19 de fevereiro de 2013

Acidente entre caminhão do Exército e carro dirigido por idosa tumultua o trânsito em Campo Grande

Carro tomba em acidente com caminhão do Exército e trânsito fica tumultuado

Nícholas Vasconcelos e Helton Verão
Caminhão do Exército atingiu carro Fiesta, que por sua vez colidiu contra Gol que tombou. (Foto: João Garrigó)
Caminhão do Exército atingiu carro Fiesta, que por sua
vez colidiu contra Gol que tombou. (Foto: João Garrigó)
Campo Grande (MS) - Um acidente envolvendo um caminhão do Exército fez um VW Gol tombar na tarde hoje na avenida Afonso Pena, em Campo Grande. Apesar do impacto, ninguém ficou ferido. O veículo militar seguia pela avenida no sentido Centro - Parque dos Poderes na pista do meio quando na altura da rua Padre João Crippa invadiu a faixa da direita onde seguia um Ford Fiesta, conduzido por Otilia Fonseca, 66 anos.
O caminhão atingiu desde a traseira até o meio do carro de passeio, que por sua vez colidiu com o Gol que estava estacionado em frente ao edifício Las Vegas. Com o impacto, o Gol tombou e derrubou muito combustível na pista, que foi parcialmente interditada.
Nervosa e tremendo muito, a condutora do Fiesta disse que tudo foi muito rápido e não teve como impedir a batida. “O caminhão bateu na minha traseira, na lateral, não sei. Só que bateu e eu não tive como controlar”, explicou enquanto tentava se acalmar.
Apesar do susto, idosa não se feriu em acidente na Afonso Pena. (Foto: João Garrigó)
Apesar do susto, idosa não se feriu
 em acidente na Afonso Pena. (Foto: João Garrigó)
Ela disse que mora na rua 15 de Novembro e seguiria pela Afonso Pena até a rua José Antônio. Otília disse que sempre segue pela rua 7 de Setembro, mas que preferiu a Afonso Pena por ser mais rápida.
A avenida permaneceu em meia pista próximo a Padre João Crippa, para que o Corpo de Bombeiros pudesse retirar o combustível que vazou do Gol. Equipes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito), que acompanhavam a apuração das Escolas de Samba de Campo Grande, estão no local para orientar o trânsito que chegou a ficar tumultuado.
De acordo com o sargento Bandeira, o Exército vai avaliar a perícia do seguro de Otília e vai auxiliar no reparo do carro. O caminhão era conduzido por um soldado da PE (Polícia do Exército), que não foi identificado pelos militares. Até o momento, o proprietário do Gol ainda não foi localizado.
Campo Grande News/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics