27 de maio de 2015

Exército entrega caminhões usados ao Paraguai

Exército Brasileiro entrega veículos ao Paraguai, na Itaipu

Caminhões já estão posicionados no Mirante do Vertedouro, onde ocorrerá a cerimônia.

O Exército Brasileiro entregará nesta quarta-feira (27) 20 caminhões Mercedes Bens modelo 1418 revitalizados à Cooperação Militar Brasileira no Paraguai. A entrega será às 11 horas da manhã, no Mirante do Vertedouro.
A cessão dos veículos faz parte de um Acordo de Cooperação em Matéria de Defesa entre o Governo Brasileiro e o Governo Paraguaio. O acordo visa, entre outras questões, promover a cooperação bilateral na área de defesa entre os dois países.
Estarão presentes o Comandante do Exército Brasileiro, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, e o Comandante do Exército Paraguaio, General de Divisão Oscar Luiz Gonzalez Cañete, além dos diretores-gerais da Itaipu, Jorge Samek (Brasil) e James Spalding (Paraguai), e demais membros da diretoria da binacional.
A cerimônia prevê plantio no Bosque dos Visitantes pelos comandantes dos exércitos dos dois países e uma coletiva de imprensa das duas autoridades, antes do repasse dos veículos. Após a solenidade, os carros seguirão em comboio para a margem direita por dentro da usina.
JIe ITAIPU BINACIONAL/montedo.com

5 comentários:

Anônimo disse...

Doando sucatas ao Paraguay, enquanto outros países nos vendem sucatas...
Uma piada saber disso. Pelo menos esta limpando das sucatas empilhadas nas OMs e dando a quem mais precisa. Porem temos que parar de comprar sucatas e se for o caso receber doações tambem...

Anônimo disse...

À apenas 15 anos atrás só existiam nas OM de tropa do CMS caminhões (excelentes, diga-se de passagem) REO da guerra do Vietnan, e Ford dos anos 70. A maioria já transformados para diesel, mas alguns a gasolina ainda. Há 10 anos atrás, do total de 14 caminhões existentes na minha OM, 2 eram os novos 5 Ton da MB, que eram usados para tudo, e apesar de não serem muito "guerreiros" eram um carro de passeio em matéria de conforto, comparados aos REO.
Agora vejo essa matéria, que nos diz que essas Vtr estão sendo doadas para o Paraguai, porque aqui já não tem mais utilidade, já estão "velhas". Quanta mudança em tão poucos anos. Eu, que não peguei a época dos cavalos, mas ainda peguei os M4 Sherman e M3 Half-Track andando, os Jepp Kaiser antigos, nem Willys ou Ford eram, as pickup Willys que se usava para tudo, agora vejo somente Vtr novas, Marruá, Blindados Leopard, UNIMOG, carretas novas, e pasmem, as OM Cav Mec e Bld,receberam caminhões para transporte de cavalos tipo motor-home, alto padrão, até com ar condicionado. A gurizada nova, que vive reclamando, muitas vezes com razão, seria bom que soubessem dessas coisas, como era pior, tudo, equipamentos, instalações, recursos materiais, Vtr, armamentos e munição, e o principal, o salário era pior, bem pior. Só que nessa época, pelo menos aqui no Sul, ninguém nunca soube como fazer concurso para PF, PRF, RFB etc, aliás, todos os Sgt que eu conheci queriam fazer faculadde apenas com 1 objetivo: passar no QCO. Mas os tempos, os meios de comunicação e as pessoas mudaram.
STen Honório.

Anônimo disse...

Comandantes pra lá, comandantes pra cá. Viajar, viajar e viajar.Esses caminhões, em uma necessidade de apoio,como as enchentes por exemplo, não serviriam para o transporte das pessoas? Manda equipamentos bons para os paraguaios e eles nos mandam os contrabandos.Não sou contra cooperação, mas o que eles nos "cooperaram"?

Anônimo disse...

Afinal a notícia é sobre evasão justa dos milicos ou o repasse de VTR 5 Ton Mercedes Benz 1418 que hj em razão da chegada das 5 Ton Atego e VW servem somente para apoiar a tropa nas faxinas. Andei muito de Reo, inclusive presenciei várias situações de falta de freios, rodas que soltavam entradas de ar infinitas etc. TB andei de Jeep Willys, comercial Chevrolet, pata choca, engesa etc e tudo com apenas 15 anos de SV. Não faz muito tempo que elas partiram. Salário ruim? Recebia, recebo e se ficar receberei. Temos que parar de procurar defeitos em nós. Os problemas estão bem abaixo do nosso nariz basta querer enxergá-los. Deixa a rapaziada estudar. A familia de cada um agradecerá muito no futuro. Nós amamos as FA, mas elas não nos ama.

Anônimo disse...

É verdade, já ouvia dizer que forças Armadas foram feitas para oficiais. Então, que os tenentes virem soldados, os capitães sargentos e assim por diante. Todos bem arrumadinhos, fazendo de conta que ganham bem, na obrigação de ter carro bom, obrigação de morar bem, obrigação de ser gênio em qualquer situação, todos mauricinhos nas recepções regadas a bebidas caras e... as contas se acumulando em casa. Êita Brasil da GOVERNANÇA!.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics