29 de dezembro de 2014

Soldado do Paraná morre afogado ao tentar salvar menino em rio

Um jovem de 20 anos, soldado da Base Aérea de Curitiba, morreu afogado na tarde de sábado (28) enquanto tentava salvar um menino de doze anos no rio São João, no município de Guaruva (SC).
Segundo a polícia, Diego Dário Alves foi levado pela correnteza durante a tentativa de salvamento. Já o garoto de doze anos foi resgatado do rio pelo Corpo de Bombeiros, que chegou ao local do afogamento minutos após a morte de Alves.
O jovem e o menino eram amigos. O soldado de Curitiba estava em Guaruva visitando familiares. (com informações do G1)
BONDENEWS/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Tenente da Aeronáutica perde voo e dá voz de prisão a funcionários da TAMComente




Do UOL, em Brasília

29/12/201421h17


Hon97m11



{ Ouvir texto


h


0:00
J ImprimirF Comunicar erro

Um tenente da Aeronáutica deu voz de prisão a um funcionário da TAM após perder um voo. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (29) no Aeroporto Internacional de Brasília. Segundo a assessoria de imprensa da Inframerica, que administra o terminal, o caso foi conduzido pela Polícia Federal e depois direcionado à Polícia Civil.

Segundo a Inframerica, o caso aconteceu por volta das 10h40 quando um tenente da Aeronáutica, acompanhado da mulher, chegou atrasado ao portão de embarque de um voo com destino a Foz do Iguaçu, no Paraná.

Os relatos são de que o tenente teria dado voz de prisão ao funcionário da TAM ao ouvi-lo fazer uma piada a respeito da perda do voo.

Procurada pelo UOL, a TAM informou "que segue todos os procedimentos de embarque regidos pela Legislação do setor" e que está colaborando com as autoridades.

A FAB (Força Aérea Brasileira) informou que ainda não tem informações oficiais sobre o caso e que aguarda um posicionamento da Polícia Civil do Distrito Federal para identificar o tenente e se pronunciar sobre a situação.

A reportagem do UOL procurou a 10ª Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado, mas não obteve informações.

Este é o segundo caso em menos de um mês em que autoridades dão voz de prisão a funcionários da companhia aérea após perderem voos.

No início do mês, o juiz Marcelo Baldochi, deu voz de prisão a três funcionários da TAM no aeroporto de Imperatriz, no Maranhão, após se atrasar para o embarque

sallibl disse...

Nossos sentimentos à família.

Anônimo disse...


Quem não tem cão, caça com RATO:

Organização de atletas critica escolha de George Hilton como novo ministro do Esporte

http://www.df.superesportes.com.br/app/noticias/mais-esportes/2014/12/29/noticia_maisesportes,59336/organizacao-de-atletas-critica-escolha-de-george-hilton-como-novo-ministro-do-esporte.shtml

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics