12 de janeiro de 2013

Me engana que eu gosto: sargento é preso após furar blitz e tentar subornar PMs com R$ 200 mil

Sargento é preso após furar blitz e tentar subornar PMs com R$ 200 mil
Segundo delegado de Olinda, ele apresentava sinais de embriaguez.
Além de dirigir com habilitação do irmão, militar ofereceu R$ 200 mil aos PMs.

Um sargento da Aeronáutica foi preso, na madrugada deste sábado (12), em Olinda, após furar uma blitz do Batalhão de Polícia de Trânsito montado na Avenida Pedro Álvares Cabral, no bairro de Jardim Atlântico. De acordo com o delegado Edinaldo Carvalho, o militar apresentava sinais de embriaguez, estava com a carteira de habilitação do irmão e ainda tentou subornar os PMs para resolver a questão.
"Os PMs se encontravam fazendo o trabalho de rotina, com abordagem em condutores, quando o sargento não atendeu a ordem para parar. Ele saiu em desabalada carreira, os PMs saíram em perseguição, e dois quilômetros adiante conseguiram pegá-lo. Foi constatada toda a sintomatologia de embriaguez", assegura o delegado.
O policial conta ainda que o sargento dirigia com a habilitação do irmão porque a sua própria já havia sido cassada. "No momento da abordagem, ele chegou a ofertar R$ 200 mil para que tudo fosse solucionado ali", conta o policial.
Levado para a delegacia de plantão, o militar foi autuado em flagrante por condução de veículo em via pública com sintomas de embriaguez, apresentação de documento alheio como sendo próprio e tentativa de suborno. "Como a pena por esses crimes, somada, é maior que 4 anos, não cabe fiança. Ele ficará detido, à disposição do Judiciário".
O comando da Aeronáutica informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vai comentar o caso.
G1 PE/montedo.com

Comento:
Duzentos mil?!?! Mazzzzááááá, sargentão, seu!

12 comentários:

Anônimo disse...

Essa cara tava doidão mesmo !!! Duzentos Mil !!! muito louco kkkkkk

Anônimo disse...

Essa é a famosa conversa de "mamau" pra delegado!Se fosse 200 reais, tudo bem, mas 200 MIL??? POR FAVOR, CONTA OUTRA...

Anônimo disse...

Deve ser um dos moralistas de plantão que adoram criticar os outros!!!!!!!

Anônimo disse...

É óbvio que o cara tava bêbado. Se tivesse realmente duzentos mil, tentaria subornar o juiz e não os policiais.

Anônimo disse...

Ahhhhhhh se fosse um oficial!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

O cara tava mamadaço. Ninguém com 200 mil na conta tentaria subornar um policial. A fiança que pagaria (se não tivesse tentado o suborno) seria infinitamente menor.

Anônimo disse...

Esses 200 mil eram do consignado que ele acabara de fazer, pra cobrir o rombo do cheque especial... Agora, vai ter desconto no contracheque durante 3 encarnações.

Anônimo disse...

Pagou o preço por acochambrar o TAF. Se tivesse o preparo físico em dia, JAMAIS seria alcançado, na "desabalada carreira", por um PM de Olinda. Deu mole! kkkkkk!

Anônimo disse...

Olha, se fosse um oficial, esse post já teria atingido uns 300 comentários (rsrsrsrrs).

Anônimo disse...

200 mil? Rsrsrs tava bêbado, com certeza! Hehehehehe

Anônimo disse...

200 mil? Se fosse no DF até seria crível, haja visto o justo saldo da PM de lá.

Anônimo disse...

São os mesmos moralistas que não comentaram a dias, o Sgt Ae Estuprador!!!!!!
Na hora de criticar são uns leões... Mas no dia a dia, farinha do mesmo saco!!!!!!

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics