11 de setembro de 2014

Irmãos são presos, acusados de matar coronel do Exército a pedradas.

Irmãos são presos acusados de matar coronel reformado do Exército em Icaraí
Segundo a DH, militar de 79 anos tinha caso com adolescente de 17, que também seria envolvida com um dos suspeitos
Os irmãos Luiz Fernando (sem camisa) e Arthur foram presos nesta terça-feira acusados de matar o militar reformado do Exército
Foto:  Divulgação
GUILHERME SANTOS
Rio - Dois irmãos foram presos nesta terça-feira por policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), acusados de matar a pedradas e por espancamento o coronel do Exército Aloyso Rezende de Mendonça, de 79 anos. O crime ocorreu em junho deste ano, na casa do militar reformado, na Rua Alameda João Batista, em Icaraí, Zona Sul de Niterói.
Além de executarem o oficial com uma pedrada na cabeça, que deixou o rosto do militar desfigurado, Arthur dos Santos Lemos, de 22 anos, e Luiz Fernando dos Santos Lemos, 19, também levaram o carro da vítima, um Corolla prata, a televisão da casa dele e outros pertences. Contra eles, que foram capturados em Cabo Frio, na Região dos Lagos, foram cumpridos mandados de prisão temporário de 30 dias por latrocínio (roubo seguido de morte). O veículo roubado foi encontrado 15 dias depois do assassinato em um condomínio da cidade.
Segundo investigações da especializada, o coronel Aloyso gostava de se relacionar com mulheres mais jovens. Ele já teria se envolvido com a irmã da dupla e estaria se relacionando com uma namorada de Arthur. "Ao saber do caso, o Arthur não gostou e tramou com a menina de invadir a casa do coronel. Ele já confessou o crime", comentou o delegado Wellington Pereira Vieira, titular da especializada, que prometeu investigar a conduta da adolescente.
"Foi ela quem levou os dois assassinos até a casa do coronel", afirmou o policial. Caso condenados pelo crime, os irmãos podem ficar até 30 anos na cadeia.
O Dia/montedo.com

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Montedo, nao sei se a postagem é sua. Mas o titulo ficou estranho. "Tinha caso com adolescente de 17" dai aparece a foto de dois marmanjos. Ficaria melhor "tinha caso com uma adolescente" Quem não ler o texto acaba interpretando errado. Abraço

Anônimo disse...

Também tive essa primeira impressão...

Rosseau

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics