21 de janeiro de 2013

Minhas desculpas.

Uma viagem inesperada fez com que o blog permanecesse quatro dias sem atualizações. De volta ao posto, retomamos o trabalho. Abaixo, você pode ler as notícias recuperadas do período de 17 a 20 de janeiro.
Vamos em frente.

5 comentários:

Anônimo disse...

Já estava preocupado.... ainda bem que vc voltou....

Um grande abraço

Ten Lopes

Anônimo disse...

Poxa, achei que o blog tinha sido abandonado. Todo dia chego na seção e me atualizo das questões militares por aqui. Aliás, parabenizo você pelo site. É muito útil.

Anônimo disse...

poxa...viciei neste blog...ja sentia falta...

sgt's de Araguari-MG

Anônimo disse...

http://www.jornaldaclube.com.br/videos/8161/sargento-do-ex%C3%89rcito-%C3%89-preso-em-flagrante-furtando

ST de 92

Por isso que não compactuo em agrassões baratas aos oficiais ou praças... Todos farinha do mesmo saco!!

Anônimo disse...

Se ele não pagasse a fiança ele iria ficar preso na delegacia? Não entendo porque o exército não foi comunicado pela delegada. E se não foi flagrante? E a lei 6.880/ 80?
Não estou defedendo este militar, mas temos que exigir o cumprimento da lei.

Art. 74. Somente em caso de flagrante delito o militar poderá ser preso por autoridade policial, ficando esta obrigada a entregá-lo imediatamente à autoridade militar mais próxima, só podendo retê-lo, na delegacia ou posto policial, durante o tempo necessário à lavratura do flagrante.

§ 1º Cabe à autoridade militar competente a iniciativa de responsabilizar a autoridade policial que não cumprir ao disposto neste artigo e a que maltratar ou consentir que seja maltratado qualquer preso militar ou não lhe der o tratamento devido ao seu posto ou graduação.

§ 2º Se, durante o processo e julgamento no foro civil, houver perigo de vida para qualquer preso militar, a autoridade militar competente, mediante requisição da autoridade judiciária, mandará guardar os pretórios ou tribunais por força federal.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics