28 de novembro de 2013

Senado aprova aumento de mais de 30 mil no efetivo do Exército

O Plenário do Senado aprovou terça-feira o projeto de lei (PL 4370/12) que aumenta o número de oficiais, sargentos e subtenentes daquela Força em tempos de paz. A proposta permite o aumento em até 31.358 do número de integrantes do Exército.
Pelo texto, poderão ser criados 14.014 cargos de oficiais e 17.344 de subtenentes e sargentos. A proposta segue para a sanção presidencial.
O limite legal de pessoal militar, fixado há 30 anos, passa de 296.334 para 325.692, o que corresponde a um acréscimo de 9,9%. Esses novos servidores deverão ser incorporados gradativamente ao Exército entre 2013 e 2030, de acordo com um planejamento anual.
Leia também:
Aprovado aumento de efetivo do Exército em mais de 31 mil integrantes
Ao apresentar a proposta, o ministro da Defesa, Celso Amorim, argumentou ser preciso aumentar o efetivo, uma vez que a consolidação da democracia no País e a institucionalização de políticas e projetos estratégicos mudaram o perfil da Defesa Nacional. “A Força ressente-se da dificuldade prática de ampliar e diversificar o seu emprego e atuação em atividades que impliquem grande esforço de alocação de pessoal militar”, disse o ministro. (R.A.)
* Com agência
Força Militar (O Dia)/montedo.com

18 comentários:

Anônimo disse...

Esse ministro é muito sem noção! Qualifica e remunera os que estão na força, em primeiro lugar. Vai aumentar o efetivo que logo de início vai ficar desmotivado com o total descaso do governo com os militares das FA. Até quando vamos ter que aturar esse homem!

Anônimo disse...

Até o ano de 2.030, serão mais 31.358 militares integrantes do EB condenados a passarem fome, sem acrescentar os seus familiares.

Anônimo disse...

Isso quer dizer a miserabilidade dos nossos soldos poderá piorar ainda mais, pois não existe previsão legal de se aumentar os investimentos na defesa. Isso quer dizer que haverá uma mesmo bolo para um contingente maior do que hoje o é. Com isso o sonho do PT de transformar o exército brasileiro no exército popular se torna realidade. Na Coréia do Norte, China e ex-URSS existem ou existiram o exército do povo, ou seja, um exército de números mas desqualificados. SALVE A REPÚBLICA COMUNISTA DO BRASIL!!!

Anônimo disse...

Oh! Vê se fazem um PL aumentando o salário, porque do jeito que tá ninguém quer entrar.

Anônimo disse...

Boa noite.

Impressionante !

Acréscimo de 9,9% na folha de pagamento e o material, instalações e equipamentos que serão necessários ???

Ai dá para nós um reajuste de 9%, que em março de 2014, estará valendo 3% !

Tem que enxugar o efetivo, diminuindo as OM administrativas e não aumentar.

É preciso ter brigadas realmente operacionais e fazer uma melhor distribuição no país.

Os recursos atuais já são escassos e com mais 30 mil homens ?

UNIDOS SOMOS MAIS FORTES.

Anônimo disse...

Agora só falta vender uma ilusão para os jovens, para que venham buscar realização e depois entregar-lhes a escravidão.

Anônimo disse...

Não dá nem pra sustentar os que já tem, devido aos baixos salários a maioria está indo embora... qual o milagre que o governo vai fazer?

Anônimo disse...

Aumento de efetivo, sem aumento de orçamento para pessoal... adivinhem o resultado... trágico...

Anônimo disse...

Sempre que recebemos um reajuste (esmola) a mídia adora mostrar o impacto desse reajuste (esmola) nos cofres públicos e repetem incansavelmente qual esse impacto. Detalhe que isso é só e somente só quando se trata de militares. Outras categorias recebem índices muito maiores em período de tempo muito menores e não se fala em impacto nos cofres públicos. Agora com esse aumento de efetivo qualquer percentual representará um impacto muito maior para alegrar nossa mídia revanchista e nossos políticos enganadores. É lógico que o governo não está preocupado com necessidade de efetivo, justamente porque não se preocupa em nada com segurança nacional, isso tudo é só mais uma manobra muito articulada para atingir em cheio qualquer possibilidade de corrigir as distorções que fazem as FFAA definharem.

Anônimo disse...

O que esse governo PTista quer colocando mais efetivo das FFAAs é o aumento da mão de obra barata!! A presidente descobriu que o Exército é eficiente em obras públicas, faz mais do que as empreiteiras com menos dinheiro e ainda devolve aos cofres públicos o que sobra, não é preciso pagar hora extra aos militares, porque eles não tem direito, não corre o risco de greve, porque são proibidos de fazerem greve, dão uma mixaria de aumento dividido a perder de vista e eles não podem reclamar, paga um salário-família de R$ 0,16 centavos, é o que vale o dependente de um militar e por fim, escravizar as FFAAs!!!!

Anônimo disse...

Acredito que os maiores propagadores da carreira militar somos nós militares, porém, para quem me pergunta, eu sempre aconselho seguir outros rumos profissionais, pois nossa situação está ruim e sem perspectiva de melhoras.

Anônimo disse...

PUTZ...PENSEI QUE ERA 30MIL DE AUMENTO.

Anônimo disse...

Pois é !

Serão mais 30 mil dividindo conosco nada.

Falta material, equipamentos, boas instalações e baixa remuneração, etc ....

Pelas barbas do profetaaaaaaaaa !!!!!

Fuiiiiiiiiii !!!

Marcelo DK disse...

Em 2011 no CMA um general do EME que palestrava sobre a estrutura de pessoal do EB, comentou sobre a grande "rolha" que há - um grande número de 1º Sgt/ST - e que não havia como promover essa turna toda à QAO devido ao efetivo estar desatualizado, fato que agora, com esse aumento de efetivo, vamos ver se te fato eles vão desfazer isso que ELES chamam de "rolha".

Anônimo disse...

Serão 30 mil militares a mais "batendo cabeça" e "coçando o badalo" dentro dos quartéis.
Mal temos trabalho para os que já existem e, ainda incorporará mais 30 mil (metade do efetivo atual da FAB).
Nós estamos na contramão, ao invés de melhorarmos em treinamento e equipamentos de modo que um militar bem treinado valha por dois - nós atualmente somos totalmente destreinados, vide o treino durante 4 meses antes de ir para o Haiti - nós iremos apenas colocar mais água no feijão.

Anônimo disse...

Vejamos, até na lavoura chegou-se a conclusão que a forma de dar maior lucro é diminuindo o efetivo e capacitando melhor o existente e aumentando o investimento no material, o Exército formado por homens "tão capacitados" esta fazendo justamente o contrario do que manda a novas regras globais. Está chegando a hora de dizer MEUS PESAMES a esta instituição.

Anônimo disse...

Isso significa que teremos uma tropa ainda mais despreparada e desmotivada do que aí está. Essa corja do governo
aos poucos vão minando as resistências para se implantar o tão propalado exército do povo como consta no Foro de São ´Paulo. Acredito que em breve teremos uma tropa nos moldes da Coréia do Norte. Fala sério? ainda bem que daqui a dois anos eu estarei indo para reserva.

Anônimo disse...

Isto é prá formar uma guarda bolivariana igual na Venezuela !!! vem coisa aí hein ...

assinado : Sargento Quixaba e meu amigo Praça de Pret

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics