27 de novembro de 2014

Homem invade batalhão do Exército para ser "salvo por Deus".

Militares deram tiro de advertência, mas não impediram a invasão
Homem invadiu quartel do 33º BIMtz (Imagem: Legião da Infantaria)
Cascavel (PR) -  Polícia Civil identificou nesta terça-feira (23) o homem que invadiu o quartel do Exército no último domingo (23), em Cascavel. O suspeito chama-se Máximo e tinha dois mandados de prisão em aberto, um pelo crime de furto e outro pelo crime de roubo.
Máximo invadiu o quartel do 33º Batalhão de Infantaria Mecanizada. Antes do homem pular um muro, um tiro de advertência chegou a ser disparado, o que não impediu a invasão. Acionada, a Polícia Militar encaminhou o suspeito até a 15ª Subdivisão Policial, onde o invasor disse que queria ser “salvo por Deus”.
Ele permanece à disposição da Justiça na delegacia de Cascavel.
BEMPARANÁ/montedo.com

7 comentários:

Anônimo disse...

Sabemos que algumas autoridades se acham "DEUS", mas esse meliante procurou no lugar errado. Interessantes são as estórias que eles inventam para a polícia. São abusados, descarados e com muita sorte por não levar um tiro.

Anônimo disse...

Esse cara é o máximo

Anônimo disse...

Montedo, notícias:

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/11/sargento-da-marinha-e-preso-com-fuzis-e-metralhadoras-do-trafico.html

http://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2014/11/militar-da-marinha-e-preso-por-chefiar-trafico-em-bairro-de-cabo-frio-no-rj.html

Anônimo disse...

Todo e qualquer "bebum" que entra desavisadamente em área militar eles colocam que "invadiram" quartel...senhores parem de delirar...quem invade quartel do Exército? Eu nunca vi em 21 anos de serviço.

Anônimo disse...

Engraçado. Esse cara não cometeu crime militar de ingresso clandestino? No meu tempo era feito apf e ele ficaria preso no próprio quartel à disposição da Justiça Militar. Deve ter mudado, ne?

Anônimo disse...

Se o militar que deu o tiro de advertência prosseguisse com o procedimento que lhe é ensinado e tivesse disparado em cima desse vagabundo duvido que não iriam pensar 1.000.000 de vezes antes de tentar entrar em um quartel

Anônimo disse...

Ainda bem que esse rapaz não deu um tiro na bunda desse abusado. Se tivessa dado, estaria detido e processado depois, e essa bala gasta é cara pra danar. Tem que tirar serviço com arco e flexa ou estilingue.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics