29 de setembro de 2013

Cabo do Exército é acusado de atirar em duas pessoas

foto
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News
Revólver encontrado com militar foi apreendido
Dourados (MS) - O cabo do Exército Paulo André Zaratz Pinto, de 39 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar na madrugada de hoje (28), em Dourados, acusado de atirar em duas pessoas. Testemunhas disseram à Polícia Civil que ele “mexeu” com uma adolescente, que contou isso ao namorado, também menor de idade. Acompanhado de um amigo, também adolescente, o garoto foi tirar satisfações com o militar, que estava com um colega, Wagner de Oliveira, de 23 anos.
Iniciou-se uma discussão e Paulo teria sacado a arma e ameaçado o adolescente. No meio da confusão, conforme as testemunhas, atirou na região genital do próprio amigo, que estava justamente tentando impedí-lo de atirar. A mesma bala que atingiu o jovem acertou o acompanhante do namorado da adolescente.
Paulo socorreu Wagner e o levou para o Hospital da Vida. O garoto de 16 anos, ferido na perna, foi encaminhado ao local por conhecidos. Os dois permanecem internados em estado grave, mas não correm risco de morte. A PM prendeu o cabo do exército por lesão corporal dolosa grave. O revólver calibre .38 que estava com ele foi apreendido. Paulo foi encaminhado para o 1º Distrito Policial e depois entregue ao comando do exército em Dourados. Segundo a Polícia Civil, ele já tinha passagem por homicídio.
(Com informações do Dourados News)
Correio do Estado/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics