26 de abril de 2014

Fé na Missão! Grupo Família Militar Nacional ultrapassa 10.000 membros no Facebook

Fórum de discussões e mobilização em torno dos interesses dos militares, grupo criado pela mineira Kelma Costa superou os 10.000 membros.

4 comentários:

Anônimo disse...

O que corrobora o que tenho percebido ultimamente pela leitura do seu blog Montedo,os militares das Forças Armadas estão se politizando e começando a exercer sua cidadania!Estão enxergando que comandantes não são representantes,e,quem faz a força se movimentar é a base da pirâmide(praças).Que bom!Esse processo de politização dos praças foi quebrado em 1964,quando o comando ficou muito incomodado***** com os sargentos da época que eram muito politizados e tinham livre aceso a Jango, por sua vez Jango preferia a companhia e o clube dos sargentos, para os comandantes (generais )uma afronta .Então com os EUA e seu exército garantindo suas costas resolveram acabar com esse ciclo,relegando aos praças a condição de APOLÍTICOS.Todos sabem que o mundo é político,uma união de pessoas reivindicando e exercendo seus direitos e deveres,escolhendo para si os seus representantes,quem chega ao comando não foi escolhido pela massa ,portanto representa a sí e aos seus interesses!A única coisa que a eles interessa é manter os seus privilégios!Parabéns Montedo por promover a cidadania e a politização um DIREITO DE TODOS!!! ass. Vivian professora docente de Ciências Políticas

Anônimo disse...

Nosso problema é justamente esse, ficarmos dialogando entre nós mesmos, no mesmo ciclo. Acho que isso nos distancia ainda mais da sociedade. Devemos tomar atitude de levar o debate para outros grupos sociais, como por exemplo nas universidades. Nós temos que demonstrar que somos brasileiros e que não somos melhores nem piores que os civis. Entre nós devemos discutir nossa falta de representatividade política e, principalmente, nossa falta de uma formação política sólida. Essa falta de consciência acarretá no desprezo que "demonstramos" quando um colega de farda diz que vai se candidatar, a própria Força se volta contra ele. Quantos casos já presenciamos nesse sentido. É só lembrarmos, num passado recente, dos militares do RJ que se candidataram e após o período de licença foram transferidos à revelia, como uma forma de intimidar novas tentativas. Nas últimas eleições um colega, no centro-oeste, se afastou para concorrer a uma vaga, acho que deputado estadual, e foi proibido de entrar na vila militar onde morava porque seu carro continha uma propaganda sua no vidro traseiro do carro. Ele estava entrando na Vila e não no Quartel.
Acho que devíamos começar por nos identificarmos aqui nos comentários. O que falo na reserva, sempre falei na ativa e muitas vezes fui taxado de "socialista" ou "revolucionário", entre sorrisos amarelos e em tom de brincadeira, sei que muitos ali estavam expressando o realmente sentiam e pensavam de mim. Em meu estágio no mestrado em história, dei uma disciplina para a graduação em história que teve o seguinte tema: Memória militar do processo de intervenção de 1964. A sala lotou, alunos eram civis, militares do EB, da PM etc, isso num reduto marcado por fortes tendências marxistas. Discutimos cinco livros que ficam de dica: Visões do Golpe; Anos de Chumbo; Retorno aos Quarteis, de Maria Celina de Araújo (São entrevistas com os principais protagonistas militares de 1964). Além desse levei "Memórias: A verdade de um revolucionário, do Gen. Mourão Filho" e "Controvérsias sobre 64", do historiador Carlos Fico. As aulas eram na 6.ª feira em quatro horários e foi um sucesso. Os alunos ficaram surpresos pois nunca tinham ouvido a "voz" dos militares,o que pensavam e em que contexto agiram, pois sempre falamos conosco mesmos, sempre discutimos ciclos fechados.
Esse espaço do amigo Montedo vem sendo uma boa possibilidade para esse diálogo, desde que as mentes e os corações estejam abertos para esse desafio. ST R1 Jefferson

Anônimo disse...

E AI MONTEDO JÁ SAIU O LINK DA REUNIÃO
https://www.facebook.com/klm.costa?fref=ts

Anônimo disse...

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/04/26/enterramos-nosso-pai-o-tirano-fica-para-voces-diz-filha-de-malhaes.htm

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics