15 de setembro de 2014

MT: militar do Exército ''reage'' e deixa dois ladrões feridos


Um militar do Exército Brasileiro dominou os assaltantes de seu filho de 18 anos e deixou dois baleados, em Cuiabá, na madrugada deste domingo (14). Dentre os participantes do roubo ao jovem está um taxista que teve sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e alvará de taxista apreendido pela Polícia Militar.

Consta do boletim de ocorrência registrado por volta das 5h40 deste domingo, o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) foi informado de que um jovem de 18 anos foi vítima de um roubo no bairro Bosque da Saúde depois de ser surpreendido por dois homens que estavam dentro de um taxi. Logo em seguida, novamente o Ciosp foi acionado para atender a um chamado de uma vítima de arma de fogo, na avenida Dante de Oliveira.
Já no local, um militar do exército se apresentou como o autor dos disparos e entregou aos policiais a arma utilizada na ação. Juntamente com a pistola, ele também mostrou o registro e o porte da arma. Segundo o relato do militar do exército, ele e seu filho estavam à caminho da delegacia de Polícia Militar, antigo Cisc, para registra roubo quando viram o táxi.
O jovem teria reconhecido dois dos suspeitos o que fez com que o militar do exército atravessasse o taxi obrigando-o a parar. Nesse momento, o pai do rapaz desceu do veículo. Dois dos suspeitos que estavam dentro do taxi também desceram. Segundo relato do militar do exército um dos suspeitos colocou a mão na cintura, essa atitude fez o pai do jovem sacar a arma e disparar duas vezes.
Os dois suspeitos foram baleados e estão internados no Pronto Socorro de Cuiabá, onde passaram por cirurgias. O taxista foi preso e encaminhado para a Delegacia de Roubos e Furtos. Dentro do taxi foram encontrados vários pertences que estavam dentro da mochila do rapaz. Pai e filho prestaram esclarecimentos e foram liberados.
CenárioMT/montedo.com

9 comentários:

Anônimo disse...

Excelente

Anônimo disse...

Não deixem a Maria do Rosário ficar sabendo dessa notícia... ela vai morrer chorando de pena dos assaltantes.

Anônimo disse...

Esse militar, certamente, se valeu dos ensinamentos adquiridos na IIB/IIQ, quando por várias vezes ele treinou Pou,pou....Pou, pou.......Vejam o que um carregamento de 50 mil Pou, pou é capaz de fazer com o inimigo.......É possível Maria do Rosário tentar punir de alguma forma esses militares que realizam o ressuprimento dessa munição.....Sargento

vivaldo jr disse...

Excelente! Os vagabundos deram sorte por terem pela frente um militar adestrado, que os deixou vivos.

Parabéns companheiro!

Brasil acima de tudo!

Anônimo disse...

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2014/09/15/pela-primeira-vez-mulheres-poderao-integrar-forca-de-elite-do-exercito-americano.htm

Anônimo disse...

http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2014/09/15/apresentacao-escolar-com-hino-nacional-em-versao-funk-causa-polemica-na-web.htm

Anônimo disse...

O problema é deixar vagabundo vivo. Certamente o comando tomará providências para que o militar e sua família fiquem seguros

Anônimo disse...

Foram presos e daqui a pouquinho serão soltinhos e aí meu amigo quem garantirá a segurança do militar e sua família ???

Anônimo disse...

É isso aí quem tem que ficar acuado são os vagabundos e não o cidadão de bem...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics