18 de dezembro de 2012

Fuzileiro Naval pede companheiro em casamento dentro da Casa Branca

Militar faz 1ª proposta de casamento gay dentro da Casa Branca
Matthew Phelps se ajoelha para pedir o parceiro Ben Schock em casamento
Foto: Divulgação
Um capitão do corpo de fuzileiros navais dos Estados Unidos se tornou o primeiro homossexual assumido a propor casamento para seu parceiro dentro da Casa Branca, a sede da presidência do país, informa nesta segunda-feira o site Gawker. Matthew Phelps pediu seu namorado Ben Schock em casamento no fim de semana.
"Uma noite muito especial cercado por pessoas maravihosas em um local incrível, e o melhor ainda está por vir", escreveu Phelps em seu Facebook. "Muito obrigado pelos maravilhosos cumprimentos e mensagens, e obrigado a Barack e Michelle Obama por emprestarem sua casa para esta ocasião!"
A foto de Phelps de joelho fazendo a proposta foi divulgada no domingo pela American Military Partner Association, associação de apoio a homossexuais que atuam nas Forças Armadas dos Estados Unidos, no Facebook. Após a resposta positiva, Phelps fez uma nova postagem em sua conta. "Ben e eu estamos surpresos com o íncrivel amor e apoio que recebemos. Muito obrigado a todos por compartilharem do nosso amor e da nossa alegria", disse.
Terra/montedo.com

4 comentários:

Anônimo disse...

Não se fazem mais fuzileiros como antigamente!
Mas observem o gesto sarcástico e de vergonha alheia das duas mulheres ao fundo.É como se dissessem: Oh meu Deus!
A Casa Branca já não é tão branca,agora tem as cores do arco iris.

Anônimo disse...

Eu rezo para que o calendário maia esteja certo mesmo

Anônimo disse...

Quando eu entrei no Exército em 1988 era proibido, agora já estão aceitando, quero sair antes que seja obrigatório. rsrsrsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Semper Fi, Devil Dogs! (rsrsrsrsrsr!)

Arquivo do blog

Compartilhar no WhatsApp
Real Time Web Analytics