30 de março de 2014

Marinha apoia ocupação da favela da Maré pela polícia do Rio

Fuzileiros Navais na Maré (Imagem: Fábio Gonçalves - Estadão Conteúdo)
Imagem do início da ocupação (Reprodução TV Globo)
Blindados da Marinha dão apoio à ocupação (Reprodução TV Globo)
Do G1

5 comentários:

Anônimo disse...

Que estranho??? ocupação anunciada...que estratégia nova, interessante, arrojada...

Melo disse...

O objetivo de anunciar a invasão é exatamente evitar o confronto. Se os traficantes sabem que vai haver a invasão e que, a exemplo do alemão, é inútil resistir eles simplesmente saem ou se escondem. Nas favelas, como todos nós sabemos existem milhares de familias de bem que não tem envolvimento com o crime organizado e expor a segurança dessas pessoas com uma investida surpresa de grande porte e um confronto armado com traficantes seria no mínimo uma irresponsabilidade. É absurdo chegar ao ponto de usar as forças armadas para uma investida dentro do próprio territorio nacional contra a propria população e mais absurdo ainda seria expor vidas inocentes pra TENTAR corrigir erros politico.

Anônimo disse...

Claro, não matou a barata da cozinha e ela fugiu pro quarto, DA MESMA CASA. Você tem cachorros e gatos em casa, Mate só as baratas.

Anônimo disse...

O objetivo de anunciar a operação é "evitar o confronto", legal, mas pra onde vai estes traficantes que fogem e esperam o momento certo para agir. A resposta é bem clara vão para as favelas que não foram " pacificadas" ou as cidades da região metropolitana da capital, aterrorizar outro cidadão pagador de impostos se organizam e preparam novo ataque na região que detinham o poder anteriormente. Esta política de UPP's demonstrou ser um fracasso, mais uma operação "seca gelo" mas que certamente ira arrecadar bastante votos do eleitor estupido !!!

Anônimo disse...

Tapando o sol com a peneira. E o dia em que decidirem resistir, que não tenham RPGs, senão esses CLAnfs do CFN virarão em mil pedaços

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics