30 de dezembro de 2013

Brasil!!! FAB resgata mais de 300 pessoas em vinte e quatro horas no Espírito Santo

FAB resgata mais de 300 pessoas em distrito alagado em Linhares, ES
Moradores de Pontal do Ipiranga ficaram ilhados neste sábado (28).
Em 10 dias de ação do estado, militares já resgataram mais de 550 pessoas.
Militar da FAB resgata bebê em Pontal do Ipiranga, em Linhares (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
Militar da FAB resgata bebê em Pontal do Ipiranga, em Linhares (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
Do G1 ES
Mais de 300 vítimas das chuvas foram resgatadas pela Força Aérea Brasileira (FAB), no distrito de Pontal do Ipiranga, em Linhares, região Norte, entre a tarde desta sábado (28) e a manhã de domingo (29). A localidade está alagada e isolada. De acordo com os militares, o tempo tem colaborado com as demandas por socorro em todo o Espírito Santo. Em dez dias de atuação na missão humanitária, a FAB já resgatou mais de 550 pessoas e transportou mais de 30 toneladas de mantimentos para os municípios isolados.
Famílias inteiras estão sendo resgatadas, como a da aposentada Inacelina Carlo, de 75 anos. Ela, os cinco filhos e os oito netos agora estão alojados em um abrigo na cidade de Linhares. Ela contou que em casa não havia luz e nem o que comer.
Ao todo, 53 militares e seis aeronaves da FAB participam da missão. As buscas neste domingo se concentraram principalmente em Baixo Guandu, na região Noroeste, uma das mais afetadas, para identificar pessoas que ainda estejam isoladas necessitando de mantimentos ou remoção.
Mais de 300 pessoas foram resgatadas em Ponta do Ipiranga, em Linhares (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
Mais de 300 pessoas foram resgatadas em Pontal do Ipiranga, em Linhares (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
Governo federal
O governo federal enviou ao Espírito Santo quatro toneladas de medicamentos e insumos farmacêuticos.
Além dos medicamentos, o governo autorizou o repasse de recursos no valor de R$ 6.648.042 ao estado, para execução de ações de Socorro, Assistência às Vítimas e Restabelecimento de Serviços Essenciais.
A medida foi tomada por causa da quantidade de estragos em vários municípios, devido àschuvas dos últimos dias. A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (26).
Militar da FAB regata idosa no Norte do Espírito Santo (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
Militar da FAB regata idosa no Norte do Espírito Santo (Foto: Sargento Batista/ Agência Força Aérea)
G1/montedo.com

4 comentários:

Anônimo disse...

Isso que deveria ser mostrado pela mídia, são verdadeiros heróis. Parabéns a esses guerreiros.

Anônimo disse...

Ainda falam que não fazemos nada!
Cadê a defesa civil desse Pais? Não precisa, chamem os militares.

Que DEUS proteja nossos guerreiros. Amém.

Anônimo disse...

Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento: "Para que outros possam viver"

Anônimo disse...

Pergunta se algum destes militares vai passar as festas com a família. Com certeza não. E ainda pagam uma miséria pra esses coitados. Imaginem o sentimento de frustração deles. Qualquer carimbador de papel com a metade da formação deles, metade do tempo de serviço, carga horária de 40h semanais, ticket refeição, hora extra e regime disciplinar bem mais "light" ganho o dobro deles. E sequer juraram sacrificar a vida pela pátria e pelas instituições. Cuidado Comandantes, a Discplina e a Hierarquia estão ficando fragilizadas;

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics