29 de agosto de 2014

Modelo da Copa: PEC de Dilma quer alterar papel constitucional das Forças Armadas.

Governo cria PEC para integrar forças de segurança estaduais e federal
Centro Integrado de Recife funcionou durante a Copa (Foto: Diego Nigro/JC Imagem-UOL NE)
A presidenta [e] Dilma Rousseff vai enviar ao Congresso Nacional nas próximas semanas uma proposta de emenda à Constituição (PEC) com o objetivo de integrar os papéis das forças de segurança pública estaduais e federal. A intenção é criar Centros Integrados de Comando e Controle (Cicc) em todas as capitais, semelhantes aos órgãos criados nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo deste ano.
“Nós vamos mandar ao Congresso [uma proposta] alterando o papel da União”, disse a presidenta [e], explicando que atualmente as Forças Armadas têm somente dois papéis: o de garantir a segurança de fronteira e a garantia da lei e da ordem (GLO), solicitada pelos estados de modo excepcional.
Dilma justificou que a experiência com os centros de comando da Copa foram “muito bem sucedidos” e mostraram que era possível atuar em conjunto. Por esse motivo, essa “política nacional comum”, quando criada, vai possibilitar ações de inteligência e controle da segurança nas cidades. Como exemplo, citou que os centros têm capacidade de monitorar rapidamente a ocorrência de interrupções de trânsito. “Nós queremos que o modelo da Copa se torne permanente”, declarou.
Destacando que atualmente a União só pode repassar ações ou promover parcerias pontuais, como por exemplo as GLOs, Dilma disse que a proposta não visa a ampliar a ação das Forças Armadas. O objetivo, continuou, é que “nós tenhamos que nos responsabilizar por quais são os procedimentos nacionais que vão ter, como vamos unificar nossas ações”. Segundo ela, a União não tem essa prerrogativa, motivo pelo qual há a necessidade de uma emenda à Constituição.
Sobre os recursos para a criação desses órgãos, Dilma disse que a proposta não cria novas estruturas, sendo somente uma junção dos papéis das polícias militares, das Forças Armadas, da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal. “É uma ação conjunta, ninguém botou funcionário lá contratado a mais. Cada um entra com o seu e integra no que faz”, disse, acrescentando que será possível “fazer muito” com o que “temos de recursos”.
A presidenta [e] disse que, com a experiência da criação dos centros durante a Copa será possível acelerar a construção dos órgãos nas demais 15 cidades, prevendo um prazo de cerca de um ano e meio para a concretização da proposta. Ainda, segundo ela, a proposta está sendo articulada pelo Ministério da Justiça e está sendo discutida com todos os secretários de Segurança Pública estaduais. Para o monitoramento de estradas federais e fronteiras dos estados, esse plano já vinham sendo discutidos pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, desde o fim da Copa .
CapitalTeresina/montedo.com

33 comentários:

Anônimo disse...

Desde que os militares recebam também as diárias operacionais que a PM recebe.

daniel camilo disse...

A depender de alguns "inteligentes" militares, lá vamos nós a trabalhar mais e ganhar menos. O desmonte das FFAA continua e agora alterando sua principal função: guardiã da Pátria.

Anônimo disse...

vai ficar até chato, imagina eu cap do EB comandando uma fração, onde o s ten do DF ou de SE ganha o dobro.

Anônimo disse...

Suprema Campanha salarial

O Globo informa que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram ontem o envio de um projeto de lei ao Congresso Nacional aumentando o salário deles mesmos.

Se aprovado, o valor que serve de teto para o funcionalismo público, pularia de R$ 29.462 para R$ 35.919.

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, defende um aumento de 22% para repor as perdas inflacionárias entre 2009 e 2013.

Efeito cascata

Tal reajuste aos proventos do STF tem efeito cascata no Judiciário.

O salário de ministro de tribunais superiores corresponde a 95% dos salários de ministros do STF.

O salário de presidentes de Tribunais de Justiça corresponde a 95% do valor pago a ministros de tribunais superiores.

Fonte: http://www.alertatotal.net/2014/08/oficio-urgente-e-sigiloso-do-mpf.html?spref=fb

Anônimo disse...

Trabalhei, antes, durante e depois da Copa 2014, em um CCDA (Centro de Coordenação e Defesa de Área) e não tive o direito de receber nem os 2% representação, pois fiquei na Sede.
Não me importo em trabalhar, mas quero ser recompensado por isso.

Anônimo disse...

Caro colega acredita mesmo que vão querer pagar alguma coisa extra às FFAA por esse serviço? Onde eles conseguiriam ótimos trabalhadores pagando salário de escravo?
No Brasil tudo funciona a meia-boca. Instala-se uma entidade, operação, serviço ou atividade extraordinária que funciona bem até um certo momento, pois foi para isso que foi criada e há dinheiro disponível. Depois, querem eternizá-las pois foi eficiente, principalmente no uso das FFAA. Com o passar do tempo, tudo fica pior, pois não há mais interesse político e o dinheiro é utilizado para outras áreas e a população volta às mãos dos bandidos.Corre-se o risco das FFAA permanecerem definitivamente nas ruas, ganhando a mesma mixaria, com todas as situações e resultados negativos decorrentes do convívio diário com a população infestada de bandidos.A Sra. Presidente deveria investir pesadamente na reforma da educação(sem revanchismo), formação digna de professores, estrutura para manter as crianças nas escolas,preparação técnica e programas de apoio aos jovens, para prepará-los para o mercado de trabalho tão disputado. Com a educação reduze-se o índice de analfabetos, aumenta-se os postos de trabalho, melhora-se a renda familiar e a saúde, economiza-se o dinheiro do contribuinte desperdiçado em bolsas e hospitais mal administrados. Quer melhorar, espelhe-se no Japão e outras nações, inclusive umas ex-comunistas. Agora, se quer se espelhar em Cuba e Venezuela, aí, vai tudo por água abaixo e haja MP, PEC, etc.

Anônimo disse...

dá uma olhada, está no site UOL de hoje http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2014/08/29/janot-defende-no-stf-revisao-da-lei-da-anistia/

Anônimo disse...

QUE TENHAMOS AS PRERROGATIVAS COMO,GRATIFICAÇÕES,MELHORES INTERTÍCIOS,REMUNERAÇÃO E O SIMPLES DIREITO AO PORTE DE ARMAS PELAS PRAÇA,SEM TER QUE FICARMOS NOS HUMILHANDO PERANTE A NENHUM OF.GAL.,QUE HOJE ATÉ AS GUARDAS MUNICIPAIS POSSUEM.

Anônimo disse...

Sra presidente com essa merreca de salario, e falta de respeito com militares FA. Mais se aprovado for vamos cumprir missao amamos nossa patria...

Anônimo disse...

Dedicação exclusiva e Disponibilidade permanente. Esse é o nosso regime Jurídico (FFAA). PM, PC, PF, PRF, SRFB, e todos os outros é Jornada de 40 horas. Alguém foi enganado? Se não foi e está querendo receber horas extras, diárias, vale-alimentação, etc, peça para ir embora, pois está no lugar errado. Reconhecimento e valorização sim, mas igualdade ou superioridade aos civis, só existe nos regimes comunistas e ditatoriais, não nos democráticos, onde os militares existem para servir o povo e a nação e não para "se servir".

Anônimo disse...

Do jeito que a coisa tá, só vai ter oficial comandando PM, porquê a debanda tá geral nos praças. Salário de dá vergonha.....

Anônimo disse...

Somos cada vez mais policia e menos FFAA.
Muito bom. Quero saber quando também vamos trabalhar na escala 12\36 ou 24 por 72:
Vamos voltar a receber as gratificaçoes de tempo de serviço, as licenças especiais (LE), pois as PM nao foram afetadas pela MP do mal(22-15). Vamos poder ter nossas associaçoes e reivindicar melhorias de salario e condiçoes de trabalho.
AInda bem que falta pouco para eu pular fora desse barco furado (FFAA)....
Muito bom!

Anônimo disse...

Pode me chamar de Capitao SEVERINO, também conhecido por "O QUEBRA-GALHO".

Anônimo disse...

Se for para nivelar o salário com outras categorias de segurança como Polícia Federal e etc... e trabalhar em escalas e ter o seu porte de armas, como acontece com todo agente de segurança,vale a pena. O que não pode é o militar ser um escravo ganhando migalhas e trabalhando todos os dias, como acontece atualmente.

Anônimo disse...

Já não basta as operações rotineiras nas fronteiras, operações pipas no nordeste, GLO´s (Rio de janeiro-RJ e ilhéus-BA), tudo isso somado às escalas apertadas para os praças, baixo salários para os praças, com suas consequentes debandadas das FFAA, para sanar a ineficiente segurança pública desse Brasil, agora mais arrocho de missão para as praças, onde vamos parar com tanta atribuições?

Anônimo disse...

Essa mulher tem uma agilidade quando é pra demonstrar que esta preocupada com a segurança (voto) e arruma serviço para os militares; deveria ter a mesma agilidade fazendo uma PEC ajustando a lei de remuneração dos militares e consequente aumento salarial.
Pro inferno.
Selva.

Anônimo disse...

Ao comentarista das 12:55. O que o sr. está fazendo "agora" para servir o povo ou a Nação? O que o sr. fez ou faz durante o dia ou à noite, ontem, hoje, e amanhã que será sábado ou quem sabe domingo, que será de grande valia para o povo ou a Nação? Nada! Sabe porquê? O sr. ganha pelo que é e não pelo que faz. O sr não produz nada, seu serviço não aumenta o PIB, não movimenta a economia, portanto, não beneficia o povo, veja bem, não estou generalizando, estou perguntando ao sr.

Anônimo disse...

O QUE ESTAVA RUIM VAI FICAR PIOR AINDA, JÁ NÃO BASTAVA GANHAR UMA MISÉRIA DE SOLDO E TRABALHAR IGUAL A JUMENTO DE CARGA ( ME DESCULPE OS JUMENTOS)NOS EVENTOS FANTASIOSOS DO PT, AGORA TEREMOS ISSO COMO MISSÃO EM COMUM COM OS POLICIAIS DE VERDADE, POIS,POLICIAIS DE VERDADE TÊM CHEFES DE VERDADE, GANHAM DIÁRIAS DE VERDADE, GANHAM HORAS EXTRAS DE VERDADE,FAZEM OCORRÊNCIAS POLICIAIS DE VERDADE, ENQUANTO OS MILICOS APENAS SE CONTENTAM COM UM PÃO DORMIDO COM MORTADELA MOFADA E ÁGUA QUENTE DO CANTIL,ME PERGUNTO ATÉ QUANDO OS MILICOS VÃO SE SUJEITAR A TANTA HUMILHAÇÃO ?,POREM, ACHO QUE JÁ SEI A RESPOSTA, SE DEPENDER DESSES OFICIAIS QUE TEMOS E OS QUE ESTÃO POR VIR DAS ACADEMIAS ACHO QUE SERÁ DAÍ PARA PIOR, AOS PRACINHAS, COMBATENTES DA GUERRA IMPOSTA PELOS NOSSO COMANDADOS E CHEFES, DEIXO MINHA MENSAGEM: AQUELES QUE JÁ TÊM TEMPO PARA IR PARA A RESERVA QUE O VÁ, AQUELES QUE AINDA FALTAM TEMPO PARA A RESERVA QUE SE PREPAREM PARA IR PARA A RESERVA, FAZENDO UM CURSO E SE QUALIFICANDO PARA A VIDA CIVIL, E AQUELES QUE AINDA ACREDITAM NA MISSÃO POR HORA NÃO TÃO NOBRE DA FORÇA QUE ACORDEM, POIS, JÁ É TEMPO DE PARAR DE SER TROUXA E BESTA!!!

Anônimo disse...

Trabalhei num CCDA e num CICCR. É ridícula a maneira como as FFAA se inserem nessas situações. As forças de segurança pública (PC, PM, PF, GM, BM) têm seu modus operandi e as FFAA ficam completamente deslocadas, sempre correndo atrás. Passaram vergonha...

Anônimo disse...

Ao comentário de 17:26 : Vem trabalhar aqui no controle de trafego aéreo que você vai ver o que é servir a Nação sem sábado,domingo ou feriado. Você não sabe nada!!

Paranaense disse...

Ao anônimo das 17:26, Não existe no mundo Forças Armadas para gerar riquezas e movimentar a economia. O Brasil seria uma exceção? Este país virou casa de mãe Joana, a pessoa não tem a mínima noção das atribuições das Forças Armadas, e se atreve a dar palpites esdrúxulos. Cabe apenas mais uma pergunta, o Sr sabe o que esses politiqueiros que (des)governam este país, fazem com o dinheiro de quem produz riquezas neste país? Três alternativas para a sua resposta: Corrupção, Corrupção e Corrupção. Se acertar a resposta, nota dez.

Fardado Indignado disse...

Eles perceberam que o custo operacional sai muito mais barato do que o da Força Nacional. Pois R$50,00 de ajuda por dia, para um sargento numa GLO no RJ por exemplo, é uma migalha comparada a diária de um PM ou PC de qualquer Estado. Vamos apostar na eleição da terceira via e esperar a resolução dos nosso problemas ou o ver o circo pegar fogo de vez! No mais, já estou me preparando para minha reserva pois da ativa não espero mais nada! Estude! Empreenda!

Anônimo disse...

Em primeiro lugar quando fiz meu concurso, fiz para ser militar do Exército e não para ser PM, nunca tive vontade de correr atrás de bandido, no edital do meu concurso não era essa a atividade que teria que desempenhar. Em segundo lugar tiro serviço de 24 horas e emendo no expediente, um regime de escravidão, que os oficiais cumprem apenas enquanto tenente, depois se livram disso, enquanto o sargento fica mais de vinte anos em uma escala. Em terceiro lugar não ganho para isso.

Anônimo disse...

E tem candidato militar aqui em sp com patrimônio declarado de mais de 7 milhões de reais. Esse é "mágico"

Anônimo disse...

Nossas FAA's parecem muito com os bolsas esmolas, vive no planalto pedindo esmolas para esses terroristas que nossos valorosos soldados antigamente combaterem e hoje estão sendo perseguidos por esta tal comissão da mentira. Vocês parecem um bando de mendigos pedindo esmolas, e o PT está cada vez mais humilhando vocês e nem percebem. VOCÊS TEM QUE DEFENDER A NAÇÃO as demais coisas serão conquistadas, tem que se impor diante desses vigaristas, ACORDA SOLDADOS.

Anônimo disse...

A ideia da presidente é muito boa, pena que não vai mudar nada na nossa baixa remuneração. Nós somos a classe do executivo que menos recebe (e a que tem menor valor) e não temos direito como têm o restante a greves e manifestações de insatisfação a não ser por intermédio dos nossos chefes que não falam nada. Nós somos mão de obra barata e o que vier de missão nossos chefes aceitam numa boa, sem qualquer questionamento. Se fosse colar aqui toda a insatisfação dos militares haja tempo para escrever tanta coisa.

Anônimo disse...

Seu discurso eh bem conveniente para a situaçao(afinal nao existe oposiçao mesmo...) So nao esqueça q apesar da vocaçao, imprescindivel para ser militar, nao deixamos de ser humanos e termos familia (para aqueles q tem depentes, e claro) E nao se esqueça tbm que fomos enganados sim, pois a maioria, qd entrou, sabia sim das dificuldades e especificidades da classe, porem tinhanos compensaçoes, as quais nos foram retiradas bruscamente, todas. Hoje so temos obrigaçoes e o pior salario... Nao podemos ter outra ocupaçao pq a legislaçao, de qd tinhamos algum direito, nao permite. Nem mesmo podemos tirar serviço dentro de nossas OM para complementar a renda, pois nossos chefes combatem esta pratica como se nao tivesse nada mais errado e imoral acontecendo bem na cara deles e contando com sua complascencia... Parece mesmo, que apesar da atual politica vigente, nossos maiores inimigos vem de dentro dos quarteis...

Anônimo disse...

As pessoas que dizem que o militar não contribui para PIB, desenvolvimento do país, etc, está falando besteirol. Acabe com eles e você vai sentir saudades e pedir para voltar. cada um no seu quadrado!
Imagine uma rotina da seguinte forma: Cumprir escalas de serviço de 144 a 160 horas mensais, com serviço 24hs por dia durante todo o ano; some-se a isso escala de serviço armado de 24hs extra até completar todas as cotas anuais; some as horas de reuniões, na sua folga ou não, mensais, quinzenais e outras em unidades diferentes, que muitas vezes não tem nada com a sua atividade; obrigatoriedade de aulas, instruções; testes anuais; no que seria seu único final de semana de folga com a família, ser escalado para formaturas, representações e/ou fiscal de provas de concursos públicos, inclusive de instituições que não tem ligações com sua atividade; não ter direito de descanso de tropa após grandes desfiles ou marchas longas pois tem que cumprir a escala normal do trabalho. Gostou?
Hora para estudar e dar o fora? A grande maioria se vira nas poucas horas que sobram entre um turno e outro e vão se preparando. A família? Que família? O cara sai de um turno de svc, vai para a faculdade(se não estiver de svc armado), volta para o outro turno e talvez dê para voltar para casa se não for escaldo para uma atividade extra. E um grande detalhe: esse militar não pode de maneira nenhuma cometr um erro na execução de seu trabalho pois pode provocar uma tragédia. Estou falando dos militares Controladores de Trafego Aéreo que só são lembrados quando se fala da paralização nacional que fizeram e do acidente do avião da GOL. Guerreiros também agem atrás de quatro paredes. E o sal´rio, OOO!!

Anônimo disse...

Na verdade na maioria das vezes quem não deixa pagar diárias são os "éticos"generais...na Copa foi assim.

Anônimo disse...

ao anônimo das 29 de agosto de 2014 12:55, tenho certeza q vc não tira serviço e corre de missões boca podre...Estou errado ??? Não se esconda atrás do anonimato para dar lições de moral de cueca.
Quanto ao trabalho de polícia vai ser ótimo pois segurança pública está em alta, o que não dá é ficar no quartel fazendo faxina...Se vão pagar ou não nossos direitos isso é só uma questão de lutarmos por eles.

3º Sgt QE R/1 BURRILDO disse...

- Primeiramente, antes de querer continuar a ferrar com os milicos, a Srª tem que tentar se reeleger, o que não vai acontecer. Do jeito que a Srª "TRATA BEM" as Forças Armadas e boa parte dos brasileiros (menos os favorecidos pelas diversas bolsas que nós, os desfavorecidos pagamos), fique sabendo que seu próximo passo será a rua. NÃO HÁ MAIS TEMPO DA sRª ELABORAR ALGO QUE PRESTE. Na minha opinião, sua competência é limitada e não merece nem um cargo público.
Pergunto:
1) por que não se preocupa em colocar policiais competentes e sérios para a função, que é deles;
2) por que não manda fiscalizar os custos absurdos das obras da Copa do Mundo, através das quais muitos pilantras aproveitadores ficaram ricos à custas de superfaturamentos e de algumas que foram pagas e nem saíram, ou que desabaram (viaduto de BH).
3) Sou 3º sgt QE DA RESERVA COM 14 ANOS E MEIO DE 3º SGT - por que a Srª nos discriminou tanto não igualando nosso direito à promoção de 2º Sargento??? Por que heim, dona Dilma??? Nós, que estamos nesta situação,
estamos nos sentindo um lixo já em decomposição.
- A Marina Silva será eleita e
vai corrigir essa injustiça e não vai ficar inventando moda como a Srª, dentre essas e outras como porto em Cuba, ajuda humanitária ao haitti, empréstimo de dinheiro para Angola e usina furada comprada dos EUA (PAARRRA QUEEEE?)
- Nós, os 3º Sgt QE DA RESERVA DISCRIMINADA FOMOS ESQUECIDOS, MAS NÃO SOMOS BURROS OU IGNORANTES. Povão do bem e que olha para frente... Vamos mudar a cara do Brasil escolhendo outro (a) líder, essa nossa aí está batendo biéla e não tem mais peça de reposição para ela e fui.

Paranaense disse...

Ao fantasma do dia 29 Ago 14, 12:55hs. Não sei a quem estou dirigindo esta resposta, porém, vai assim mesmo: Se for militar, considero muito arrogante. No relacionamento entre militares, prevalece o respeito, mais aquela boa educação que trazemos do berço. Aqueles que possuem, né!!! Acredito que seja um petista desesperado, fique calmo!!! Forte abraço!

Anônimo disse...

Até concordo o emprego se for feito de maneira justa. Salários = ( exemplo um Sargento Fuzileiro Naval recebendo o mesmo que um Sargento da PM de Brasília). Os Oficiais Generais " Almirantes da Marinha " concedendo constitucionalmente o porte de armas a seus subordinado. Coisa q hoje não acontece por "caprichos de carreira ". O tal medo de se QUEIMAR e não ser promovido.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics