25 de março de 2013

Audiência Pública: militares pedem nivelamento de salário com outras carreiras

Militares pedem nivelamento de salário com outras carreiras

Marilia Coêlho
Em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado, representantes dos militares ativos e aposentados debateram a defasagem na remuneração do setor. Ao final da audiência, o senador Paulo Paim (PT-RS), que a presidiu, prometeu encaminhar um documento com o pleito da categoria às autoridades competentes.
Segundo relatos dos participantes da audiência, desde a edição da Medida Provisória 2215/2001, a situação dos militares começou a se deteriorar progressivamente. A MP acabou com gratificações como adicional de inatividade e o chamado “posto acima” - promoção que o militar recebia ao passar para a reserva. Outros auxílios também foram retirados pela medida, como o auxílio moradia e a licença-prêmio.
O presidente da Associação dos Militares da Reserva, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas, Genivaldo da Silva, citou essas perdas como um dos principais motivos da defasagem de remuneração.
- Por isso que nós estamos hoje com um salário superdefasado. E além dessas questões aqui citadas, nós ficamos dez anos sem um real de aumento – disse.
Genivaldo informou que um segundo-sargento das Forças Armadas ganha R$ 2,7 mil com 30 anos de serviço. Um capitão das Forças Armadas recebe R$ 5,3 mil – salário considerado baixo se comparado a outras categorias.
- Ganha menos do que um soldado da Polícia Militar do DF e dos Bombeiros, que são excelentes profissionais. Nós tiramos o chapéu para eles, mas não podemos ganhar menos do que eles.

Salário-família
Outra reclamação recorrente durante a audiência foi o salário-família que os militares recebem para ajudar no custeio da educação de seus dependentes, no valor de apenas R$ 0,16 por filho. A presidente da Federação da Família Militar, Rita Deinstmann, comparou o benefício ao que recebe a família de um presidiário.
- Por que o dependente de um presidiário recebe R$ 915 e nós recebemos R$ 0,16? É uma vergonha! – reclamou.
O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) esteve na audiência e deu apoio aos militares. Para ele, a valorização da categoria deve ser uma questão de interesse nacional, devido à importância do trabalho no país. Segundo o senador, a defesa de riquezas como a Amazônia e o pré-sal é um imenso desafio para o Brasil, que conta com as Forças Armadas.
- Hoje vivemos num ambiente de paz, e todos nós torcemos para permanecer assim. Mas a gente sabe que não pode se descuidar para uma eventualidade de o Brasil ter que defender o seu território ou suas riquezas. Portanto, a questão dos militares não é uma questão apenas dos militares – afirmou Rollemberg.
Paim sugeriu a realização de uma reunião com a categoria em seu gabinete para formular um documento com o pleito dos militares e prometeu todo o apoio para sensibilizar as autoridades competentes.
- Farei de tudo para ajudar para que os pleitos cheguem lá e que, oxalá, eles sejam efetivamente atendidos – prometeu.
Agência Senado/montedo.com

18 comentários:

Anônimo disse...

Medida Provisória 2215/2001 (LRM), mais conhecida como MP do Mal.

Excelente ! Parabéns a todos que se empenharam e participaram, especialmente a iniciativa das Diretorias da => AMARP-DF, APRAFA, QESA, COFAMIL e FAMIL-DF.

Melhor vídeo sobre a audiência:
http://www.senado.gov.br/noticias/TV/programaListaPadrao.asp?IND_ACESSO=S&IND_PROGRAMA=S&COD_PROGRAMA=51&COD_VIDEO=227286

JUNTOS SOMOS FORTES.

Anônimo disse...

16 centavos é muito mais do que uma vergonha, é um ultraje, uma humilhação!

Anônimo disse...

2700 com 30 anos de serviço? Segundo-sargento? Reportagem mal embasada. Capitão ganha 5300 liquido né. O militar gosta de comparar seu salário liquido com o salário bruto de outras profissões.
Só uma observação: não estou falando que ganhamos bem...

Anônimo disse...

Enquanto isso nosso Glorioso Comandante ficar visitando as Unidades do Forte Apache para uma daquelas reformas que já foram reformadas. Trocar cadeiras que foram trocadas ontem, derrubar paredes que já foram derrubadas. É isso que acontece lá. Pilas e mais pilas de papel que não serem para nada. MATRIX.

Anônimo disse...

Precisa haver uma campanha virtual em prol disso. Devido as limitações geográficas é impossível a participação da maioria, todos os interessados precisam participar de alguma forma. As eleições estão chegando e essa massa poder fazer a diferença nas urnas

Anônimo disse...

Gente blá blá blá continua quantas audiência publica é necessário para resolver certos problemas as eleições vão chegar e não vai ser resolvido esses empeces, 28,86%, Posto acima, promoção dos Sgts Qes, isso tudo é blá blá blá para idiotas acreditares em quanto isso alguns vão deitando e rolando com a palhaçada.

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKK.....PELO QUE ENTENDI O DEPUTADO "ACHA " QUE MILITAR DAS FORÇAS ARMADAS SÓ PODE GANHAR "BEM" OU PELO MENOS UM SALÁRIO DIGNO E JUSTO, EM TEMPOS DE GUERRA!!!ARREGO DEPUTADO ROLEMBERG...ENTENDI SUA FILOSOFIA ENH!!!

Anônimo disse...

Só politicagem barata. Esse Senador Paim vem do ninho da corja. Ele fez a mesma coisa com os aposentados. Só trouxa mesmo para ir atrás de conversa fiada de políticos demagogos. Anotem aí o que estou dizendo.

Anônimo disse...

Sou 1º Sgt e estou muito motivado,entusiasmado, embasbacado com o reajuste que será pago na próxima semana. Após 3 anos sem nenhuma reposição salarial, o meu salário aumentará R$ 250,00. Agora, com mais de 20 anos de serviço, ganharei R$ 4.150,00. Uma verdadeira maravilha. O melhor é saber que em 2014 e 2015, virão mais esmolas de 9%,ou seja, uma carreira brilhante e futuro muito promissor nos esperam...

Anônimo disse...

Obrigado a todos e por favor, não deixem esse movimento esmurecer! Apoio total!

Jor Mont disse...

Alguém sabe onde podemos assistir essa Audiência Pública. Não pude assistir no dia. Grato.

Anônimo disse...

Se o militar acima, ler os comentários, certamente, verá o link da audiência no 1º comentário, mastigadinho c. Eu heim !

Anônimo disse...

É Mil é bicho bobo mesmo né, acreditar em político q. falta de conhecimento, pergunto o q estes Dep. fizeram de concreto p/ os Mil., não se esqueçam ano q vem tem eleição e os troxas dos Mil. acreditam neles, pobre de nós.

MacGyver63 disse...

Td que foi falado acima não passa de falácia, ha 18 anos na reserva e boa parte da ativa so tive a ouvir conversa, vejamos o "PT E A CAMBADA DE POLITICOS ERA 64 CASSADOS ETC", primeira coisa que Lula e petralhas fizeram foi tirar as pedras do caminho EX MAR E AERONAUTICA, suteando em tds os sentidos, e as outras deu dinheiro pra se calarem como CNBB, UNE, MST e outras mais, esperar desse governo e politicos, é ruim, cada dia mais fundo buraco.!!!

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Precisa haver uma campanha virtual em prol disso. Devido as limitações geográficas é impossível a participação da maioria, todos os interessados precisam participar de alguma forma. As eleições estão chegando e essa massa poder fazer a diferença nas urnas

Anônimo disse...

E ainda tem militares que acreditam em fada do dente e saci pererê ! O PT veio com o propósito de enfraquecer as FFAA e humilhar aqueles que um dia sonharam com um país livre do comunismo e dos "heróis" dos guerrilheiros tais como Mao,Fidel etc... Não acreditem que isto mudará pois estão nos cozinhando em banho maria há muito tempo e depois deste reajuste em tres anos posso dizer que não vislumbro uma luz no fim do túnel !! é só falácia e como não temos quem nos represente e nos defenda,estamos fadaos ao pior !!!

Anônimo disse...

E ainda criticamos a Venezuela, Cuba... Acordem militares!!!!!!!

Jaccques disse...

Não esqueçam...NOSSOS CHEFES CONTINUAM ATENTOS AOS ANSEIOS DA TROPA

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics