28 de julho de 2015

Almirante é preso na Operação Lava Jato

Executivo preso na Lava Jato é vice-almirante da Marinha
Othon da Silva comandou programa secreto de enriquecimento de urânio.
Diretor-presidente licenciado da Eletronuclear foi alvo da Lava Jato.
Othon Luiz participou, em 2011, de audiência no Senado para discutir o sistema de energia nuclear do país  (Foto: Antonio Cruz/ABr)
Othon Luiz participou, em 2011, de audiência no Senado para discutir o sistema de energia nuclear do país (Foto: Antonio Cruz/ABr)
Lucas Salomão
Do G1, em Brasília
Preso na manhã desta terça-feira (28) durante a 16ª fase da Operação Lava Jato, o diretor-presidente licenciado da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, é vice-almirante da Marinha, posto mais alto para engenheiros navais.
Engenheiro naval, mecânico e nuclear, ele é o fundador e responsável pelo Programa de Desenvolvimento do Ciclo do Combustível Nuclear e da Propulsão Nuclear para submarinos da Marinha.
O programa levou ao desenvolvimento de centrífugas de enriquecimento de urânio que, atualmente, produzem parte do combustível das usinas nucleares de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.
Os detalhes do programa comandado por Othon foram mantidos sob sigilo de Estado durante a ditadura militar. Em 1994, ao completar 55 anos, o oficial se aposentou da Marinha e abriu uma empresa de consultoria para projetos na área de energia.
Em 2005, durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-almirante assumiu a presidência da Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras.
Leia também
Almirante diz tudo: "A grande parte [dos comandantes] se preocupa mais com a própria carreira do que com a sua missão real!"
Lava jato: empreiteiro cita 'promessa' de propina para almirante.
Foi sob a gestão de Othon da Silva que as obras da usina de Angra 3 foram retomadas, após duas décadas do início da construção. Ele foi afastado do cargo em abril deste ano, quando surgiram denúncias de pagamento de propina a dirigentes da empresa.
Durante as investigações da Lava Jato, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal(MPF) encontraram indícios de pagamentos de propina para dirigente da Eletronuclear, feitos por um consórcio de empreiteiras.
A Polícia Federal e o procurador federal Athayde Ribeiro Costa afirmaram que o dirigente recebeu R$ 4,5 milhões em propina.
G1/montedo.com

22 comentários:

Anônimo disse...

Cadeia para LADRÃO é pouco.

Anônimo disse...

Ele não estava preocupado mais nem com a carreira, porque já estava na reserva. Será que ele se preocuparia com o salário de miséria da tropa?

Anônimo disse...

E nem precisava disso.......
Aposentou se como vice almirante em 1994, antes dá MP do mal, ou seja, todos os direitos e ainda, como funcionário dá Eletrobrás deveria ganhar um super salário.
Precisava disso?

Anônimo disse...

Cuidado!!! Já já ele acha um Sgt pra por a culpa. ....

Anônimo disse...

Que seja condenado e perca a patente

PQDT disse...

Esse deve ter punido mtos praças, que belo exemplo, moral de cueca !!!

Anônimo disse...

Quero ver o Conselho de Justificação declará-lo indigno. Ou não rola para oficiais generais?

Anônimo disse...

Até parece que ficará preso com os outros. O EB já está arrumando um alojamento de of supe para ele. Coloca-se uma faixa dizendo detenção. Ele se alojará lá. Foro privilegiado de general.

Anônimo disse...

Até TU Brutus???

Anônimo disse...

Vão culpar o Cmt Gda....kkkkkk

Anônimo disse...

O inferno das denúncias e julgamentos midiáticos prosseguirá por muito tempo.

Anônimo disse...

Cana dura, ampla, geral e irrestrita.

Anônimo disse...

Pessoal calma, já estamos condenando por antecipação, o cara não foi julgado. Agora que é um alvo estratégico isso é. O Almirante tem doutorado no MIT dos EUA e era cabeça no projeto Aramar importantíssimo para o desenvolvimento do submarino a propulsão nuclear brasileiro, com certeza tem muita gente boa interessada que isso não vá pra frente, sei não.

Helio Genilson Braz disse...

Enquanto Militar, deve ser preso na caserna, e depois de dois anos, ai sim, se condenado, será expulso e passará a réu comum, é isso que diz a lesgilação!

Anônimo disse...

O nosso inútil STJM, feudo de oficiais, com certeza vai dar um tapinha nas costas de camaradagem e vai manda-lo pra casa descansar. Simultaneamente o mesmo STJM estará procurando um graduado em quem por a culpa.

Osvaldo Aires Bade disse...

O Grande líder Deputado Jair Bolsonaro é aclamado em formatura da Polícia Civil no Maracanazinho (RJ)
http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2015/07/o-grande-lider-deputado-jair-bolsonaro.html

Anônimo disse...

E eu tava com vergonha porque roubei uma uva no mercado prá fazer degustação, mesmo sendo militar....

Anônimo disse...

E o da corrupção tb...

Anônimo disse...

A disso tudo é do Comandante da Guarda e do Oficial de Dia, se ele for QAO, é claro !!!!

Anônimo disse...

Anônimo 28 jul 23:23, então tu considera que é uma falsa acusação? Este é o mantra petralha,camarada. Tu estás do lado delles?

Anônimo disse...

Não quero ser o cmt do batalhão onde colocar o 3 Estrelas. Vai ser criada 2 escalas só para vigiar o lobo. E tome praças escalados!!

Anônimo disse...

"(...) Grande líder Deputado Jair Bolsonaro"? Líder? Líder de quem? Líder de quê?

O Brasil está afundando...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics