11 de fevereiro de 2013

"Isso é tudo, bum, e acabou", diz militar americano que matou Bin Laden

Militar que matou Bin Laden conta como tudo aconteceu
Um soldado das forças especiais americanas que mataram Osama bin Laden narrou, em entrevista à revista Esquire, a operação contra o líder da Al-Qaeda no Paquistão na madrugada de 2 de maio de 2011.
Esconderijo onde Bin Laden foi morto
Esconderijo onde Bin Laden foi morto (Aamir Qureshi)/AFP
"Isso é tudo, bum, e acabou", contou o pai de família de 35 anos, que falou na condição de permanecer no anonimato, referindo-se ao momento que entrou no quarto em que se encontrava Bin Laden, explicou que tudo foi muito rápido.
Ele foi o primeiro a entrar no quarto localizado no terceiro andar da residência de Bin Laden em Abbottabad. O chefe da Al-Qaeda estava na escuridão, sem poder ver nada, enquanto que a equipe de soldados estava equipada com lentes de visão noturna.
"Bin Laden estava lá, de pé. Tinha as mãos nos ombros de uma mulher, e a empurrava para frente, não exatamente para mim, mas na direção do ruídos dos passos. Era sua esposa mais jovem, Amal", narrou.
Ele disparou duas balas e depois uma terceira na cabeça do homem mais procurado do mundo. A ação durou uns 15 segundos desde a chegada ao terceiro andar.
"Todo mundo o queria morto, mas ninguém queria dizer: 'ei, você vai matar este homem'. Estava implícito", explicou o integrante da famosa equipe 6 dos Navy Seals
AFP/montedo.com

Comento:
Pelo que entendi, o valente usou a mulher como escudo. Além de louco e assassino, covarde.

Um comentário:

Anônimo disse...

Morreu com sempre viveu, atrás de inocentes ignorantes! Ou pelo menos acredita-se que morreu, vá saber...
Infa Brasil!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics