31 de janeiro de 2016

O Exército nas ruas em Porto Alegre





13 comentários:

Edi Mor Gmail disse...

Nossa, quanta complexidade é retirar galhos das ruas...Que piada...qualquer órgão de urbanização da prefeitura faria o serviço. Mas em véspera de feriado quem poderá nos defender??? Chama os Severinos...Eles trabalham em qualquer situação, não reclamam de nada...dê qualquer missão e eles farão..

Leve a palavra Qualquer à serio...

É qualquer missão mesmo...

Limpar boeiros, Montar eventos, Tapar buracos, Apagar incêndios, fazer caridade, e outras infinidades de "Missões" disponíveis no imaginário de nossos comandantes políticos e militares...

Anônimo disse...

Só falta entrar lá em Brasília, já que estão em todo lugar pelo Brasil.

Anônimo disse...

Tá fácil pra ninguém...

Anônimo disse...


Fazendo jus aos 5,5% recebidos de reajuste, que os colocam cada vez mais distantes da segunda categoria mais mal paga do funcionalismo público federal, ficando de forma DISTANTE e ISOLADA como a categoria MAIS MAL PAGA DO FUNCIONALISMO PÚBLICO FEDERAL.

Anônimo disse...

Perto do carnaval, amigos! Os miltares estão ai fazendo o serviço de alguém! Com cerreza vai ter muita gente curtindo a folia enquanto eles dão duro!

Anônimo disse...

E ainda tem imbecil que fala que os militares não fazem nada. Garanto que quem diz isso é um dos verdadeiros parasitas da nação. Os "intelectuais" acham que os militares só vão trabalhar quando o Brasil provocar alguma guerra com algum outro país. Povo mal agradecido! É por isto que militar não tem que dar golpe nenhum! Porque as pessoas mudam de opinião muito fácil aqui no Brasil.

Anônimo disse...

É impressionante, sempre nós, os VO na linha de frente de tudo! Mão de obra barata! Mas também, uma propaganda política barata! Viramos apenas marionetes de Cmt Políticos! Nunca vejo a marinha, muito menos a aeronáutica em nada! E até onde sei o ambiente nestas forças é menos político do que no EB! Mas como disseram, vamos fazer jus a mereca de reajuste! Ja estamos combatendo o mosquito, atuando em desastres, vamos tirar imensos quartos de hora nas olimpíadas e assim segue a propaganda política! Fé nas missões! Sgt 09

Anônimo disse...

Cadê a Defesa Civil? Os Bombeiros? A PM? A Guarda Civil? A Guarda Municipal? A Secretaria de Obras (ou infraestrutura) da Prefeitura? Olha, tá cruel essa subserviência... Certa vez, lendo uma notícia de que no Paraguai, durante greve de garis, o governo ordenou que o recolhimento do lixo fosse realizado pelas forças armadas, comentei com um colega de farda que soltou a seguinte pérola: "não vejo nada de mais, já que a profissão de gari é tão digna quanto a de miliar". Certamente ele não entende o cerne da questão. E assim ocorre com um enorme contingente nas FFAA brasileiras...

Amauri disse...

Missão é Missão!! Fazemos isso (faxina) diariamente nas nossas OM, ou seja, já somos SEVERINOS à décadas!!!! A diferença é q, recentemente, os outros Órgãos da Administração Pública das três esferas (Federal, Estadual e Municipal) descobriram nossa "operacionalidade" e estão nos utilizando com maior frequência. Sempre assim!!!!!!!

Anônimo disse...

Aí é mão de obra escrava. Não se paga nada.

Anônimo disse...

É uma boa hora para colocar os Vampiros PTTC para trabalhar Of, St, Sgt e Cb. Fazer jús ao que ganham, deixar os gabinetes e colocar a mão na massa.

Anônimo disse...

É a politica impregnada nas Forças Armadas. Nossos comandantes tem como preocupação maior, agradar políticos pq eles sabem que de lá sairá sua promoção a general e na pior das hipóteses uma vaga como secretário de segurança ou mesmo chefe da defesa civil, quando se aposentarem. Para que isso aconteça alguém tem que pagar essa conta, ai chamem os severinos, estes atualmente matam mosquitos, limpam ruas, cortam grama, fazem manutenção em escolas, vacinam cachorros etc etc etc. Só está faltando mesmo é colocar o EB para limpar a Baia de Guanabara para as Olimpíadas. Definindo, severinos são para as missões impossíveis, o que falta é reconhecimento da Força e da Sociedade.

Anônimo disse...

Excelente o comentário de Amauri, 31 de janeiro de 2016 22:48 e fazendo uma juntada, rsrs, do comentário do anônimo, de 31 de janeiro de 2016 22:45, chegamos ao tão procurado e almejado "E", que os militares tanto procuram na caserna. As instituições e órgão de controle não funcionam neste país e que faz o serviço sujo, que deveria ser feito por quem recebe por isso, diga-se de passagem, muito bem e não o faz, virou prática no Brasil usar os militares para tudo, pois não há gasto com diárias, deslocamentos, alimentação, não há horário, data, nem feriado, afinal somos iguais a animais, é só dar água e ração operacional e está tudo certo, pobres severinos. Vida que segue.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics