28 de abril de 2016

Governo Temer: Dilma sai, os Comandantes ficam

ARTICULANDO
MICHEL TEMER DEVE MANTER ATUAL CÚPULA MILITAR
RECADO PARA OS COMANDANTES TEM OBJETIVO DE TRANSMITIR CALMA
TEMER SE APROXIMOU DA ÁREA MILITAR, IRONICAMENTE, POR DETERMINAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF
Na tentativa de evitar inquietações e transmitir tranquilidade a uma área considerada "sensível" e "estratégica", o vice-presidente Michel Temer fez chegar aos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica o aceno de que eles permanecerão em seus cargos, caso assuma o Palácio do Planalto, se for confirmada a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, pelo Senado.
Ao transmitir este recado aos três comandantes militares, Temer quis mostrar que o setor, que é totalmente hierarquizado, estaria preservado e não enfrentaria nenhum tipo de turbulência ou influência política.
Mas este não foi o único sinal que a área militar recebeu de um possível governo Temer que agradou à caserna. O vice-presidente compartilha da tese de que o País precisa de uma área de inteligência fortalecida e sob uma outra chefia, que não a atual Secretaria de Governo, atualmente comandada por Ricardo Berzoini.
A ideia inicial é que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) volte para o guarda-chuva do atual Gabinete Militar que, a princípio, poderá passar a se chamar Gabinete de Segurança Nacional, com as atribuições semelhantes ao antigo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) desativado por Dilma. O desejo da Abin era ficar vinculado diretamente ao gabinete presidencial, mas esta possibilidade foi descartada por interlocutores de Temer.
Apesar da vinculação da Abin a um setor nos moldes do GSI, a ideia não é que a pasta tenha característica eminentemente militar, como tem sido nos governos Dilma e Lula, mas funcione como um órgão de Estado.
Todas as propostas foram bem recebidas pela área militar. Os três comandantes militares compartilham da ideia de que todos precisam ter uma área de inteligência forte e bem preparada. Num segundo passo, a intenção é que o setor seja reestruturado, justamente para ganhar mais musculatura.

Fronteiras
Temer se aproximou da área militar, ironicamente, por determinação da presidente Dilma Rousseff, que o nomeou coordenador de um Plano Estratégico de Fronteiras, criado em 2011. Por isso mesmo, o vice conhece e conviveu de perto com os três comandantes militares. Em razão das viagens pelas fronteiras do País e em várias reuniões, Temer pôde conhecer de perto as dificuldades enfrentadas pelos militares, principalmente em decorrência dos cortes orçamentários que a área vem sofrendo.
Para os militares, o sentimento é de que, apesar da turbulência política, não há sinais de que ela virá com tumulto nas ruas - em caso de uma transição. Eles acreditam que não precisarão ser acionados para garantia da lei e da ordem. Os movimentos sociais que ameaçaram incendiar o País, têm se comportado dentro da normalidade. (AE)
DIÁRIO do PODER/montedo.com

14 comentários:

Anônimo disse...

Nelson Jobim de novo?! Vai voltar a brincar de soldado, andando por aí fardado e armado!!! Isso mostra como o ministério da Defesa do Brasil é respeitado e levado a sério.

Anônimo disse...

Tem que manter sim os Cmt. Eles estão fazendo muito pela tropa. Em Set vou receber 5% de reajuste. Meus planos são muitos.

Anônimo disse...

OBRIGADO COMANDANTES !!!!!

A tropa tá perdendo ==> De 01/03/2012 a 31/03/2016 são 34,1099% ( Chore muito militar !!!! )

Nossas perdas desde o último reajuste em 1º Jan 12, por enquanto. E até 1º Set 16 ??? Parabens generais. A tropa sem diárias pra completar a remuneração ... top top n.. vezes. Tudo falido.

Cálculo da variação de um período ...

IPCA (IBGE) - A variação do índice IPCA (IBGE) para o período de 01/03/2012 a 31/03/2016 são 34,1099% - (incluso as conversões de moeda)

==> Fonte
http://www.debit.com.br/indice_acumul.php?indexador=17&imes=03&iano=2012&fmes=04&fano=2016

Léo disse...

O que tem que ganhar musculatura urgentíssima são os vencimentos dos militares das Forças Armadas.É revoltante( façam uma pesquisa interna-duvido) vermos o mesmo cofre que nos dá,a cada ano,condições de vida em família a pior possível pagar 40% de reajuste ao judiciário.O mesmo cofre que negou uma porcaria de reajuste de 5,5 para nós. Só a inflação já passou de dez.Sem auxílio -moradia,sem posto acima,sem anuência, sem poder mais confiar no que diz um combate,etc,etc e etc.Parabéns ao pessoal do Judiciário!!!

Anônimo disse...

Claro que ficam.Como ele irá realizar os serviços abandonados e falidos pelo país? SEVERINOS!!!!

Anônimo disse...

A Direira nos ama.

Anônimo disse...

Temer sabe muito bem que o convívio com os militares tem que ser no melhor ambiente possível.O abandono parcial de projetos militares onde a alta tecnologia e a segurança nacional são postas em xeque,tais como o SIVAM ou o projeto aeroespacial, terá um custo altíssimo e um prejuízo incalculável para o país. Temer é Doutor em Direito,portanto,um profundo conhecedor das leis que regem o nosso país e a meu ver,por ser um político experiente, terá apoio da maioria do congresso e do senado para aprovar as medidas propostas para recolocar o Brasil nos eixos e restabelecer o crescimento econômico e a estabilidade política, tão abalados e conturbados nesta segunda gestão de Dilma. Mas é bom saber que não será da noite pro dia!A curto prazo iremos penar com medidas impopulares!

ALMANAKUT BRASIL disse...

Será?

Só se eles revelarem ao público, os planos dos comunistas!

ALMANAKUT BRASIL disse...

General Mourão - Eles que venham por aqui não entram!

Gente Sacana

https://www.youtube.com/watch?v=b_51hK3ituU

Léo disse...

Medidas impopulares somente para a classe-média.E dentro da classe média eu classifico os militares em classe média baixa.Duvido que criem leis para acochar as grandes fortunas.Aqueles 3% da população.Na mesma medida,eu afirmo ,antecipadamente,que nem Dilma nem Temer,mesmo o cofre estando quase falido,Duvido que deixarão de dar as esmolas do bolsa miséria.Pelo contrário,a mãe do POC,isso mesmo,POC(PROGRAMA DE ORÇAMENTOS CORRUPTORES) já anunciou que antes de sair pela porta dos fundos do Palácio do Planalto irá reajustar aquelas bolsas.Quem receberá medidas impopulares?As Forças Armadas.Duvidam?Esperem e verão!Musculatura é? Kkkkk

Anônimo disse...

Dizer que vai manter esses comandantes é sinônimo de ameaçar a tropa. É o mesmo que dizer, ficarão sem comandantes também no próximo governo.

Anônimo disse...

Qual político não gostaria de manter os atuais comandantes? Pela defesa que eles fazem dos salários da tropa; pela paciência em aguentar revanchismo sem reagir; pelas declarações politicamente corretas e sem resultado algum; pelo excesso de trabalhos gratuitos pelo país;e, por manter a tropa sofrendo quieta, eu VOTO SIM!!!!
E lá vem o Sierra para piorar a situação.

Anônimo disse...

Qro só ver os antigão aqui que dizem q esquerda é comunismo, q continuam fincados na década de oitenta pra trás, depois q a direita e seus planos belos de equilíbrio nacional tomar novamenteuo poder, e desta forma como foi ...

Anônimo disse...

E que, por isto, fica muito claro q nunca encostaram um dedo num livro de história, achando q só pq está escrita no papel trata-se de um conto... Vamos ver se os senhores agora tem o discernimento de separar as coisas e observar a avalanche que vem por ae !!!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics