pátria companheiros!!!Ich!!!Acho que bebi demais������

Anônimo disse...

Somente o papiro salva....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics