26 de dezembro de 2012

Soldado do Exército é suspeito de duplo assassinato em Recife

Homem e mulher são mortos em PE; suspeito é soldado do Exército
Investigado é ex-genro de uma das vítimas.
Os corpos foram encontrados numa quadra poliesportiva no bairro do Pina.
video

Duas pessoas foram assassinadas na madrugada desta terça-feira (25), no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, por volta das 3h, no conjunto residencial Via Mangue I. De acordo com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), as vítimas são um homem e uma mulher, de 20 e de 36 anos, respectivamente.
Segundo a delegada Andréa Melo, um soldado do Exército é suspeito do crime. Durante a noite de Natal, ele teria se envolvido em uma briga com a ex-sogra, uma das vítimas, por causa de dinheiro. "Havia discussão por conta da pensão alimentícia de um filho menor. A sogra sempre questionava ele", explicou a delegada.
As famílias moravam perto e comemoravam o Natal juntas, na calçada de um dos dois prédios do conjunto. Ainda de acordo com a delegada, a ex-sogra chegou a agredir o suspeito durante a discussão, que revidou a agressão antes de buscar a arma. Ele disparou três tiros contra a ex-sogra e também atirou contra o atual namorado da ex-companheira, o jovem de 20 anos que morreu. "Tentou também matar a ex-mulher, mas não tinha mais munição, a arma travou", conta a delegada.
Os corpos serão encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. O suspeito está foragido.
G1 PE/montedo.com

9 comentários:

Anônimo disse...

Caro Montedo, gostaria de fazer algumas considerações. Sou Oficial QAO e venho reparando algumas mudanças nas OM em que sirvo e algumas outras que às vezes vou a serviço. Uma das situações que mais está me chamando a atenção é o trato entre os militares. Frequentemente vejo subordinados se dirigindo ou se referindo a superior sem o devido cumprimento do Estatuto dos Militares e do RDE. O Posto ou a Graduação estão ficando em desuso, antiquado. Recrutas chamando Cb, Sgt e até Oficiais pelo nome. Isto na presença de outros militares mais graduados, que não se incomodam. Certa feita chamei a atenção de um St que se referiu a um Oficial pelo nome e todos que se encontravam no local ficaram surpresos, como se o procedimento do St fosse normal... Exatamente o que o governo petista deseja. Quebra da hierarquia e da disciplina nas Forças Armadas.

Anônimo disse...

Sr Anônimo das 08:17;
Logo o Sr vai ser bombardeado pelos críticos de plantão!!!!!!
O que me deixa um pouco mais tranquilo é que eles, normalmente são os medíocres da nossa classe!!!!!
Críticam porque é o que lhes resta a fazer!!!!!!!!
A maioria continua sendo o silêncio dos bons!!!!!

Américo disse...

ah... se quebrar a hierarquia e a disciplina a vaca vai pro brejo mesmo!!!embora saibamos que a petralhada ta pintando e bordando num pais chamado Brasil. Haja visto um ex guerrilheiro, inimigo das FFAA que permaneceu no Ministério da Defesa enquanto o STF não o condenou; ainda de sobra foi condecorado com a Medalha do Pacificador. Que vergonha!!!

Anônimo disse...

Ainda Bem que não são todos os "Oficias QAO" e Oficiais de Carreira que pensam desta maneira.

Porque este (26 de dezembro de 2012 08:17) "OFICIAL QAO" (Praça por mais de vinte anos) não chamou a atenção do oficial que deixou ser chamado apenas pelo nome ("na presença de outros militares mais graduados, que não se incomodam"), é mais fácil chamar a atenção do ST que tem que ficar quietinho se não perde a promoção. Acho que este "OFICIAL QAO" esqueceu como foi tratado quase a sua carreira inteira pela FORÇA, como um ninguém, um ser invisível quase sem nenhum direito. E se quer culpar alguém pelo que está acontecendo, culpe os Chefes Militares que não ligam a mínima para a situação de seus subordinados, o PT (ou qualquer outro partido político) não tem nada a com isso. Para se conhecer uma pessoa como realmente é, lhe dê um chicote, não era a toa que na época da escravidão muitos capitães do mato eram ex escravos negros que perseguiam sua própria gente com crueldade. Outra coisa, deveria usar suas brilhantes estrelas para fazer considerações contra o tratamento ainda desigual que é dado as praças pelos Oficiais. UMA VERGONHA vindo e um praça que está Oficial. Para se ter pespeito não precisa ter uma estrela nos ombros e um chicote na mão, basta ter humildade e bom senso.

Anônimo disse...

Comentário infeliz do "OFICIAL QAO"(26 de dezembro de 2012 08:17).

E medíocre (Anônimo 26 de dezembro de 2012 11:26) é uma palavra um tanto forte vindo de um Oficial ou um Praça Babão e alienado que nada faz ou fez para mudar a situação de seus subordinados.

Anônimo disse...

Boa tarde a todos,

É com muita tristeza que vejo um QAO fazer um comentário desses, pois hierarquia e disciplina não tem muito a ver com tratamento. Isso é coisa que vem de muito tempo...lá das origens (qdo oficial vinha da nobreza e praças da pocilga). Partido político não tem nada a ver com isso. Prefiro que meus subordinados me respeitem de verdade pelo o que represento pra eles do que ficarem me chamando de sr., Excelência ou seja lá o que for. Acreditar que pronome de tratamento e respeito são sinônimos é hipocrisia. PRECISAMOS TER UMA VISÃO DIFERENCIADA NOS DIAS ATUAIS. NÃO ESTOU FALANDO EM QUEBRA DE HIERARQUIA OU DISCIPLINA, pois falo em ser referência para nossos pares e subordinados. NOSSOS SUBORDINADOS ESTÃO PERDENDO ESSE CONCEITO. FOI TEMPO QUE SOLDADO INCORPORAVA VINDO DA ROÇA...Nossos soldados (de uma maneira geral) agora possuem curso superior, e isso significa que possuem a capacidade crítica. Em um futuro bem próximo, sem exemplos de nossos Cmtes, a coisa será bem diferente...hj eles veem Tudo que acontece, quer seja nas químicas com gêneros dos ranchos, licitações pra inglês ver, Generais que nada fazem e por aí vai...

Anônimo disse...

NOVO SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 678,00 E A PRAÇA AQUI QUE VOS ESCREVE CADA VEZ MAIS PRÓXIMO DE RECEBER O BOLSA FAMÍLIA!!! FELIZ ANO NOVO!!!

Anônimo disse...

O Oficial QAO está certíssimo!

Vocês, SGTs frustrados, já deviam ter deixado a força!

Otávio disse...

Bom dia!

Vindo de um “oficial” que ostenta o mesmo distintivo de curso dos ST/Sgt, essa preocupação medíocre não causa estranheza. É chegada a hora de passar para a reserva e dar a vez para os progressistas.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics