30 de março de 2015

Garimpo ilegal: Exército destrói pistas clandestinas em Roraima.

'Operação Curare V' destrói pistas clandestinas em garimpo de Roraima
Ao todo, duas pistas foram inutilizadas; pistas auxiliavam garimpo ilegal.
Uma pista ficava às margens do rio Uraricoera e outra em área Yanomami.
Pista do Espadim, localizada às margens do Rio Uraricoera, no Noroeste de Roraima foi explodida pela Exército (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação)
Pista do Espadim, localizada às margens do Rio Uraricoera, no Noroeste de Roraima foi explodida pelo Exército
(Foto: Exército Brasileiro/Divulgação)
Do G1 RR
Como parte da ações desenvolvidas na Operação 'Curare V', o Exército Brasileiro explodiu duas pistas clandestinas na região Noroeste de Roraima que davam suporte ao garimpo ilegal, segundo informações do serviço de inteligência da instituição. A operação, que tem como finalidade combater crimes transfronteiriços no estado, está sob o comando da 1ª Brigada de Infantaria de Selva.
Uma das pistas destruídas, a Pista do Espadim, ficava localizada às margens do rio Uraricoera, no extremo Noroeste de Roraima. A outra, que foi inutilizada nesse sábado (28), ficava no meio da selva, em área indigena Yanomami, também na mesma região do estado. De acordo com o Exército, foram utilizados 45 quilos de explosivos na operação.
A 'Curare V', que ocorre em todo o arco fronteiriço e áreas indígenas de Roraima, tem como foco combater o narcotráfico, descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, contrabando de veículos, imigração ilegal e o garimpo ilegal.
Dados da Operação
Nos 3 dias primeiros dias de operação, foram apreendidos, conforme informou o Exército, 245 litros de combustível que são avaliados em R$ 40 mil; 370 m³ de madeira de extração ilegal, que representam mais de R$ 110 mil; cerca de R$ 26 mil em material oriundo de garimpo e 3 veículos sem documentação.
G1/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics