13 de janeiro de 2013

Medo da baixa...

5 comentários:

Anônimo disse...

Uéeeeeeeeeee!!!!!!!!
Tem gente que gosta e quer ficar no EB???!!!!!!!!!!!!!
Não pode!!!!!
Este deve estar louco!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Se tivesse dado o gás, não estaria preocupado com isso. É isso que dá se arrastar por quase um ano, dar um monte de alteração e só querer mostrar serviço 15 dias antes da baixa... Esquenta não... No meio civil é pior. Lá tem "Justa Causa", algo que ainda não existe nos quartéis...

Anônimo disse...

Tem muita gente que quer ficar no EB. A realidade no interior do pais é diferente das capitais. Ainda existem cidades nas quais o exercito, além do prestigio, oferece um salário acima da media para uma mão de obra pouco qualificada.

Anônimo disse...

Realmente, eu, como Sgt nos meus 15 anos de serviço tenho notado uma baixa cada vez maior na qualidade da mão-de-obra dos Sd que vêem prestar o serviço militar obrigatório. O Exército atualmente virou um tipo de reformatório que só servem os filhos de pobres e o restante com problemas sociais. Há muito tempo não vejo algum militar do efetivo variável oriundo das famílias abastadas aqui da cidade. Para essas criaturas que mal sabem ler e escrever, logicamente é um sonho de consumo poder ascender ao soldo de Sd NB.

Anônimo disse...

Há dez anos no EB nunca vi ninguém de família abastada servir ao EB. Infelizmente é a realidade. Já servi no Sul, sao Paulo, agora centro oeste... Nunca vi. Agora, não tem como negar que num interior do Brasil o salário de Sd ep, que muitas vezes ganha 10% (o de cabo nem se fala, praticamnete 2 mil reais) é sim um excelente salário. No máximo os caras tem ensino médio, como ganhar esse dinheiro em outra profissão? Quem faz um comentário desses não tem vivência nacional, acha que a realidade de sua cidade é igual a do brasil como um todo. Nosso país é um país pobre!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics