26 de fevereiro de 2013

Cirurgia inédita em MS melhora vida de tenente do Exército vítima do Mal de Parkinson

Militar de MS com Mal de Parkinson melhora vida após 2 anos de cirurgia
Após anos sem executar atividades simples, voltou a ter rotina normal.
Procedimento cirúrgico deste tipo foi feito pela primeira vez no estado.

Há dois anos, o militar reformado Pedro Beatriz Neto está vivendo uma verdadeira transformação. Ele tem Mal de Parkinson e foi submetido a uma cirurgia inédita em Mato Grosso do Sul. Depois da operação, a vida dele mudou para melhor, conforme mostrou reportagem do MSTV 1ª Edição desta segunda-feira (25).
videoFoi a primeira vez que o procedimento foi feito no estado. Os neurocirurgiões implantaram no cérebro de Neto um eletrodo que recebe pequenas descargas elétricas. A doença reduz a produção de dopamina, um neurotransmissor que manda mensagens para as células e, por isso, não controla mais os movimentos musculares. O eletrodo reativa o mecanismo, liberando descargas que estimulam as células. A cirurgia foi considerada um sucesso.
No aniversário de dois anos da cirurgia, o militar reformado tem muito para comemorar. Depois de ter ficado anos impedido de executar atividades simples, voltou a ter uma rotina normal.
“Hoje eu sou um pai mais presente. Estou acompanhando minha filha nas tarefas diárias do colégio, nós vamos junto com ela na praça, nós vamos passear, vamos no shopping, nos passeios que ele faz eu acompanho tudo. Então a qualidade de vida com ela aumentou bastante, estou sendo um pai muito mais presente. Pelo que estou fazendo hoje e pela minha qualidade de vida, é impossível ficar sem esse aparelho, é um bem-estar muito bom para mim”, relata.
G1 MS/montedo.com

Nota do editor:
Pedro Beatriz Neto é primeiro tenente do QCO (Informática) e está na inatividade desde outubro de 2005.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics