18 de fevereiro de 2013

Quanto ganham os militares americanos? (II)

Oficiais...
A carreira de oficial das Forças Armadas Americanas e alistados possuem realidades diferentes, porém recompensadoras. Escolher ser um oficial ou alistado possui diferentes requisitos, compromisso e responsabilidades, e claro, servir no exército pode ser totalmente diferente de servir na marinha. Como me alistei na ativa do Exército dos Estados Unidos, sempre vou falar mais desta força, logo, para ser um oficial do Exército aqui existem alguns caminhos, são eles:

Academia Militar
Podemos fazer uma comparação com a Academia Militar das Agulhas Negras em Resende, no Brasil. Aqui, nos EUA, está localizada em West Point, no estado de Nova Iorque, oferece o diploma de bacharel em engenharia e artes liberais e os formados nesta academia recebem a patente de Segundo Tenente. A competição para ingresso é muito acirrada e normalmente uma entrevista para admissão só é conseguida através da indicação por um Senador e o processo se inicia quando o candidato está no início do ensino médio, a High School.

Escola para Candidatos a Oficiais
Com uma duração de 14 semanas, é um curso destinado a alistados e civis que possuem algum tipo de formação superior, este curso é responsável por cerca de 70% dos oficiais do Exército hoje.

Apontamento Direto
O exército oferece apontamentos diretos a especialistas em determinadas áreas como Médica, Legal, Ministerial assim como algumas áreas técnicas.
Os salários e benefícios para um oficial também são diferentes do que para um alistado, mas em contrapartida, em alguns casos a promoção é mais difícil. A hierarquia dos oficiais para o exército é:
O-1 - Segundo Tenente
O-2 - Primeiro Tenente
O-3 - Capitão
O-4 - Major
O-5 - Tenente Coronel
O-6 - Coronel
O-7 - General Brigadeiro
O-8 - General Major
O-9 - General Tenente
O-10 - General

Vejamos a tabela salarial para oficiais para o ano de 2012 em dólares:


No meu post sobre alistados, eu mencionei o BAS ( Mesada para Alimentação), para os oficiais esta mesada é menor, cerca de $130,00. O motivo disso? Balancear mais os salários dos oficiais e alistados. Não entendam mal, mas aqui vejo que há um orgulho maior em ser alistado do que oficial. Então imagino que o congresso sempre dê um jeito de aumentar onde pode a remuneração dos alistados.Quanto a outros benefícios como Saúde, Educação (GI Bill) e redução de impostos, estes se mantém tanto para alistados como para Oficiais.
Um Brazuca na Army/montedo.com

8 comentários:

Anônimo disse...

Como o Brasil e o EB gostam de copiar tudo de fora devia copiar esse modelo também. Será? Acho que não, copia-se somente oque tem de ruim.

Anônimo disse...

PARABÉNS PELAS INFORMAÇÕES. Poderá elucidar muita coisa para rebeldes que insistem em denegrir as FFAA. O tempo passa e com ele vamos nós...

Anônimo disse...

Temos que observar que os valores da tabela são em Dólares, ou seja, multipliquem os valores da tabela por 2. Some-se a isso o auxilio moradia, caso não tenha PNR, auxilio alimentação e custo de vida, dependendo da localidade. E ainda tem gente aqui comparando e dizendo que nós brasileiros estamos "bem" em relação as militares dos EUA. Não tem nem comparação a diferença. Sem contar que os militares de lá tem vários benefícios dos governos que os isentam de alguns impostos e tem convenios com diversas empresas para conceder descontos aos militares, como diárias mais baratas em hoteis, entrada franca em parques de Orlando, são valorizados, tem prioridades no "check in" de aeroportos, descontos em faculdades, entre outros...iqualzinho no Brasil...

Anônimo disse...

Anônimo de 19/02 00:01, pelo jeito sua interpretação dos fatos estão um pouco distorcidas, o senhor é oficial?

Anônimo disse...

Eu prefiro ganhar pouco e continuar nessa mamata chamada EB, pessoal, façam merecer seu salário! Não trabalhe!

Tiago disse...

e lá vai mais um começar a briga praça x oficiais...

Anônimo disse...

Eu fui oficial e acabei de ir para reserva. Foram exatos 30 anos de serviço. Por quê fui embora? Porque não ganaharia um centavo a mais se continuasse trabalhando e com a miséria que recebo não posso pagar uma faculdade particular para a minha filha. E fui oficial. Um graduado então, ou vai morar no interior, ou no nordeste e assim consegue pelo menos tomar uma cerveja a cada fim de semana. Temos que nos unir e não nos atacar. A solução está fora da caserna, com a política salarial que não é legalizada. Cadê a nossa LRM??????? Pensem nisso e parem de conversinha mole!!!

Anônimo disse...

Ô coroné aposentado!
Você tem idéia de como é o salário do oficial americano na "reserva"? Não né! Pois saiba que lá ninguém recebe INTEGRAL na reserva não. O salário baixa mais de 40%....

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics