31 de julho de 2015

Marinheiros japoneses dão exemplo de cidadania e limpam ruas do Recife

Ação surpreendeu quem passou pelo entorno da Estação Central do metrô.
Grupo de militares estão no navio Shimayuki, que está atracado na capital.
Marinheiro japonês limpa rua no Recife (Imagem: G1)
Um grupo de marinheiros japoneses recolheu lixo de ruas no entorno da Estação Central do metrô do Recife na tarde desta quinta (30). A atitude dos militares, que estão no Recife devido à visita do navio japonês Shimayuki à capital, surpreendeu a população. A embarcação está atracada no Porto do Recife desde a última terça (28). 
"Os japoneses vêm nos dar um exemplo, que isso sirva de exemplo não só para mim, que vou levar para a sala de aula, porque também sou professora, assim como para todos que verão. Eu acredito que vão pensar duas vezes antes de jogar qualquer papel no chão", comentou a docente Clélia Barros.
saiba mais
"Desde criança, na escola, aprendemos que devemos fazer a limpeza. Então as crianças, na sala de aula, elas limpam as cadeiras e, conforme vai avançando a idade, aprendem a limpar outros lugares, como corredor, banheiro. Nós sempre fomos educados a limpar", disse a consul do Japão, Hitomi Sekiguchi.
A visita do navio ao Recife faz parte da comemoração dos 120 anos do acordo de amizade, comércio e navegação entre Brasil e Japão. Durante a tarde, a embarcação recebeu 80 meninos e meninas. As crianças atendidas por creches públicas da capital receberam roupas e material escolar doados por japoneses.

Copa
No ano passado, após o jogo entre Japão e Costa do Marfim, na Arena Pernambuco, no Grande Recife, a torcida japonesa também chamou a atenção de quem estava no estádio. Alguns ajudaram a coletar e ensacar o lixo produzido por eles durante a festa nas arquibancadas. A cena repercutiu em todo o país
G1/montedo.com

13 comentários:

Anônimo disse...

Severinos Made in Japan....

Anônimo disse...

Moro em Recife e sei o quanto a cidade é suja e fedida, isso causado em muito pela falta de educação de seus moradores, que confundem as ruas com latas de lixo, belo exemplo de educação e cidadania dos marinheiros japoneses.

Anônimo disse...

POVO EDUCADO.

Bons exemplos no Brasil, ninguem segue.

Na Copa do Mundo, os torcedores japoneses fizeram o mesmo nos estádios de futebol.

Veja ai na sua OM, quantos seguem bons sexemplos.

Luiz Rodrigues disse...

Não são Severinos vindos do Japão, são pessoas conscientes. Que serva de lição para os brasileiros. Aqui se colocarmos uma criança para limpar é um absurdo e é pela falta de educação que vivemos nessa sujeira. O Governo é culpado de muita coisa, mas temos que mudar esse pensamentos em que tudo é obrigação do Governo ou dos outro, mas nossa não.

Anônimo disse...

Apesar do bom exemplo, não deixa a Dilma ver isso.Ela vai querer escalar os militares para catarem lixo. Não é só Recife que a população vive no meio do lixo por falta da "Pátria Educadora", de verdade, e má vontade dos administradores em fazer o trabalho para o qual são pagos regiamente. Vejam Fortaleza, Belém, Manaus, etc. No caso dos rios e igarapés as pessoas jogam o esgoto e lixo neles e depois ficam chorando pela falta de água potável. E, se os políticos daqui fizessem iguais aos japoneses? Teríamos uma fila enorme diante das câmeras, confessando e chorando de arrependimento dos furtos de dinheiro público. Educação, que começa em casa, é tudo o que precisamos para viver bem.

Anônimo disse...

Coitados. Eles não sabem do "slogan" brasileiro: Brasil, um país de porcos.

Anônimo disse...

Por isso, que eles são Eles e nós, apenas, nós.

Anônimo disse...

Estes marinheiros japoneses devem ter sido punidos durante a viagem ou são os anti-peixes, pra serem escalados pra uma boca podre dessas.
Conhecendo o meio militar como eu conheço...
O caldeirão existe, não importa se nas FFAA dos EUA, Alemanha,Brasil ou Japão.

Anônimo disse...

Kkkkkk... ele slogan era do mandato passado....
Agora é: Brasil, pátria "educadora".....
Só atualizando viu.....

Anônimo disse...

Eles aprendem desde pequenos a viverem em comunidade, com limpeza, trabalhando pensando no todo e não no bolso, como aqui. Fico envergonhado ter que ver estrangeiros fazendo isso em nossas cidades. É um tapa na cara do governo. E, preparem-se para uma vergonha maior: atletas obrigados a nadarem em águas de esgoto nas Olimpíadas. Vão chegar saudáveis e voltarão com micoses olímpicas em vez de medalhas. E o que dizer das gangues com armas em punho circulando pelas ruas das favelas? Segurança total, sim, pois teremos mais agentes externos do que o contingente preparado por aqui.

Anônimo disse...

Avisa aos japoneses que por aqui existe um mosquitinho "maravilhoso" que consegue transmitir duas doenças ao mesmo tempo, dengue e chikungunya. Ainda tem malária, febre amarela e uma tal de ZICA, isso sem contar com água contaminada por urina de ratos, de várias qualidades. Mas, a pior praga que ainda não tem cura chama-se político corrupto.

Anônimo disse...

Gente, por incrível que pareça esse mesmo local que os japas limparam, no outro dia estava a mesma porcalhada. "Brasil, um país de tolos"

Anônimo disse...

Não durou nem 12 horas. O local tava podre no dia seguinte. ô povo sujo é o brasileiro.Educação 0,00, corrupção 10,0.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics