31 de março de 2015

Forças Armadas são a instituição mais confiável, diz pesquisa.

Exército, Igreja e MP são instituições que o brasileiro mais confia, segundo a Fundação Getúlio Vargas. 

A instituição em que o brasileiro mais confia continua sendo as Forças Armadas, que passou de 66% para 68% entre 2013 e 2014, seguida pela Igreja Católica (56% para 59%), Ministério Público (45% para 50%); Grandes Empresas (37% para 43%); Imprensa Escrita (41% para 43%); Polícia (31% para 36%), Emissoras de TV (30% para 33%), Governo Federal (27% para 29%) e Congresso Nacional (15% para 19%).
Com informações do site Cidade Verde

17 comentários:

Anônimo disse...

Nossa!
A coisa tá feia mesmo hein!?
E eu que confio na instituição da familia em 1º lugar......

Anônimo disse...

Não é denegrir a imagem das FFAA. Mas garanto que muita gente acredita nisso por desconhecer a realidade das OMs. Se tivessem o real conhecimento do que se passa dentro da caserna; a realidade seria outra.

Anônimo disse...

A mais confiável e a mais mal paga !

Anônimo disse...

Com toda a certeza absoluta, essa posição das Forças Armadas se deve apenas, e tão somente, ao desconhecimento por parte da população do que acontece do Portão das Armas para dentro!!!

Anônimo disse...

Imaginem que desconhecimento total do pobre povo brasileiro. Confiar mais nas Forças Armadas do que no Ministério Público!

Sem comentários.

Anônimo disse...

tudo é realizado na obscuridade no Exército, prova disso são os direitos trabalhistas suprimidos dos militares.

Anônimo disse...

E o salário ó...

Anônimo disse...

É o salário ó 😱

Anônimo disse...

Vamos parar com esse complexo de vira-latas. As instituições mais porretas deste país são as Forças Armadas MESMO.

Se alguns dizem que a sociedade "não conhece" suas Forças Armadas, o que se dirá do Ministério Público, do qual se conhece menos ainda.

As FA têm suas idiossincrasias, seus problemas, seus defeitos "do Portão das Armas para dentro", como dizem alguns? Claro que sim.

Compõem a carreira de estado com pior remuneração na República? Sim, não há dúvida.

São as instituições mais desvalorizadas pelos governos, em mais de três décadas? Certamente que sim.

Mas ainda assim, aos trancos e barrancos, aos tapas, do jeito que dá, cumprimos as missões que nos são jogadas sobre os ombros, da melhor forma que conseguimos.

É óbvio que "credibilidade" não paga contas,mas pelo menos com isso a sociedade nos contempla, o que não é pouco.

De uma forma ou de outra... Parabéns a todos nós.

Anônimo disse...

Esta situação se dá pelo fato das FFAA, no período pós Governos militares, se preocupar, única e exclusivamente em tirar uma imagem negativa q ficou. Numa busca incessante de "dizer para a sociedade" que não é o "monstro" q a imprensa e os atuais governantes tanto pregam. Contudo para isso o custo foi muito alto. As FFAA se esqueceu totalmente do seu público interno. e como a sociedade desconhece a realidade dentro dos quartéis. .. acham q existe uma credibilidade nas ações das FFAA. Mas o q existe mesmo é apenas máscaras e pura propaganda pra platéia.
a situação é tão caótica q se os militares pudessem se expressar, com certeza esta pesquisa teria outros números.

Militar realista

Anônimo disse...

Só quem esta lá dentro para saber o que acontece e saber que não bem assim as coisas...
Falsa ilusão de quem esta fora achando que é diferente.

Gislene Marques disse...

Fiz essa pergunta na faculdade a 12 pessoas nenhuma falou exército. Essa pesquisa era e ainda é mentirosa. Na favela da maré o exército é cuspido, jogam garrafas de refrigerante nos militares. Nada podemos fazer. Essa instituição é a mais querida?

Anônimo disse...

Internamente só faz diminuir. Promoções muito demoradas.

Anônimo disse...

Passei por excelentes Unidades. A confiança da população é justificada.Acho que o problema é outro. Um tal de Leão de alojamento.

Anônimo disse...

Quando comento com colegas que sou militar , eles já sabem que ganho pouco.Todo mundo sabe que militar ganha muito mal.

Anônimo disse...

Se esta pesquisa fosse feito entre o público interno o resultado seria muito diferente. Os militares perderam a confiança na instituição que enfiou a MP 2215 goela abaixo, mudando as regras do jogo com a bola rolando, e deixa a MP do mal ficar 15 anos sem ser substituída ou emendada.

Anônimo disse...

Se a sociedade soubesse dos abusos que alguns militares cometem; tipo "patrimonialismo", que e usar o bem público como se fosse seu, "peculato de desvio", que e usar recurso autorizado e destinado por lei para um fim em outras finalidades embora que seja para o bem da administração, "prevaricação" consiste em retardar, deixar de praticar ou praticar indevidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal, dentre outros. Admiro e respeito a instituição mais que tem gente indigna a pertencer a essa instituição isso tem!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics