30 de agosto de 2014

DF: desfile de 7 de setembro custará R$ 1,2 milhão

Thaís Betat
Os custos da tradicional festa de 7 de setembro realizada na Esplanada dos Ministérios em Brasília deram um salto de quase R$ 360 mil este ano. Este ano, R$ 1,2 milhão foram empenhados para os preparativos. No ano passado, os gastos totalizaram R$ 829 mil. Cerca de 30 mil pessoas são esperadas para o evento.
A expectativa é de que fossem gastos R$ 2,2 milhões pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom/PR), responsável pelo evento. O custo geral do desfile nos últimos sete anos girou em torno de R$ 2,2 milhões e R$ 800 mil.
O montante separado prevê a contratação da empresa Sisters Promoções e Eventos LTDA, para a organização e montagem logística (planejamento, coordenação, supervisão e execução) das ações para a realização da Semana da Pátria e do desfile.
O desfile contará, por exemplo, com arquibancadas com capacidade para 22 mil pessoas sentadas. As estruturas possuem assentos de estrutura metálica tubular com capacidade de carga de no mínimo 400kg/m², guarda corpo padronizado por toda extensão, e escadas de acesso com corrimão. Já as autoridades ocuparão cinco tribunas de honra cobertas, com capacidade entre 200 e 300 pessoas cada.
De acordo com a Secom/PR é preciso planejamento e coordenação para que as ações ocorram “sem transtornos”. O objetivo é que tanto as as autoridades, quanto a população que assiste ao desfile cívico militar possam ser recebidas de maneira apropriada, com conforto e segurança.
Entre as estruturas previstas também há uma específica para imprensa: 30 torres para instalar delay de sonorização, cabine de locução e três torres de controle. Para garantir o funcionamento dos aparelhos eletrônicos, haverão dois sistemas de geradores a diesel. Além disso, três telões serão colocados em lugares estratégicos.
Dispostos nos arredores haverão 261 banheiros, sendo 20 deles para pessoas portadoras de deficiência. Vinte e um são de “luxo”, pois terão pia com acionamento da torneira no pé, descarga com acionamento no pé, porta papel toalha, porta papel higiênico, grades de ventilação e dutos de respiro, com tampa móvel no fundo que evite a visualização de dejetos e com abastecimento de água para pia e descarga.
A festa também terá coffee break para 200 pessoas, com salgados, bolos, folhados, biscoitos e frutas fatiadas, café, água, sucos naturais, refrigerante e guardanapos. A preparação das iguarias tem previsão de gastos de R$ 14,4 mil.
O tradicional desfile comemora os 192 anos da proclamação da Independência do Brasil. O feriado é considerado o dia cívico mais reconhecido no País. Possivelmente o evento contará com a presença de militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica e outros de mais de 20 entidades e órgãos. Além disso, a presidente Dilma Rousseff e grande parte dos ministros do governo devem comparecer.
Contas Abertas/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Os preços sempre são altos nesses eventos oficiais, basta fiscalizar se são corretos, mas pelo lado positivo, ainda bem que a Dilma não resolveu acabar com essa festa cívica e não obrigou a incluir símbolos e musicas socialista/comunistas.

Anônimo disse...

Ela deveria acabar sim.....Não há civismo em gastar tanto dinheiro.....Com qual finalidade? Para uma tropa desmotivada, humilhada financeiramente, descrente nos seus comandantes.....

Anônimo disse...

em ano de eleição tudo é mais caro...

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics