18 de fevereiro de 2013

Pois não é mesmo?

Recordar é viver

Um curioso achou uma breve declaração de Nosso Guia num depoimento a Ronaldo Costa Couto, publicado em seu livro “História indiscreta da ditadura e da abertura”.

Em 1989 Lula dizia o seguinte:

“E depois tem outra coisa: o medo de largar o poder. As pessoas gostam do poder. O poder é uma coisa muito filho da puta. As pessoas dizem que estão cansadas, que estão velhas, que trabalham muito, mas ninguém larga o poder. E eu acho que os militares gostaram do poder.”

Os militares chegavam ao poder sem voto. Lula e seus postes ocupam-no pela vontade popular, mas nenhum general meteu-se no governo de seu sucessor nem tentou voltar à Presidência.
Ancelmo Góis/montedo.com

Um comentário:

Anônimo disse...

E nenhum general-presidente morreu rico! Em compensação, hoje em dia é tudo bem diferente: toda a"cumpanherada" e sua prole, como num toque de magia, ficam milionários da noite para o dia. Vide o lulinha, por ex, um verdadeiro gênio. Cambada de sem vergonha!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics