18 de setembro de 2014

Motim: soldados que tentaram matar seu comandante são condenados à morte na Nigéria.

ABUJA (AFP) - Doze soldados nigerianos foram condenados à morte nesta terça-feira por motim por dispararem contra seu comandante na cidade de Maiduguri, no nordeste do país, em um incidente ocorrido no início do ano.
Os nove membros da Corte Marcial, em Abuja, julgaram os soldados culpados de seis crimes: motim, conspiração criminal, tentativa de assassinato, desobediência, desacato e acusações falsas.
O presidente do tribunal, brigadeiro Chukwuemeka Okonkwo, informou que as condenações precisam ser ratificadas pelas autoridades militares.
UOL/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

É a Justiça Militar fazendo justiça?

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics