29 de outubro de 2014

Golpe militar? Pára com isso!


A mídia deu destaque a 'invasão' da página do Exército no Facebook, logo após a vitória de Dilma no segundo turno. São centenas de internautas clamando por uma intervenção militar, para 'salvar o Brasil'.
De alguma forma, e isso é evidente, o País precisa encontrar um caminho que o preserve do viés autoritário que está no DNA do petismo, mas é de uma total incoerência sugerir a utilização do remédio amargo da ditadura. Seria regredir aos idos de 1964, onde um regime de força de direita impediu que outro, de ideário comunista - palavra em desuso, por conveniência de ocasião - se instalasse no Brasil.
Cinquenta anos se passaram e algumas pessoas parecem não ter aprendido nada. São outros os tempos, é outro o cenário. O avanço consiste em consolidar as instituições democráticas, não em solapá-las. Quem, como eu, critica o PT por suas reiteradas tentativas de fraudar o processo democrático, utilizando-se para tal de instrumentos que a própria democracia lhe proporciona, não pode, por coerência, defender a ruptura institucional por meio de um golpe de estado. 

23 comentários:

Anônimo disse...

A invasão militar começou. Basta ver a quantidade de generais e coroneis em cargos comissionados nos governos federal, estadual e até municipal... por que vocês acham que nossos chefes não brigam por nós, hein?

Anônimo disse...

Isso é apenas a constatação da ineficácia de políticos da oposição que se vendem, da impotência da população diante das "milícias" populares instaladas pelo PT, do cinismo escancarado de narcotraficantes transitando livremente pelo país e a passividade, pelo menos aparente, dos comandantes das Forças Armadas e das autoridades governamentais.Lembremos o movimento que forçou Collor a sair. Foi bonito e se acontecer igual talvez tenhamos o resultado esperado mas, desta vez, com muita pancadaria.

Anônimo disse...

Socorro!!! Eu quero voltar a ser índio! Sabe por que? Eles fazem as coisas como elas deveriam ser feitas.Nessa terça, cinquenta de várias etnias se pintaram pra guerra(pode ser de verde e amarelo), pegaram as flechas, tinha um até de terno, invadiram a sede do Ministério publico em Redenção, no Pará, para exigirem a saída dos coordenadores da FUNAI acusados de desvios dos recursos destinados às comunidades(até lá, PT?). Rapidamente, conseguiram uma reunião com as autoridades que tomaram as providências encaminhando as queixas para a PF. Se não sair resultado.... lá vão eles para Brasília, com flecha e paletó.

Anônimo disse...

Parabéns Montedo, pelo excelente comentário.

Anônimo disse...

ATENÇÃO:pacotão a vista!
aux moradia,
tempo de serviço e
15 vencimentos para quando for para reserva.

Quem está pensando em pedir a reserva, aguarde até março/15!

Anônimo disse...

Péssimo comentário! A intervenção é constitucional e se limita a dois meses em prazo. As instituições estão falidas! Os juízes do PT são réus e juízes de si mesmo! Não é retrocesso, é uma emergência para salvar as instituições e dar um RESET federal. O Estado deveria pertencer ao povo, agora alimentamos com nossos impostos ditaduras!

daniel camilo disse...

Montedo, se um homem pelado invade minha casa, o que eu faria? Deixaria o homem fazer o que quisesse até chegar a polícia ou lutaria como pudesse para defender a honra da minha família? Eu lutaria. O PT vai comunizar sim o Brasil. É questão de tempo. E eu não quero esperar sentado até chegar esse dia. Prefiro morrer lutando que morrer entrincheirado.

Anônimo disse...

Vamos parar para pensar um pouco sobre o assunto:
Sociedade descontente com a politica nacional e com a situação que o pais se encontra atualmente(Classe Média Alta, Classe Média, Classe Média Baixa)+ Descontentamento da Família Militar(Oficiais, Praças, PM´S, BM´S)= Resultado: DESCONTENTAMENTO GERAL DA SOCIEDADE E DA POPULAÇÃO BRASILEIRA!
Não estou incitando nada, repito não estou incitando nada!
Somente vamos parar e fazer uma reflexão, sobre o assunto.

Anônimo disse...

Concordo com vc, Montedo, em gênero, número e grau.Como dizia o saudoso Castello Branco, "as vivandeiras alvoroçados que vem à porta do bivaque para bulir com os granadeiros" estão de volta.
Não podemos e nem devemos isturar os problemas de nossa jovem democracia com nosoos problemas como Força, que sim, existem, mas estão longe de se assemelharem.

Anônimo disse...

Isso mesmo, lugar de milico é no quartel, fazendo faxina e ordem unida.
Conhecendo o eleitorado ( a cúpula ) é melhor deixar com os civis o comando da nação.
Se bobear vai aparecer militar que ao assumir o poder, que vai achar que devemos cortar nossos vencimentos e conter o orçamento militar para dar o "exemplo" para reerguer o país.....
Auxilio moradia, auxilio pre-escolar e gratificação de tempo de serviço é para os fracos.
Nós militares não precisamos disso, precisamos é de aumentar para 35 anos para aposentadoria, pois "militar é superior ao tempo".

Anônimo disse...

PREZADOS, ESTAMOS MUITO LONGE DE QUALQUER ORGANIZAÇÃO PARA IMPEDIR A SUBIDA SOCIALISTA NO BRASIL. NOSSOS CHEFES ESTÃO MAIS PREOCUPADOS COM A COR DO TÊNIS DE "TFM".

Anônimo disse...

Os civis que criaram o problema... eles que resolvam!

Anônimo disse...

Nas próximas eleições vou votar só em índio. Eles, pelo menos, não tem medo de dar flexadas de verdade lá em Brasília. Ridículo é ver um bando de marmanjos se achando autoridades, representantes dos eleitores, colocarem o rabo entre as pernas e concordar pacificamente com os desmandos do PT.Se vendem muito fácil. Se vacilarem vão ser todos enquadrados pelas leis "bolivarianas". E, por lembrar, lá na Bolívia tem um indígena na presidência que tomou na marra uma refinaria nossa.É ruim, hein!

Anônimo disse...

Vem aí aumento de tempo de serviço para 35 anos. Em breve.

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=4HgloUIej8U



http://familiamilitar.com.br/noticias/carta-de-uma-brasileira-que-mora-em-israel-para-a-presidente-dilma

Paranaense disse...

Senhores! Qualquer ação militar que não vise a tomar o poder e sim fazer cumprir a lei, quebrar conspirações e enviar bandidos à cadeia é não somente meritória, mas obrigatória, segundo a própria constituição. Levando-se em consideração a política petista, que é de conhecimento de todos, a situação está pior do que em 1964. É a minha opinião. Abraços!

Anônimo disse...

Montedo, assista o Vídeo do Link abaixo.
Quando o povo acordar será tarde demais. Os VERMELHOS já chegaram e quem pode fazer algo finge de morto.

https://www.youtube.com/watch?v=UjFWotHFzg8&list=UUbHFKMtqLYkIBRiPHJwxu_w&index=154

Anônimo disse...

Me desculpem, mas não posso deixar de comentar o que foi postado aqui. PACOTÃO: auxílio moradia, tempo de serviço e 15 salários quando for para a reserva? A Dilma nem reassumiu e já estão com as mentiras? Quem vai acreditar em alguma coisa vinda desse governo ou dos comandos atuais? Lembrem os discursos em formaturas de "estrelados" dizendo que não se preocupassem? Essa estória seria mais realista se fosse assim: 1)Auxílio moradia: Dar prioridade aos militares no minha casa minha vida do governo, pois o salário já está dentro da faixa prevista do programa e estarão congelados por mais quatro anos, a princípio;
2)Tempo de serviço: aumentado para 35 anos, exceto para generais em comando, que ficarão enquanto forem úteis ao governo e,
3)Quando para reserva recebe 15 salários: Como o salário(soldo), não inclui gratificações, já não pode mais ser chamado de salário, e sim, bolsa-desilusão, então, receberá 15 bolsas família, para todos.
Qualquer notícia sobre isso é motivo de preocupação pois não existe comprometimento com a classe, em nenhum setor.

Anônimo disse...

O governo "terrorista" está modernizando as FFAA, não cassou diversos direitos dos militares, não deixou o milico 8 anos à mingua, sem reajuste no soldo. Enquanto nossa classe fizer "cabo de guerra" com o Poder e ficar prevendo a "invasão" soviética, boliviana, paraguaia, nos não obteremos as melhorias salariais que ainda precisamos.

Anônimo disse...

As forças armadas estão infestadas de comunistas. Tem gente feliz com o atual governo, lógico.

Anônimo disse...

Como militar, tenho vergonha de nossos chefes, que sentados em seus tronos, acovardam-se sob o chicote e o cabresto do conceito, e deixam de usufruir do senso critico e coerência para serem bem avaliados...general hj em dia não inspira mais ninguém...tampouco serve de peso de papel, preocupado com seu cargo comissionado, ou indicação de superior para ascender um posto a mais.

Anônimo disse...

É lamentável, ver que o povo brasileiro clama por fazerem valer o que está na constituição, a Intervenção e novas eleições, por ser público as fraudes, corrupções e os três poderes em silêncio, porque três militares do Estado Maior, que já deveriam estar em casa a anos, não querem largar o "osso". Por receberem "gratificações" vindas da corrupção da "presidenta" e seu mentor Lula. Nunca soube que militares se sentissem tão desonrados como nos dias de hoje. Cuba esta se instalando no Brasil, coma conivência deles e a fome e desgraça serão um marco e os militares serão destituídos de sua honra. Ainda há tempo de mudar essa triste história...

Anônimo disse...

Desculpe-me Montedo, inicialmente pelo anonimato, mas sei q qualquer pessoa de bom senso compreenderia que a "democracia" vigente em terra brasilis não e tão compreensiva com vozes da ativa que se pronunciam sobre qualquer assunto que não seja clima-tempo ou bigbrorher... E também por assinalar em seu discurso, nesta matéria, algumas incoerências e insipiências... Você mesmo define o nosso período de Regime Militar como "remédio amargo", e pelo que sei remédios amargos são para combater doenças piores que o seu sabor desagradável... Então não compreendo a sua reprovação quanto ao procedimento receitado a época... Além do mais as reações adversas não foram tão criticas assim, se considerados outros regimes fortes na história, sendo, na verdade, por fontes sinceras e imparciais, uma verdadeira intervenção cirúrgica. So podendo ser atribuída toda esta carga emocional sobre o episódio por conta da propaganda promovida pela vingança dos derrotados. Não acredito que o redator deste blog, de personalidade, tenha caído tão facilmente neste conto do vigário... Outro trecho interessante de seu texto é quando vc diz que "Quem, como eu, critica o PT por suas reiteradas tentativas de fraudar o processo democrático, utilizando-se para tal de instrumentos que a própria democracia lhe proporciona, não pode, por coerência, defender a ruptura institucional por meio de um golpe de estado". Como você mesmo diria: Perai cara pálida, como assim "tentar fraldar"?? Quando que o PT não conseguiu seus intentos até agora? Pouquíssimas vezes, não? Nos e que tentamos reiteradas vezes impedi-los e... Sem muita perspectiva de sucesso, não e mesmo? Um belo(não no sentido literal) exemplo seria a remarcação do território indígena em terras contínuas. A sociedade queria discutir a idéia, as FA questionaram, dentro do seu papel técnico, e o STF, de maneira sutil, tanto como um elefante cruzando uma cristaleira, acabou por fazer uma dezena de ressalvas, facilmente derrubáveis pelo próprio documento internacional assinado pelo desgoverno, bateu o martelo, jogando uma pa de cal sobre o enterrado vivo que ainda se debatia no caixão... Além do mais, essas poucas vozes que se levantam pedindo intervenção, sim intervenção, e não um golpe de Estado, apesar de serem poucas, são a minoria lucida que ja percebeu, pelos absurdos que o PT ja conseguiu meter por goela abaixo da sociedade, por conta do avançado estado de aparelhamento do Estado, que a ferramenta da democracia, mais adequada para a situação, o impeachment, está indisponível por tempo indeterminado, ou seja, enquanto durar esta ditadura... ;-) Vamos acordar meu povo!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics