13 de março de 2013

Brasil e Espanha discutem aproximação das forças armadas e da indústria

De acordo com Celso Amorim, ministro da Defesa do Brasil, o objetivo da reunião foi ampliar o diálogo bilateral nesse tema, repetindo, por exemplo, a parceria que os países têm em aeronáutica

Brasília – Os ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e da Espanha, Pedro Morenés, se reuniram nesta terça-feira (12/3) para discutir a aproximação das forças armadas e da indústria de defesa dos dois países. A vinda de Morenés a Brasília é um desdobramento da visita da presidente Dilma Rousseff à Espanha, em novembro de 2012, quando levou consigo um grupo de trabalho com especialistas na área de defesa.
De acordo com Celso Amorim, o objetivo da reunião foi ampliar o diálogo bilateral nesse tema, repetindo, por exemplo, a parceria que os países têm em aeronáutica. Além disso, o Brasil comprou navios de superfície espanhóis e reformou embarcações brasileiras, no âmbito do Programa de Obtenção de Meios de Superfície (Prosuper), cujo objetivo é a renovação da frota de superfície da Marinha.
Foi discutida também a possibilidade de desenvolver outros projetos, como a cooperação espanhola na prevenção e no combate a desastres naturais e catástrofes; e a ampliação do intercâmbio entre militares brasileiros e espanhóis. Atualmente, há cerca de 18 brasileiros em escola militar da Espanha e três militares espanhóis estudando no Brasil.
“Independentemente das posições estratégicas que tenham, é importante que o Brasil e a Espanha tenham vínculos estreitos, pois compartilhamos princípios”, disse Amorim. Ele ainda aproveitou para confirmar a presença espanhola na próxima Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa, que vai ocorrer em abril do próximo ano, no Rio de Janeiro.
Os ministros divulgaram nota conjunta sobre o encontro.
Agência Brasil/montedo.com

5 comentários:

PINTO disse...

Pô, mas a Espanha não está dissolvendo aos poucos suas FFAA ? Anunciou até um programa governamental e um planejamento de longo prazo pra isso !

Ah! Já sei!

Celso Amorim deve estar buscando know how pra implantar o PAC da bancarrota das FFAA brasileiras.

Anônimo disse...

PINTO, a Espanha não está dissolvendo suas forças armadas. Tudo não passou de um hoax da internet.

Anônimo disse...

Montedo, lembra do avestruz master uma quantidade muito grande de militar entrou nesta fria. Agora a onda do momento é a telexfree. a Carta Capital publicou uma materia interessante sobre esta piramede.

Anônimo disse...

Também achei estranho, pois há pouco tempo li na internet que a Espanha estaria extinguindo suas FFAA. Por consequência o anúncio desta aproximação das FFAA brasileira com a espanhola.

Anônimo disse...

MPF move ação pelo fim da obrigatoriedade do Bilhete Único para militares

RIO - O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro (RJ) moveu ação civil pública contra a União com pedido de liminar para que os órgãos dos Comandos Militares do Rio de Janeiro façam o pagamento do auxílio-transporte dos militares em dinheiro e deixem de impor o cadastro compulsório no sistema do Bilhete Único. O MPF pede ainda que os órgãos administrativos dos Comandos Militares se abstenham de coagir os militares a declararem valores falsos em seus pedidos de auxílio-transporte e que deixem de aplicar sanções disciplinares aos que se recusarem a aderir ao bilhete único, já que, no caso específico do Centro de Instrução Almirante Alexandrino, localizado no bairro da Penha, os militares que se negaram a fazer tal declaração foram constrangidos a passar dias inteiros em pé no pátio, como forma de punição.

De acordo com a ação, movida pelo procurador da República Edson Abdon, o MPF recebeu representações relatando que os militares estariam sendo coagidos a aderirem ao sistema do Bilhete Único como forma de pagamento do auxílio-transporte e obrigados a fazer declarações de valores inferiores ao que realmente necessitam, muito embora o auxílio-transporte não possa ser inferior ao valor mensal efetivamente despendido pelo militar com o transporte, devendo ser pago em dinheiro.

http://oglobo.globo.com/rio/mpf-move-acao-pelo-fim-da-obrigatoriedade-do-bilhete-unico-para-militares-

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics