14 de janeiro de 2013

Reino Unido aumenta efetivo militar nas Malvinas

MALVINAS
Ilhas terão mais 150 militares britânicos

O governo do Reino Unido anunciou que pretende enviar pelo menos 150 homens para reforçar a segurança nas Ilhas Malvinas. A decisão ocorre em meio a um novo impasse com a Argentina, que cobra a retomada das negociações e o direito ao controle das ilhas.
Segundo as autoridades britânicas, o envio dos militares é para proteger eventuais ameaças. Desde o século 19, a Argentina e o Reino Unido disputam o controle das Ilhas Malvinas. As informações são da Agência Brasil.
As ações dos militares consistem em, inicialmente, sobrevoar as Ilhas Malvinas e, depois eles farão patrulhas diárias na região. A previsão é que fiquem dois meses na área. O novo grupo irá se unir aos homens da Royal Air Force (RAF) e da Marinha Real (Royal Navy) britânicas que já estão nas Malvinas.
Em carta enviada ao Reino Unido na semana passada, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, cobrou o direito dos argentinos para o controle das Ilhas Malvinas.
Diário do Nordeste/montedo.com

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics