17 de dezembro de 2012

Sarney dá posse a general que fez parte da segurança quando era presidente

Cerimônia aconteceu no último dia em que o presidente do Senado assume interinamente a Presidência da República

JÚNIA GAMA
Como interino na Presidência da República, Sarney dá posse ao General Roberto Peternelli Junior como do novo Secretário Execultivo do GSI Foto: Ailton de Freitas/ o Globo
Como interino na Presidência da República, Sarney dá posse ao General Roberto Peternelli Junior como do novo Secretário Execultivo do GSI Ailton de Freitas/ o Globo
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), que exerce a presidência da República interinamente com a ausência do país da presidente Dilma Rousseff, do vice Michel Temer e do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), aproveitou seu último dia na cadeira presidencial para dar posse ao novo secretário-executivo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Roberto Sebastião Peternelli Júnior.
De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto, esse tipo de cerimônia, geralmente, ocorra a portas fechadas. No entanto, quando soube que o general de divisão Peternelli fez parte de sua segurança quando foi presidente da República, entre 1985-1990, Sarney pediu que fosse um evento aberto e com cobertura de imprensa para homenageá-lo.
O Globo/montedo.com

7 comentários:

Anônimo disse...

Olha Montedo nossos Generais não conseguem entender que os tempos são outros.

COMANDANTE DA 1ª DE, ARBITRARIAMENTE AFASTOU O PRESIDENTE E ALGUNS DIRETORES DO CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DA VILA MILITAR

Conforme o assunto:
COMANDANTE DA 1ª DE, ARBITRARIAMENTE AFASTOU O PRESIDENTE E ALGUNS DIRETORES DO CLUBE.


POREM A JUSTIÇA FOI FEITA E DE ACORDO COM ALGUNS TRECHOS DO DESPACHO DA JUÍZA FEDERAL EDNA CARVALHO, ELE TEVE UM PRAZO DE 5 (CINCO) DIAS PARA O CUMPRIMENTO DA ORDEM, QUE JÁ FOI FEITO.

" COMPROVA O IMPETRANTE A NATUREZA JURÍDICA PRIVADA DA ASSOCIAÇÃO, COM ESTATUTO PRÓPRIOS E DESVINCULADA DO EXÉRCITO BRASILEIRO, NÃO RECEBENDO NENHUMA SUBVENÇÃO."

"Data venia, entendo que a Autoridade Impetrante desviou-se de suas funções institucionais, envolvendo-se em questões particulares de uma associação, a qual traz em seus ESTATUTO OS MECANISMO DE DEFESA DOS ASSOCIADOS,em ocorrendo desmandos administrativos e financeiros. Vislumbro, in casu, a PRÁTICA DE ATO PERPETRADO COM EXCESSO DE PODER, ou seja, Ato não-conforme ao direito. O Impetrado, ao ordenar, na condição de Comandante da 1ª Divisão do Exército, a suspensão dos poderes recebidos pela Diretoria do Impetrante, após eleição regular, AFASTANDO-A DE SUAS FUNÇÕES ESTATUTÁRIAS, extrapolou sua funções institucionais, intervindo em associação privada, regularmente constituída, com identidade e administração próprias, nos termos dos seus Estatutos Sociais. Isto posto, DEFIRO A LIMINAR, SUSPENDO O ATO QUE AFASTOU o Presidente e alguns Diretores da administração da associação impetrante, fixando o prazo de 5 (cinco) dias, para cumprimento da ordem, sob pena de restar caracterizado o descumprimento da liminar e apresente as informações, no prazo legal."

Eduardo disse...

Tem gente que fala do Sarney. Eu sempre tive em mente que ele sempre fez o bem para nós militares das FFAA. Quando foi Presidente, nunca foi de encontro aos nossos anseios, gostei do período em que ele foi nosso Cmt supremo. A prova tá aí, se fosse outro(a) nem queria sair em foto com militar, já ele, fez questão. Eduardo

Anônimo disse...

Eu tenho 30 anos de serviço, e durante o governo Sarney foi quando estivemos em melhor situação.

Anônimo disse...

Por tudo o que é sagrado! Se vc mora num morro e é o traficante que lhe fornece benesses, aí o traficante é "gente boa"? Peraí, os Sarney (ele e família) são uma quadrilha! O cara representa tudo de ruim na política deste País! Só pq ele deu um aumento bom para os militares corroído 3 meses depois pela inflação alta o cara virou santo? Pessoal, vamos ser responsáveis, ok?
P.S: Eu sou do Maranhão, e aconselho a primeiro darem uma passadinha por aquelas bandas antes de virem falar a favor dos Sarney!

Anônimo disse...

Que dizer que, se o Sarney, Collor, Itamar, FHC, Lula ou a Dilma tivessem dado um aumento de 100% para os militares, eles seriam agora os melhores presidentes do Brasil e a corrupção seria esquecida. Quanto hipocrisia de alguns. Imaginem o que estes militares ou civis (17 de dezembro de 2012 21:57),(18 de dezembro de 2012 00:41) fariam se fossem políticos, o povo estaria na miséria e o bolso de alguns cheios de dinheiro. O Brasil não é feito só de militares não esqueçam disso.

Anônimo disse...

O Sarney é um menino tão bonzinho...Leva ele pra casa!!!

Anônimo disse...

Acho que ninguém falou que ele foi o melhor presidente, foi apenas citado que para nós militares foi um período muito melhor do que todos os demais. Os outros podem ter sido melhores em diversas outras áreas, como realmente foram mas jogaram-nos ao abandono total. Aprendam a ler antes de criticar. Nós militares somos abandonados por todo o restante da sociedade e quando analisamos o desempenho de um presidente temos que olhar o todo e não levar em conta a nossa situação? Quem lembra de nós? A sociedade? O governo? Ninguém, portanto se formos fazer uma análise temos sim que pensar na nossa situação particular, e no governo Sarney nós fomos tratados com a dignidade que todos os demais negaram. No governo sarney um 3º sgt recebia em média 12 salários mínimos, embora o mínimo tenha outro valor em dólar do que hoje, existia dissídio, e eramos milhares de vezes mais valorizados do que hoje, portanto, acho que quem tem que repensar são vocês que pelo jeito não viveram esse período.

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics