26 de fevereiro de 2015

Exército monta ponte provisória em bairro de Manaus.

Exército montou ponte provisória no lugar da ponte do Tarumã, Zona Oeste
Cerca de 50 homens do 6º Batalhão de Engenharia e Construção (6º BEC) do Exército trabalharam na montagem da estrutura
A obra provisória consiste na montagem de vigas metálicas, que ao serem encaixadas, darão suporte ao assoalho de madeira (Evandro Seixas)
OSWALDO NETO
Manaus (AM) - Soldados do Exército iniciaram nesta terça-feira (24) a construção de uma estrutura provisória no lugar da Ponte do Tarumã, na Zona Oeste, que desabou no dia 18 deste mês e interrompeu o fluxo de veículos na área. A ponte tem 14 metros e o trânsito deve ser liberado no local nesta quinta-feira (26).
Cerca de 50 homens do 6º Batalhão de Engenharia e Construção (6º BEC) do Exército trabalharam na montagem da estrutura,  na manhã desta quarta-feira (25). A obra provisória consiste na montagem de vigas metálicas, que ao serem encaixadas, darão suporte ao assoalho de madeira. Apesar disso, só será permida na construção a passagem de veículos de passeio.
A opção foi tomada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). A titular da pasta, Waldívia Alencar, adiantou sobre a possibilidade da ponte temporária semana passada. “As pontes utilizadas pelo Exército Brasileiro têm 14 metros de extensão e ficaria no local até a construção da ponte definitiva, que também será duplicada”, disse na ocasião. Não há informações sobre o início das obras da ponte definitiva.

Estrutura
Na semana passada, técnicos da Seinfra e da Construtora Etam, responsável pela obra, iniciaram a demolição e retirada de entulhos do local. Com mais de 20 anos de existência e construída sobre uma estrutura em gabião, a Ponte do Tarumã não resistiu à força das águas pluviais e cedeu, obrigando sua total interdição.
A duplicação da Estrada do Tarumã e a construção de uma ponte inteiramente nova estão previstos na construção do Anel Viário Sul, dentro do Projeto Amazonas 2020, que prevê intervenções viárias de grande porte em Manaus.
a crítica/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Estado rico,cidade desenvolvida e cheia da grana, com zona franca para desenvolvimento,mas com a mesma "doença" nacional da utilização das forças armadas para resolver todos os problemas como esse. Parece a China onde o governo tirano usa os soldados para tudo. Onde estão os secretários, engenheiros, funcionários e dinheiro da secretaria responsável por infraestruturas e criada para cuidar da cidade? Tá esquisito, muito esquisito. Se não houver fiscalização séria, como as auditorias que as FFAA sofrem, isso vai se perpetuar.

Anônimo disse...

Boa noite, primeiro como já tenho mencionado em vários comentários que faço, ou nossos "CHEFES" se posicionam quanto as situações que estão acontecendo ou é melhor colocarmos um telefone tipo 190, para todas as situações que acontecerem no Brasil sermos chamados de imediato, já tá virando palhaçada, são Governos incompetentes, que desviam verbas públicas de todas as formas e continuo nossos "CHEFES" estão aceitando essas solicitações, pelo amor de Deus, façam alguma coisa para nos socorrer também, mês que vem sairá a última parcela da esmola do primeiro mandato da nossa estimada Presidenta, será que iremos ficar só nisso, endividados até o pescoço.
Semana passada verifiquei no SUCENNET que estão pedindo 3º Sgt voluntários para o 5ºBIS e 1º Ten para Manaus, é o fim do mundo, quando já se viu vagas em aberto para 3ºSgt E 1ºTen em fronteira, fato este que a coisa tá mudando a rapaziada está observando lque não é mais vantagens se deslocar para esses lugares pois o valor que estão recebendo não há reajuste desde de 1993, vamos abrir os olhos Generais, um forte abraço a todos.

Anônimo disse...

A ponte do exercito e provisoria e nao permanente e e uma otima solusao para a populacao q nao presisa dar uma vouta imensa buscando atalhos. E claro q o exercito de longe vai resolver todos os nossos problemas. Mais e otimo saber q o comando de egenharia e construsao do exercito esta fazendo esatamente o q foi criado pra fazer, em vez de ficar gastando dinheiro monfando em quarteis.
O melhor treinamento q os homes do exercito podem ter, sao ocasioes reais como essa.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics