15 de dezembro de 2014

Força de Pacificação da Maré troca comando pela última vez. Só que não!

Força de Pacificação da Maré muda de comando
Secretário de Segurança Beltrame e comandante da PM estiveram da cerimônia. 
Estado quer permanência do Exército

Rio - A Força de Pacificação tem um novo comandante a partir desta segunda-feira. A cerimônia, que contou com a presença do secretário de Segurança José Mariano Beltrame e o comandante da PM, coronel Íbis Silva Pereira, foi realizada no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Rio de Janeiro (CPOR-RJ), base da tropa na cidade.
De acordo com a Força de Pacificação, a substituição foi de acordo com os planejamentos do Comando de Operações Terrestres, permanecendo no Complexo da Maré até 31 de dezembro, quando deve encerrar a operação.
O Governo do Estado pediu uma nova prorrogação — a terceira — da permanência da Força de Pacificação na Maré. Segundo fontes ligadas ao governo, Pezão pretende adiar a saída do Exército até junho. No dia 5 de abril, a ocupação da Maré vai completar um ano.
O DIA/montedo.com

8 comentários:

Ten REIS disse...

Não tem nenhuma finalidade a permanência da tropa na maré. Não temos liberdade para agir, junto com a tropa existe a promotoria, Secretaria de Direitos Humanos, ONGs, etc...todos literalmente puxando o freio de mão das tropas e só defendem a bandidagem. As tropas já viraram xacota dos moradores e principalmente da marginalidade. Srs Comandantes, tenham "aquilo roxo" e retirem as tropas de lá ou então vamos fazer o que somos treinados.

Anônimo disse...

Excelente comentário Reis. Somos treinados para agir, infiltrar no terreno inimigo e cumprir com a missão. No caso da Maré, o correto seria a infiltração na favela,exterminação da bandidagem e pronto!!!
O resto é com a Segurança Pública!!!

Anônimo disse...

Dá nojo, essa porcaria vem se arrastando e nenhum desses lixos sejam eles militar ou civil tomam providências. A tropa serve de chacota para esses desgraçados desses vermes de traficantes. Senhores "comandantes" vamos tomar vergonha na cara e agir como homens.

Anônimo disse...

A tropa que foi aqui do sul para essa porcaria de missão está largada sem a mínima estrutura logística... isso só reforça o que já sabemos, que, a coisa menos importante continua sendo o material humano.

Anônimo disse...

QUERO VER É ALGUM DESTES SENIÔRES COMANDANTES, QUE NÃO QUEREM PERDER SUAS BOQUINHAS AGIR COMO HOMENS, MANDAR A TROPA FAZER O QUE TEM FEITO.

NÓS VAMOS CONTINUAR LÁ, VAMOS CONTINUAR SENDO CHACOTA DE MARGINAL, EMPREGADO DE ONG CORRUPTA E ENTREGADOR DE PIZZA DE TRAFICANTE.

SIM, PORQUE AGORA A PIZZA CHEGA NAS TOCAS DELE, JÁ QUE ESTÁ TUDO MAIS SEGURO.

VERGONHA...

ENQUANTO ISTO, CONTINUAMOS MAU ALOJADOS, MAU ACOMODADOS, MAU ALIMENTADOS E MAU PAGOS, SÓ GANHA BEM O PESSOAL DE BRASÍLIA QUE VIVE INDO LA, E QUANDO VÃO, EM 3 DIAS DE DIÁRIAS GANHAM MAIS QUE UM SOLDADO EM 3 MESES DE REPRESENTAÇÃO, UMA VERGONHA

Anônimo disse...

É até engraçado observar as expressões desses senhores em cerimônias, como essa da foto. Reparem as expressões faciais desses militares no palanque. Nem dá para acreditar que esses mesmos "caras-de-mal" tem medo até dos assessores (civis) da Presidente!

É muito teatro!!

Anônimo disse...

Estamos parecendo poliça (Como diz em sampa) é um tal de troca de comandante daqui e dali e de lá, quando as coisas começa a dar zebra, afinal estamos fazendo missões de policia mesmo a muito tempo, pois nunca vi as FA americanas e canadenses cumprirem estas missões e olha q eu não estou comparando a nossa ilha aqui das bananas com a terra do tio sam e o canada não teria nem como comparar né. (antes q venha alguém dizer q eu estou comparando o Brasil com os E.U.A e o Canada)

Anônimo disse...

Nos EUA as FFAA fazem função de policia sim para conhecimento de muitos aqui...
Eles tem unidades das FFAA como Força nacional, sendo que tem o respaldo de policia e defesa civil coisa que aqui no Brasil somente é um teatro, pois desguarneceu as policias dos estados para formar uma força nacional brasileira.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics