24 de março de 2016

Crise: ação das Forças Armadas será pautada pela estabilidade, legalidade e legitimidade, diz comandante do Exército



O Comandante responde sobre atual conjuntura política do País.
Publicado por Exército Brasileiro em Quinta, 24 de março de 2016

28 comentários:

Anônimo disse...


ATENCAO!!!

SINAL CLARO DE QUE AS INSTITUICOES NAO ESTAO FUNCIONANDO COMO DEVERIAM, O ITAMARATY (MRE) SEMPRE FOI UMA INSTITUICAO DE ESTADO E NAO DE GOVERNO, SO QUE NAO:

23/03/2016 13h26 - Atualizado em 23/03/2016 13h51
Itamaraty mandou a embaixadas alerta sobre risco de golpe no Brasil
Ministério disse que mensagens, enviadas sem autorização, não têm efeito.
Informação foi divulgada pelo jornal ‘O Globo’ nesta quarta-feira (23).

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/03/itamaraty-mandou-embaixadas-alerta-sobre-risco-de-golpe-no-brasil.html

marta goulart disse...

Sr. Comandante, com todo o respeito que lhe tenho, pergunto eu...onde estah a legalidade deste governo !

Anônimo disse...

Não vai tem golpe, vai te cadeia para políticos corruptos.(jamais obedecerei ordem desse governo corrupto)

Rommel disse...

nao, vai ser pela instabilidade, ilegalidade e ilegitimidade, por que nao te calas Vidas Boas.

Anônimo disse...

Mas continuo a perguntar:

Nação ou Partido.

Anônimo disse...

A presidente é a personificação da instituição PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, e pelas declarações dadas pela pessoa que está no cargo, vemos claramente que as instituições NÃO ESTÃO FUNCIONANDO como deveriam, como vemos pelos fatos que a imprensa divulga todos os dias, com interferência direta da pessoa que ocupa o poder executivo tentando interferir nos demais poderes da república.

ALMANAKUT BRASIL disse...

Ele é uma pessoa inteligente, capaz e quer um solução pacífica!

Só que, mesmo quem não é militar que paciência tem limite!

Além do mais, estamos lidando com a maior organização criminosa da história do Brasil e uma das maiores do mundo!

Quando a panela explode, não tem Constituição, papel, leis e argumentos!

Aí, é só caçar os traidores da pátria!

Anônimo disse...

Covardia dos altos comandos e medo de perder as mordomias de politico que os oficiais generais possuem...
Falta patriotismo de nossos chefes militares em fazer cumprir a Garantia da Lei e da Ordem.
Estas são a real conjuntura nacional politica.

joao carlos stangarlin disse...

senhores, baseado no que ele falou podem esquecer uma intervenção militar, acabou de demonstrar que é milico-melancia, verde por fora e vermelho por dentro...

Anônimo disse...

Eu só quero que venha o meio expediente!

Anônimo disse...

O Brasil é referencia de algo bom? kkkkkkkk Lá fora nos ver como país corrupto, da sacanagem, futebol e cachaça e nossas forças desmanteladas nem vou falar Rsrsrsrs

Anônimo disse...

Veremos se vão cometer os mesmos erros do passado. Deixar pontas soltas e amargar o resto da vida.

Eduardo disse...

O povo colocou este governo corrupto no poder então o povo que se vire para tira-lo. Se nos meter- mos nisso muito em breve seremos taxados de golpistas e presos pelos mesmos que hoje pedem nossa intervenção.

Anônimo disse...

-Pautado pela estabilidade? O país está estável com essas delações e investigações? Os militares estão tão satisfeitos com sua condição atual?
-Pautado na legalidade? As Forças Armadas não são ilegais e devem defender a Nação contra os ilegais do MST, MSTST,MSS, PT, PSD, PSDB< PMDB, PCdoB, MDSE*#@, seja que sigla tenham, que estão a solta descaradamente causando danos ao país associados ao governo;
-Pautado na Legitimidade? As Forças Armadas nunca deixaram de ser legítimas, conforme a CF, só que estão paralisadas(??) aguardando ordens de quem provoca a baderna geral. Será que ao serem acionados para combater o povo ordeiro, como dizem que a presidência chegou a cogitar,é estar dentro da legitimidade? Agora com Lula no comando, homem sombra, e com vontade de vingança contra as instituições do judiciário, certamente vai utilizar as Forças disponíveis.

Baronesa Flor Vintage love in Rio disse...

Não vai ter Golpe vai ter um Contra hahaha

Anônimo disse...

Democracia. A maioria escolhe e decide quem vai governar, quem perdeu aceita o resultado e respeita a escolha da maioria. O bem coletivo sobrepõe o interesse individual. Quem não concorda com isso se mude para Cuba, Coréia do Norte ou China. Simples assim.
STen Honório.

Anônimo disse...

Não é só a crise institucional que atingem os militares, o regime especial de aposentadoria dos militares também estão em crise, os altos escalões das FA não enxergam que há um nicho de mercado dentro de todas as Organizações Militares da força para reforma de militares, os militares não estabilizados estão se valendo das brechas da legislação para se reformarem por motivo de saúde. Alegam incapacidade temporária para exercer atividades laborais civis e entram com ação judicial para reintegrarem a força e mesmo o militar em prestação de serviço militar inicial sabe que se essa situação se mantiver por dois anos, ele é incapacitado definitivamente e consequentemente é reformado. Configurando essa situação, esse militar reformado consegue um salário para o resto da vida (mamando nas tetas do governo) e continua trabalhando lá fora.
O pensamento do governo é de que os Militares, que provém recursos para suas próprias aposentadorias e pensões, são onerosos para a nação. Ninguém sabe para onde vai esse recolhimento do regime especial de aposentadoria, juntada o crescimento exponencial de reformas de militares por motivo de saúde, há propostas iminentes em discussão no governo de ampliar de 30 anos para 35 anos o tempo mínimo de contribuição para aposentadoria, igualando o militar ao servidor civil nesse aspecto , haja em vista, o inchaço do sistema, por isso a dificuldade de aumento salarial.
Se nada for feito para mudar essa realidade, a viabilidade financeira do sistema de aposentadoria dos militares se tornará inviável, daí o caminho será integrar o regime único.

Anônimo disse...

Uma coisa é certa,o PT está em processo avançado de auto-destruição! Dilma disse que enverga mas não quebra.Irá pagar caro pela sua arrogância e sairá pelas portas dos fundos, fazendo-se de vítima.Amigos de farda,esta mulher está se destruindo com suas atitudes infelizes de manutenção do poder a qualquer preço. Os"ratos"já estão abandonando o barco! Em breve o imbróglio terá uma solução favorável aos interesses dos cidadãos de bem, dos que amam,trabalham e realmente constroem este país! Nós militares somos a garantia da estabilidade e do cumprimento da constituição brasileira e assim devemos permanecer! Iremos cumprir nossa missão defendendo os interesses da nação e jamais de um partido político ou de um ditador(a).

MESSIAS DIAS disse...

Militares devem definitivamente entender que a Democracia vem se solidificando, sendo assim as Instituições também.
As Forças Armadas devem cumprir seu papel Constitucional.
Não existe respaldo Constitucional, nem apoio para um ato de insanidade, que alguns loucos chamam de "intervenção constitucional", sob a batuta de uma outra loucura, de quem não deveria apresentar, denominada "luta patriótica".
Ditadura hoje significaria o isolamento do país no plano internacional e, por consequência, a destruição da economia.

Forças Armadas, cumpre o seu papel constitucional, o que, até então, o Cmt Exército está corretíssimo.

Agora espero que ele use esse seu expertise, e, se aproveite que o governo está fragilizado, como também o congresso, para dispor no MD e buscar a implantação do Auxílio Moradia urgente. Além de outros pontos da cozinha interna, como FuSEx, SCMB, Promoções e acabar aos abusos dentro dos quartéis, que depende de políticas internas de cada Força. A exemplo, acabar definitivamente com a cobrança de mensalidades escolares nos Colégios Militares que são públicos e mantidos pelo estado. Não permanecer no que está errado, esperando o STF, pois o certo ou correto não precisa de autorização para fazê-lo, quando existe assertiva expressa na Carta Maior da República.

Anônimo disse...

Eduardo (25 de março de 2016 09:38) tem toda a razão. O povo colocou essa presidente, agora que engula a anta. Ele disse, e com muita propriedade, que as mesmas pessoas que querem o golpe serão também as mesmas que vão acusar os militares de bandidos, futuramente. Este povo é"vira casaca". Está muitíssimo correto o Eduardo no seu comentário.

Anônimo disse...

Se o senhor Villas Boas fosse político, certamente seria do PMDB. Fica confortavelnente ao lado de quem detém o poder. Precisamos de muito mais do que isso. O Exército não é base aliada de governo, servimos ao Brasil.

Anônimo disse...

http://www.eldeber.com.bo/mundo/ejercito-brasil-apoya-dilma-voces.html


Será que os bolivianos estão tremendo de medo ou essa noticia é verdade????

Anônimo disse...

Olha só! para aqueles que reclamam dos chefes militares! vocês não estão satisfeitos, PROCUREM OUTRO EMPREGO!!!, não servem para serem militares, para estar aqui é preciso ser LEAL!!!, beleza!!!

Anônimo disse...

Ou seja, as Forças Armadas só farão uma intervenção quando a lona do circo já estiver em chamas!

PQDT disse...

Analisando o principio da primazia da realidade, eu não concordo nem discordo, muito pelo contrario.

Anônimo disse...

Tinha que ter a BATIDA frase: PROCURA OUTRO EMPREGO!
Não tem como ser mais criativo?!
Além de tudo, é um bitolado!

Anônimo disse...

E onde está o poder? Poder de quê?

SGT EsSA / INF disse...

concordo e dou apoio ao nosso Comandante. Estamos em um Estado Democrático


http://acritica.uol.com.br/noticias/Comandante-Exercito-Brasileiro-lamentavel-intervencao_0_1542445759.html

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics