31 de maio de 2013

Ceará: tentativa de invasão a depósito de armas do Exército acaba em tiroteio

Nota do editor:
Notícia atualizada de acordo com publicação do Estadão, mais completa do que a anterior

Quadrilha tenta roubar armas de grosso calibre do Exército brasileiro no Ceará
Os ladrões trocaram tiros com os sentinelas do quartel de suprimentos em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza, mas acabaram fugindo sem nada levar nesta sexta-feira

Uma quadrilha de assaltantes tentou, na madrugada desta sexta-feira, roubar armas de grosso calibre do Exército brasileiro ao invadir o quartel de suprimentos em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. Os ladrões trocaram tiros com os sentinelas do quartel, que pertence à 10ª Região Militar, e acabaram fugindo sem levar nada.
A Polícia foi acionada e levanta a suspeita de que a quadrilha é formada por assaltantes de bancos que vem agindo nos últimos dias em cidades cearenses. Foram anotados arrombamentos de caixas em Palmácia, Coreaú, Fortaleza e Parambu. A quadrilha, além de armas de grosso calibre, usa explosivos para denotar os caixas eletrônicos e levar o dinheiro.
Até agora nenhum dos invasores do quartel do Exército foi preso. A caça à quadrilha continuou durante toda a tarde, sem sucesso na captura. O quartel de suprimentos de Maranguape serve também de campo de treinamento dos soldados do Exército. Na troca de tiros ninguém saiu ferido. O ataque na madrugada, segundo a Policia, seria por uma oportunidade de encontrar o quartel sem tanta segurança. Mas os sentinelas agiram de pronto e evitaram o roubo de armas de uso exclusivo do Exercito.
Estadão/montedo.com

3 comentários:

Anônimo disse...

Não consigo entender, como nós, do Exército Brasileiro, que somos treinados para o pior, que é a Guerra.
Não conseguimos defender nem nossas próprias Unidades Militares.Isso é a falta de operacionalidade em sí,pois o que acontece é que na hora do pernoite a peça principal que é o Of de Dia, só sabe é encher de bobagens e restrições o pobre do Soldado.Além de cobrar aqueles procedimentos arcaicos de abordagem.Tais regras de engajamento se forem todas executadas o soldado já tem sido alvejado.

Sgt Suerlândio disse...

O que, somos Forças Armadas e quem tá nos protegendo é a PM!!
Onde está o senso de combate de nossos militares do EB.
Caramba é por isso que me chamam de louco,pois se fosse eu de serviço não queria nem saber metia 9mm e 7,62 nesses marginais e faria minha própria guerra.

Anônimo disse...

Está claro que os soldados protegeram a OM. Tanto que não houve roubo de armamento. Quanto a segurança do bairro e do município, isto é missão da PM. Parabéns a Gda e ao Cmt Gada. Brasil!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics